254_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

254_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006

Disciplina:CLIMATOLOGIA1.208 materiais16.929 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva

Versão digital 2 – Recife, 2006

240

onde go é o valor padrão da aceleração da gravidade.

Na atmosfera ICAO (Tabela VI.3) as seguintes simplificações são assumidas (Iribarne e
Godson, 1973):

- o ar é absolutamente seco, com composição constante, massa molecular aparente de
28,9644 g mol-1 e se comporta como um gás ideal;

- reina a condição de equilíbrio hidrostático;
- ao nível médio do mar a temperatura (To) é 288,15 K (15

oC), a pressão atmosférica
(po) é 1013,25 mb e a aceleração da gravidade (go) é 980,665 cm s

-2;
- para altitudes situadas abaixo de 11000m (troposfera), a variação da temperatura com a

altitude (ΓICAO = –dT/dz) é constante e vale 6,5 oC/km;
- de 11000 a 20000 m (estratosfera) a temperatura é constante e igual a –56,5 oC;
- acima de 22000m até 32000 m o gradiente vertical de temperatura é de 1oC/km (T au-

menta com z).

Quando se considera que a variação vertical da temperatura do ar é constante (ΓICAO =
6,5 oC/km), a temperatura (T) em qualquer altitude inferior a 11000 m é obtida simplesmente
pela relação:

T = To – ΓICAO ∆z. (VI.10.1)

TABELA VI.3

ATMOSFERA ICAO

p(m) t (oC) z (mb)
1013,25 15,0 0

1000 14,3 111
950 11,5 540

 900 8,6 988
 850 5,5 1457
 800 2,3 1949
 750 –1,0 2466
 700 – 4,6 3012
 650 – 8,3 3591

 600 –12,3 4206
 550 –16,6 4865

 500 –21,2 5574
 450 –26,2 6343
 400 –31,7 7186
 350 –37,8 8117

 300 –44,6 9164

z(m) t (oC) p (mb)
 0 15,0 1013,25

 750 10,1 926,3
 1500 5,2 845,6
 2250 0,4 770,6

 3000 – 4,5 701,1
 3750 – 9,4 636,8

 4500 –14,2 577,3
 5250 –19,1 522,4
 6000 –24,0 471,8

 6750 –28,9 425,3
 7500 –33,8 382,5

 8250 –38,6 343,3
 9000 –43,5 307,4
 9750 –48,4 274,6

10500 –53,2 244,8
11000 –56,5 226,32