A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
72 pág.
Eleco Aula 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Apresentação da disciplinaApresentação da disciplina
(Diurno & Noturno 2012-2)
Disciplina
Elementos de Ecologia
Instituto de Biologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Elementos de Ecologia é um disciplina obrigatória do
ciclo básico da Graduação em Ciências Biológicas da
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Objetivo
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
O objetivo da disciplina é proporcionar ao aluno a
discussão dos princípios mais gerais em ecologia
como forma de integrar conhecimentos para o
exercício da docência ou de atividade de pesquisa. A
disciplina está organizado em aulas teóricas, divididasdisciplina está organizado em aulas teóricas, divididas
em dois blocos (“Organismos + História Ecológica da
Terra” e “Ecossistemas”) e aulas práticas realizadas
em uma excursão de campo.
� Dra. Mariana M. Vale
Responsável pela disciplina
Professores
Responsável pela disciplina
Teórica Bloco 1
� Dr. Vinicius F. Farjalla
Teórica Bloco 2
� Dra. Miriam P. Albreach� Dra. Miriam P. Albreach
Prática
Os professores da teórica atendem os alunos segunda-feira das 13h às 15h, nas 
suas salas, com agendamento.
� Aulas teóricas
2as feiras
Organização
2as feiras
10h às 12:00h (Diurno), 18:20h às 20h (Noturno)
22/Out a 25/Fev/2012
� Aulas Práticas
Saída de Campo, Guapimirim (30/Nov a 02/Dez/2012)Saída de Campo, Guapimirim (30/Nov a 02/Dez/2012)
Prática Alternativa, Fundão (26-29/Nov/2012)
Cronograma
Teórica
1
Dia Conteúdo Professor
22/out SEMANA DOS CALOUROS não haverá aula
29/out Aula 1: O que é Ecologia Mariana
05/nov Aula 2: História Ecológica da Terra Mariana
12/nov Aula 3: Condições Mariana
19/nov FERIADO (ZUMBI) não haverá aula
Prática
26/nov Aula 4: Recursos Mariana
26/nov Prática alternativa de Bromélias, Ilha do Fundão Mariana
27/nov Prática alternativa de Mata, Ilha do Fundão Rita
28/nov Prática alternativa de Riacho, Ilha do Fundão Miriam
29/nov Prática alternativa de Mangue, Ilha do Fundão Vinícius
30/nov - 02/dez Prática em Excursão: Guapimiriam todos
03/dez Prova da parte prática Mariana
10/dez Aula 5: Seleção Natural e Plasticidade Mariana
17/dez Aula 6: Demandas Conflitantes Glória Castiglioni *
22/dez - 07/jan RECESSO não haverá aula
Teórica
1
Teórica
2
22/dez - 07/jan RECESSO não haverá aula
07/jan Aula 7: Introdução aos Estudos de Ecossistemas Vinicius
14/jan Aula 8: Fluxo de Energia e Processos Ecossistêmicos Vinicius
21/jan Aula 9: Pirâmides Tróficas, Eficiência de Crescimento e Ciclagem de 
Nutrientes
Vinicius
28/jan Aula 10: Ciclagem de Nutrientes Vinicius
04/fev Aula 11: Sucessão Ecológica Vinicius
11/fev CARNAVAL não haverá aula
18/fev Aula 12: Impacto nos Ecossistemas Vinicius
25/fev Aula 13: Estudo de Caso: O Lago Batata Vinicius
� Média Final = (Teórica x 3) + (Prática x 2)
4
Avaliação
4
� Teórica = Avaliação continuada (diária)
� Prática = Prova da Prática (03/Dez/2012) 
� Apenas as 10 maiores notas das 13 avaliações 
continuadas contam para a nota da Teórica
� Não há segunda-chamada
� Aprovados: Média Final ≥ 5
� É obrigatória
� Faltar à alguma aula prática = zero na aula
Prática
� Faltar à alguma aula prática = zero na aula
� Faltar à mais de uma aula prática = reprovação
� Faltar à prova prática = reprovação
� Justificativa para falta na prática = Grau I 
� Alunos reprovados devem fazer a disciplina � Alunos reprovados devem fazer a disciplina 
novamente, de forma integral.
Website da disciplina
http//sites.google.com/site/elecoufrj
Website da disciplina
1. Townsend, Begon & Harper, 2010. 
Fundamentos em Ecologia 
Bibliografia
Fundamentos em Ecologia 
(“Begonzinho”)
2. Ricklefs, 1993. A Economia da
Natureza.
3. Odum, 1988. Ecologia
Disponível na xérox da Botânica ou às vezes no site da disciplina
Bibliografia
� Aulas Práticas
� Saída de Campo, Guapimirim (30/Nov-02/Dez/2012)
Prática
� Saída de Campo, Guapimirim (30/Nov-02/Dez/2012)
� Prática Alternativa, Fundão (26-29/Dez/2012)
� Grupos de 5 alunos
IMPORTANTEIMPORTANTE
Assinatura do Termo de 
Responsabilidade e Conduta até 
16/Nov/2012
Prática
Teórica
Apresentação da disciplina
Perguntas?
Aula 1:Aula 1:
O que é Ecologia
Profa. Dra. Mariana M. ValeProfa. Dra. Mariana M. Vale
Disciplina
Elementos de Ecologia
Instituto de Biologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro
� Definições
� Níveis de organização biológica
Sumário
� Níveis de organização biológica
� Escala em ecologia
� Como se faz ecologia
� Ecologia x ambientalismo
Definição
ECO LOGIAECO LOGIA
Οἶκος λογία
Ernest Haeckel (1869)
casa estudo
Definição
“O estudo do ambiente natural incluindo as 
interações dos organismos entre si e com interações dos organismos entre si e com 
o seu entorno”
Haeckel (1869)
* tradução livre a partir de citação em Odum & Barrett (2004) Fundamentals of Ecology. 
Definição
“O estudo do ambiente natural incluindo as 
interações dos organismos entre si e com interações dos organismos entre si e com 
o seu entorno”
Haeckel (1869)
* tradução livre a partir de citação em Odum & Barrett (2004) Fundamentals of Ecology. 
Definição
“O estudo das interações que determinam a 
distribuição e abundância dos organismos” distribuição e abundância dos organismos” 
Krebs (1972)
* Krebs (1972) Ecology
Definição
“O estudo das interações que determinam a 
distribuição e abundância dos organismos” distribuição e abundância dos organismos” 
Krebs (1972)
* Krebs (1972) Ecology
Definição
“O estudo das interações que determinam a 
distribuição e abundância dos organismos” distribuição e abundância dos organismos” 
Krebs (1972)
* Krebs (1972) Ecology
Definição
“O estudo das interações que determinam a 
distribuição e abundância dos organismos” distribuição e abundância dos organismos” 
Krebs (1972)
* Krebs (1972) Ecology
Definição
ambiente? 
“O estudo das interações que determinam a 
distribuição e abundância dos organismos” 
ambiente? 
distribuição e abundância dos organismos” 
Krebs (1972)
* Krebs (1972) Ecology
Definição
“O estudo da distribuição e abundância dos 
organismos e das interações que as organismos e das interações que as 
determinam” 
Begon (1986)
* Begon (1986) Ecology.
Níveis de organização biológica
Fig: Odum & Barrett (2004) Fundamentals of Ecology. 
Níveis de organização biológica
Ecologia
Níveis de organização biológica
Organismo
(autocologia)
Eleco Bloco 1
� indivíduos
� como os indivíduos afetam (e 
são afetados) pelo ambiente
� fisiologia, morfologia e 
comportamento
adaptações, tolerância a fatores 
Eleco Bloco 1
� adaptações, tolerância a fatores 
físicos, amplitude do nicho 
ecológico, forrageamento ótimo, 
características de organismos 
de determinado ambiente ...
Níveis de organização biológica
Populações
(demoecologia)
EcoBásica
� indivíduos da mesma espécie
� como as populações são 
estruturadas e se comportam ao 
longo do tempo
� demografia, genética
tamanho populacional, razão 
EcoBásica
� tamanho populacional, razão 
sexual, estruturação etárias, 
diversidade genética, oscilações 
e viabilidade, respostas às 
pressões ambientais e 
biológicas, interações entre 
populações... 
Níveis de organização biológica
Comunidades
(sinecologia)
EcoBásica
� as populações de várias 
espécies (biocenose)
� como as comunidades são 
estruturadas
� modelagem
composição e abundância 
EcoBásica
� composição e abundância 
relativa das diferentes espécies, 
regras de co-existência entre 
espécies, diversidade, estrutura 
trófica, relações tróficas…
Níveis de organização biológica
Ecossistemas
(ecossitemologia)
Eleco Bloco 2
� comunidade + ambiente físico 
(biogeocenose): florestal, 
estuarino, coral, etc...
� fluxo de energia e matéria entre 
os componentes biótico e 
abiótico da comunidade
Eleco Bloco 2
� teoria de redes
� taxa de produção de biomassa, 
taxa de decomposição, 
interações tróficas, estoque e 
fluxo de nutrientes, serviços 
ecológicos
Níveis de organização biológica
Paisagem
(ecologia da paisagem)
???
� paisagem
� como a estrutura espacial