Redes - Cabeamento Estruturado
67 pág.

Redes - Cabeamento Estruturado


DisciplinaInfraestrutura de Redes de Computadores476 materiais3.610 seguidores
Pré-visualização38 páginas
esquemas de fiação da Digital Equipment Corporation.CONDUÍTES E CANAIS DE SUPERFÍCIESe tiver a sorte de estar trabalhando em um prédio projetado para acomodar uma rede, provavelmentevocê terá conduítes - em geral tubos plásticos - entre as tomadas e o gabinete de fiação e entre os própriosgabinetes de fiação. Esse conduíte tem muitas vantagens e desvantagens. Do lado positivo, se houverespaço no conduíte, serão necessários apenas alguns minutos para instalar um cabo, cujo objetivo poderáser a substituição de outro mais antigo ou a melhoria da capacidade do sistema. Os conduítes, quandonovos, contém um cordão que ajuda o técnico a instalar o cabo. Alguns técnicos mais espertos conseguemrecolocar esse cordão depois que o cabo é instalado. A fita-guia também facilita a instalação do cabo.Do lado negativo, os conduítes nunca têm espaço. À medida que as necessidades evoluem e as instalaçõescrescem, normalmente o número de cabos aumenta e eles acabam preenchendo todo o espaço do conduíte.A necessidade de fazer o espaço disponível durar o maior período de tempo possível é um forte argumentoa favor dos cabos de pares trançados sem blindagem e de fibra ótica e uma desvantagem para os cabos depares trançados blindados.Se você não tiver a sorte de haver conduítes nas suas paredes, talvez haja tetos falsos e paredes ocas noprédio que facilitem a instalação dos cabos. Ao planejar a instalação de cabos dentro de tetos e paredes,lembre-se das seguintes regras:· Sempre planeje a organização de modo que os cabos de dados de fibra ótica cruzem os fios deenergia elétrica nos ângulos corretos. Essa estratégia limita a absorção de energia e o ruídoelétrico do cabo.· Nunca instale cabos de dados de cobre em posições paralelas a fios elétricos de 120 volts emdistâncias inferiores a 2 ou 2,5 centímetros. Mantenha os cabos de dados a pelo menos um metrode distância das linhas de voltagem mais altas.· Mantenha cada cabo de cobre o mais longe possível de fontes elétricas de ruídos, inclusive luzesfluorescentes, motores, relés de elevador, transmissores de rádio, transmissores de microondaspara alarmes anti-roubo e qualquer outra coisa que consuma energia elétrica.· Utilize um percurso o mais reto possível ao instalar os cabos. Os metros extras de cabo utilizadosem uma ligação horizontal com a tomada da parede poderão reduzir a extensão de cabodisponível para as outras ligações.· Se você tiver um teto falso, utilize prendedores de cabo (ganchos, presilhas etc.) para impedir seucontato direto com o teto.· Não instale fios UTP dentro do mesmo trecho de cabo que fios de telefone (voz) e de dados. Osistema de voz causará interferência e diafonia, que adulteram o sistema de dados.· Da mesma forma, mantenha os fios que transportam dados e os que transportam vozes em
diferentes blocos perfurados.· Dobre os cabos formando no máximo um raio equivalente a dez vezes seu diâmetro.· Cabos de derivação captam ruídos eletrônicos. Portanto, utilize-os bem curtos.· Retire o mínimo possível da cobertura externa do cabo. Se você retirar a cobertura externaprincipalmente nas partes em que os fios entram em conduítes, os condutores poderão ficarpróximos demais uns dos outros, gerando diafonia.Em alguns prédios solidamente construídos, talvez você não consiga instalar os cabos dentro de paredes outetos. A Panduit Electrical Group e outras empresas comercializam produtos denominados canais desuperfície que abrigam os cabos em dutos externos de metal. A Panduit também oferece uma série decabos de dados projetados para serem instalados sob tapetes e carpetes.
ALÉMDO CABO CENTRALCada gabinete de fiação contém painéis de derivação e de conexão cruzada que são conectados à fiaçãohorizontal e à fiação vertical, também conhecida como fiação central. Em instalações de dados, o gabinetede fiação contém ainda um ou mais hubs de fiação para a arquitetura de rede adequada.A fiação vertical ou central, independente de sua real orientação, lida cada gabinete de fiação a umquadro de distribuição principal (MDF) ou a um ponto de conexão cruzada. Um cabo separado percorrecada gabinete e a conexão cruzada principal. A principal função do MDF é distribuir os circuitos quechegam de fora do prédio. O painel de conexão cruzada do MDF dispõe de um ponto de conexão e testepara circuitos externos e para a fiação vertical. O painel de conexão cruzada tem terminais para ocabeamento vertical (geralmente um cabo de fibra ótica), que percorre os gabinetes de fiação localizadosem diferentes andares do prédio ou em diferentes áreas de trabalho. Tecnicamente, o termo "central"também pode se referir ao cabeamento existente entre os prédios.Os padrões EIA/TIA especificam que o sistema central deve ter uma configuração em estrela, com cabosseparados saindo do ponto de conexão cruzada principal em direção a cada gabinete de fiação. Apesar detal configuração ser útil e poder ser expandida, ela acaba fazendo com que você adote soluções não-práticas, como a conexão de um hub de um gabinete de fiação localizado no 15º andar a um hub de fiaçãodo 14º andar, através de um único painel de conexão cruzada localizado no térreo.Os padrões permitem que você utilize um segundo nível de pontos de conexão cruzada no cabo central. Noexemplo citado anteriormente, você pode colocar a conexão cruzada de segundo nível no 10º andar. Noentanto, o mais importante é que os padrões também permitem a utilização de conexões diretas entre cadagabinete de fiação. Tecnicamente, as conexões diretas existentes entre os gabinetes de fiação sãocomplementos do cabo central, mas em instalações práticas essas conexões entre gabinetes são asprincipais ligações de comunicação.
Localização dos GabinetesÀ medida que planeja a utilização de um ou mais gabinetes de fiação, você tem de pensar no espaço físicodisponível. Os parâmetros pretendidos por você são definidos pelos seguintes fatores: o comprimentomáximo dos segmentos de cabo central existentes entre cada gabinete e a conexão cruzada principal, ocomprimento máximo dos segmentos de cabo horizontal existentes entre cada gabinete de fiação e cadatomada de parede, e as distâncias máximas entre os gabinetes de fiação. Seria algo como criar um jogo dexadrez tridimensional com pedaços de barbante. Nesse jogo, barbantes de comprimentos diversos sãoamarrados a cada peça do xadrez, limitando suas posições.O jogo tem outras limitações, pois cada distância específica depende do tipo de cabo usado. No cabocentral, por exemplo, você obtém a melhor distância, que é de até 2.000 metros de cabos de fibra ótica. Oscabos de pares trançados sem blindagem oferecem um comprimento máximo de 800 metros, ao passo queregras muito mais complexas se aplicam aos pares trançados blindados.A Figura 6.2 ilustra alguns exemplos gráficos de diferentes combinações de cabo e mostra sua influênciaem relação à localização dos gabinetes de fiação e dos pontos de conexão cruzada. Tenha cuidado aoexaminar a Figura 6.2 - os comprimentos máximos de cabo se referem ao padrão EIA/TIA. Todas asespecificações e limitações das redes Ethernet e token-ring detalhadas no Capítulo 4 também se aplicam aessa situação e, particularmente, no caso das redes token-ring, elas provavelmente apresentam maislimitações do que o padrão EIA/TIA.As ilustrações dos pontos de conexão cruzada intermediários desse diagrama podem levá-lo ainterpretações erradas. Nas partes em que o cabo mostra que as conexões cruzadas intermediárias
empregam segmentos de cabos maiores, seria necessário utilizar repetidores ou outros dispositivos paramanter todo o sistema dentro das limitações dos sistemas Ethernet e token-ring.Por fim, se você estiver planejando cabos de dados, não se esqueça de que os gabinetes de fiação e ospontos de conexão cruzada precisarão de uma corrente elétrica alternada de 120 volts e de bonsaterramentos elétricos. Iluminação, temperatura, ventilação e resfriamento adequados também deverãofazer parte do esquema.
O Cabo CentralEm geral, as instalações modernas utilizam cabos UTP ou de fibra ótica como cabos centrais.