aula_RAV2_revisada

aula_RAV2_revisada


DisciplinaTecnologia da Informação e Comunicação3.038 materiais16.870 seguidores
Pré-visualização5 páginas
de Tecnologia da Informação
OBJETIVOS DA AULA
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Comentários sobre o vídeo:
 A cada 2 segundos uma pessoa passa a ter acesso à Internet de alta velocidade
 Investimento da China no Brasil
 Faturamento em 2011: U$ 182 bilhões
 O setor de TI cresce o dobro do PIB
MERCADO SUPERAQUECIDO: ALGUNS NÚMEROS
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Pelas estatísticas do Observatório Softex Sociedade Brasileira para Promoção da Exportação de Software, a indústria brasileira de TI emprega atualmente 600 mil pessoas. Porém, o déficit de mão de obra no setor aumenta ano a ano. Em 2010, havia uma carência de 75 mil profissionais e a previsão de entidades do segmento é de que esse número subirá para 92 mil pessoas em 2011. Elas estimam que até 2013 faltem aproximadamente 200 mil talentos no País
Saídas para evitar o apagão de mão de obra em TI [1]
http://cio.uol.com.br/noticias/2011/07/21/saidas-para-evitar-o-apagao-de-mao-de-obra-em-ti/
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
A indústria brasileira de TI é a oitava do mercado mundial. O setor cresce entre 11% e 14% ano, o dobro do Produto Interno Bruto (PIB)
O Brasil tem a meta de chegar em 2020 com negócios totalizando 200 bilhões de dólares e pular da oitava posição do ranking mundial para o terceiro ou quarto lugar. Mas para alcançar essa meta, Gil afirma que o País precisa formar cerca de 750 mil novos profissionais qualificados e com conhecimento da língua inglesa
Saídas para evitar o apagão de mão de obra em TI [2]
http://cio.uol.com.br/noticias/2011/07/21/saidas-para-evitar-o-apagao-de-mao-de-obra-em-ti/
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Achar talentos qualificados em tecnologia no Brasil tornou-se uma operação de guerra para as companhias que dependem dessas pessoas para sustentar a expansão dos negócios. \u201cNão há profissionais qualificados disponíveis no mercado. Os bons já estão empregados porque são diferenciados. Eles dominam as tecnologias e o inglês\u201d, comenta o gerente-geral da Dasein Executive Search, David Braga. Sua empresa de headhunter tem sido bastante requisitada por companhias dos setores de telecom, finanças e manufatura para achar especialistas em TI
Saídas para evitar o apagão de mão de obra em TI [3]
http://cio.uol.com.br/noticias/2011/07/21/saidas-para-evitar-o-apagao-de-mao-de-obra-em-ti/
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Iniciativas das próprias empresas
Algumas empresas criaram universidades corporativas: um espaço educacional dentro (e gerenciado por) de uma empresa, com o objetivo de institucionalizar uma cultura de aprendizagem contínua, proporcionando a aquisição de novas competências vinculadas às estratégias empresariais
Alguns exemplos: IBM, VALE, ELETROBRÁS, entre outras)
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
O mercado de trabalho para os profissionais de TI é próspero e apresenta muitas oportunidades. Mas é importante que o profissional mantenha-se atualizado e desenvolva novas competências e habilidades, além do conhecimento técnico, para manter-se qualificado e apto a enfrentar os novos e constantes desafios
MERCADO DE TRABALHO
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
O profissional de TI deve sempre estar conectado com o mundo da tecnologia, conhecer a fundo as ferramentas disponíveis neste momento não é o suficiente, a tecnologia de hoje não é a de amanhã por isso o profissional deve procurar a evolução e estar preparado para as novidades
MERCADO DE TRABALHO
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Podendo atuar em empresas onde a TI é meio ou atividade fim, as possibilidades são diversificadas e apresentam remuneração e oportunidades diferenciadas de outras áreas
Em um dos vídeos apresentados na aula, Mirian Leitão faz algumas observações e considerações:
 O setor de TI domina a vida moderna e todas as empresas precisam desses profissionais
 Algumas atividades: produção de software, cabeamento, administração de redes, prestação de serviços para pequenas e médias empresas
MERCADO DE TRABALHO
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Analista (desenvolvedor) de Sistemas
Administrador de Redes de Computadores
Analista de Mídias Sociais
Gerente de Projeto
Engenheiro de Testes de Software
Webmaster
Gestor de TI
Analista de Segurança da Informação
PROFISSÕES NA ÁREA DE TI
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Basta concluir um curso superior ou técnico para exercer uma dessas profissões?
Não, por isso existem as certificações, cursos de extensão e de pós-graduação
E depois de \u201ccumprido\u201d o ciclo de graduação, pós e certificação, o profissional de TI pode parar de estudar?
Nem pensar... Inovações tecnológicas aplicadas a produtos de hardware e software surgem diariamente
PROFISSÕES NA ÁREA DE TI
AULA 7
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Compreender o conceito de regulamentação da profissão
Identificar características particulares das atividades em TI relacionadas ao exercício da profissão
Ter uma visão geral da regulamentação da profissão na área de TI no mundo
Conhecer o estado da arte da regulamentação da profissão na área de TI no Brasil
OBJETIVOS DA AULA
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Regulamentação da Profissão
A regulamentação da profissão constitui-se numa forma de proteção da sociedade em relação ao exercício profissional quando esse possa trazer danos relevantes à sociedade, como no caso da Medicina, por exemplo.
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
A regulamentação de uma profissão acarreta na criação imediata de um conselho ou órgão profissional que se torna responsável pelo registro e fiscalização de indivíduos que exerçam a atividade relacionada.
Regulamentação da Profissão
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Características de atividades de TI
A área de TI possui características particulares que devem ser consideradas quando se reflete e discute sobre a regulamentação da profissão:
 A atividade de TI, geralmente, é eminentemente técnico-científica
 Não possui, obrigatoriamente, alto grau de complexi dade para seu exercício
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
 Não se verifica que o exercício profissional na área de TI possa causar dano socialmente relevante
 Os programas e sistemas de TI são altamente utilizados para manter sistemas críticos, mas o desempenho e a responsabilidade sobre os mesmos são das empresas contratadas para desenvolvê-los, implantá-los e fazer sua manutenção e não do profissional de TI isoladamente
Características de atividades de TI
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
 As atividades de TI são muito dinâmicas e requerem de seus profissionais atualização constante, apenas o diploma de nível superior não é suficiente para garantir a qualidade e a contemporaneidade de um profissional
Características de atividades de TI
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
O profissional da área de TI necessita de uma formação multidisciplinar que abranja uma variedade de competências e habilidades para exercer a profissão, podendo citar como exemplo o processo de desenvolvimento de um software que demanda o envolvimento de profissionais de diversas áreas e não somente da área de TI
Características de atividades de TI
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Se analisarmos a área de TI no mundo, vamos observar que não há regulamentação da profissão na área de Tecnologia da Informação nos países de economia avançada, como: Estados Unidos, Inglaterra, França, Alemanha, Japão, Itália e Canadá
Regulamentação
AULA 8
AULA DE REVISÃO PARA A AV2 \u2013 Prof. LUIZ DI MARCELLO
*
Regulamentação no Brasil
No Brasil, a discussão sobre a regulamentação da profissão existe desde o início das atividades em TI, sendo principais