Direito Administrativo (42)
7 pág.

Direito Administrativo (42)

Disciplina:Direito Administrativo I2.323 materiais262.916 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Professora: Dra. Marta Gueller

DISCIPLINA: DIREITO PREVIDENCIÁRIO

Capítulo 2 - Aula 4

BENEFÍCIOS E AÇÕES ACIDENTÁRIOS

-INFORTUNÍSTICA-

Coordenação: Prof. Dr. Wagner Balera

DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

01

BENEFÍCIOS E AÇÕES ACIDENTÁRIOS - INFORTUNÍSTICA

"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A

violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do

material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).”

www.r2direito.com.br

BREVE HISTÓRICO:

-DECRETO LEGISLATIVO Nº 3.724, DE 15 DE JANEIRO DE 1919;

-DECRETO-LEI Nº 7.036, DE 10 DE NOVEMBRO DE 1944;

Benefícios acidentários: Previsão legal, art. 19 a 23 da Lei 8.213/91; art.7. XXVIII da CF /88;

Acidente do Trabalho: definição (art. 19) : é o que ocorre pelo exercício do trabalho provocando lesão

corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução permanente ou

temporária, da capacidade para o trabalho.

- Definição doutrinária de benefícios acidentários : são os que decorrem de acidente ou doença do trabalho,

isto é possuem nexo causal com o trabalho ou com a atividade laboral desempenhada;

Gradação da Incapacidade e a respectiva proteção :

- Morte decorrente do trabalho - Pensão por morte acidentária aos dependentes do segurado;

- Perda total da capacidade, de forma permanente - Aposentadoria por invalidez acidentária;

- Perda total da capacidade, de forma temporária - Auxílio - doença acidentário;

- Redução da capacidade - Auxílio- acidente.

Segurados beneficiários dos benefícios acidentários : empregados com exceção dos domésticos;

trabalhador avulso (quem presta a diversas empresas sem vínculo, serviço urbano ou rural definidos em

regulamento) ; segurado especial (produtor rural, garimpeiro, pescador artesanal e assemelhados que

trabalhem em regime de economia familiar para própria subsistência);

Carência: os benefícios acidentários são pagos independentemente de carência;

Competência : art. 109, I da CF e art. 129 da Lei 8.213/91

- benefícios acidentários - Justiça Estadual;

- Em 2.º grau o Tribunal competente no Estado de SP para matéria acidentária, atualmente, é o Tribunal de

Justiça que absorveu o extinto 2º TAC.

- Os juizes estaduais têm competência delegada para julgar benefícios previdenciários comuns, nas

comarcas não abrangidas por vara federais - art. 109. § 3º da CF ;

Espécies de Acidente do Trabalho :

Acidente típico ou tipo: é o que ocorre quando o segurado se encontra no exercício do trabalho ou à

disposição do empregador;

Capítulo 2

02

O art 21, II exemplifica os acidentes ocorridos no horário e local de trabalho;

Acidente "in itinere" : é o que ocorre no percurso entre a residência e o local de trabalho.

O art. 21, IV exemplifica o acidente sofrido pelo segurado ainda que fora do local de trabalho.

 - Nos períodos destinados à refeição ou ao descanso, ou por ocasião da satisfação de outras necessidades

fisiológicas, no local do trabalho ou durante este, o empregado é considerado no exercício do trabalho.

 - Considera-se também acidente de trabalho, aquele que ainda que não tenha sido causa única haja

contribuído para morte, redução ou perda da capacidade de trabalho (art. 21, I) O nosso ordenamento

adota a CONCAUSALIDADE.

 -

 - doenças profissionais (tecnopatia) art. 20, I : são as que decorrem da atividade exercida. O risco é inerente

a profissão do segurado e o acompanha enquanto técnico especializado durante toda sua vida laboral;

 : enfermeiro que manuseia seringas e contrai HIV; os digitadores que contraem tendinite, etc;

- doenças do trabalho (mesopatia) art. 20, II : é a desencadeada em função das condições especiais em que

o trabalho é realizado. Está relacionada ao meio ambiente laboral. EX: a surdez para o metalúrgico que

trabalha em ambiente ruidoso ; tuberculose dos trabalhadores de fiação ; benzenismo ou leucopenia

(diminuição dos glóbulos brancos) para quem trabalha exposto ao 'benzeno;

O Ministério da Previdência Social e o Ministério da Saúde, através do Decreto 3048/99, anexo II e da

Portaria 1.339/99 elenca de forma EXEMPLIFICATIVA as doenças profissionais ou do trabalho.

 - Doença degenerativa : artrose, hérnia de disco, etc.

 - Inerente a grupo etário : surdez, diminuição da visão

 - A que não produza incapacidade;

 - Doença endêmica : epidemia;

 A JURISPRUDÊNCIA ACEITA CASOS DE DOENÇAS QUE A LEI PRETENDE EXCLUIR NAS

HIPÓTESES DE O TRABALHO ATUAR COMO CAUSA OU CONCAUSA.

 para que o benefício seja considerado acidentário é imprescindível que se

comprove a relação entre o acidente/doença do trabalho e a incapacidade;

 - Observações :

Doenças do trabalho :

EX

Doenças excluídas (art. 20, § 1.º) :

OBS :

Nexo Causal :

"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A

violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do

material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).”

www.r2direito.com.br

03

DIA DO ACIDENTE :

BENEFÍCIOS ACIDENTÁRIOS :

VALOR DO BENEFÍCIO:

REABILITAÇÃO:

O art. 23 estabelece o caso de doença profissional ou do trabalho considera como dia do acidente a data da

incapacidade laborativa para atividade habitual ou a data do diagnóstico. Como a lei não menciona a

espécie de diagnóstico, o STJ tem adotado a data do laudo realizado em juízo para início do benefício. O

entendimento mais coerente, firmado nos Tribunais, é que se considera dia do acidente a data do

diagnóstico do INSS, negativo ou positivo, aceitando ou não a doença, pois nessa data a previdência teve

ciência inequívoca da queixa do segurado.

CAT art. 22- A empresa deve comunicar o acidente do trabalho à Previdência Social até o 1.º dia útil

seguinte ao da ocorrência, fornecendo cópia da CAT ao segurado ou a seus dependentes. Na falta de

comunicação por parte da empresa, podem formalizá-la o próprio acidentado, seus dependentes e entidade

sindical;

AUXÍLIO DOENÇA ACIDENTÁRIO

(CAT e art 10, Lei 10.666/03)

A contingência protegida é a incapacidade para o trabalho ou atividade habitual decorrente de acidente do

trabalho ou acidente de qualquer natureza. Incapacidade profissional, temporária, prolongada e efetiva

resultando na licença; devido a partir do 16º dia;

Base de cálculo: salário-de-benefício (art 29, II lei 8213/91), não sendo aplicável o fator previdenciário.

Alíquota: 91% do salário-de-benefício. (contribuição de 8 a 11%)

EXERCICIO DE ATIVIDADES CONCOMITANTES

Quanto o segurado exercer atividades concomitantes e for declarado incapaz para uma delas, o benefício

será concedido apenas para aquela atividade, considerando para carência somente as contribuições

relativas a essa atividade.

A perícia médica deve ter ciência de todas as atividades exercidas pelo segurado.

O benefício não poderá ser inferior a um salário mínimo - art 29, § 2º, Lei 8.213/91.

O auxílio-doença será mantido enquanto o segurado continuar incapaz para o trabalho, podendo o INSS

indicar processo de reabilitação profissional, para o exercício de outra atividade.

O segurado em gozo do auxílio-doença está obrigado, independentemente de sua idade e sob pena de

suspensão do benefício, a submeter-se a exame médico a cargo da Previdência Social, processo de

reabilitação por ela prescrito e custeado e tratamento dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico e a

transfusão de sangue, que são facultativos.

"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A

violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art.