A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
36 pág.
X - estaçao_transferencia

Pré-visualização | Página 1 de 2

Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
1 
ESTAÇÕES DE TRANSFERNCIA 
DE RESÍDUOS SÓLIDOS MUNICIPAIS 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
2 
CONJUNTO DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES PARA TRANSFERIR OS 
RESÍDUOS SÓLIDOS DOS VEÍCULOS DE COLETA A VEÍCULOS DE GRANDE 
CAPACIDADE DE CARGA (TONELAGEM), PARA TRANSPORTÁ-LOS AOS LOCAIS DE 
DISPOSIÇÃO FINAL, COM O OBJETIVO PRINCIPAL DE AUMENTAR A EFICIENCIA E 
REDUZIR OS CUSTOS DOS SERVIÇOS DE MANEJO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS. 
I. ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA CONCEITO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
3 
II. ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA VANTAGENS 
 
1. Economia de transporte 
2. Economia de trabalho 
3. Economia de energia 
4. Redução de custos por desgastes e/ou quebras de equipamento 
5. Versatilidade 
6. Redução da frente de descarga nos aterros 
7. Possibilidade de reciclagem nos locais de transferência 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
•Considerações de Implantação da Estação de Transferência 
 
•Normalmente para distâncias entre o centro de massa de coleta e aterro 
sanitário (planta reciclagem) superiores a 25 km (ida e volta); 
 
•O trajeto feito até a destinação final seja percorrido em tempo ˃ 60 minutos 
(ida e volta); 
 
•A quantidade de lixo coletado na área em estudo seja significativa 
 
•Custos 
Do terreno da futura instalação (titularidade) 
Da construção (obra) 
Dos veículos e equipamentos pertinentes 
De mão-de-obra 
Da operação da estação entre outros 
 
IIa.ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA IMPLANTAÇÃO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
5 
III. ESTAÇÕES DE TRANSFERÊNCIA: COMPARAÇÃO DE SISTEMAS 
COLETA TRANSPORTE AO CENTRO DE DISPOSIÇÃO FINAL 
2 1/2 HORAS 1 1/2 HORAS POR VIAGEM= TOTAL 3 HORAS 
DISPOSIÇÃO 
1/2 HORAS 
RENDIMENTO = 1,67 TON/H CARGA MEDIA= 5 TON 
TRIPULAÇÃO = 1 CHOFER + 2 CARREGADORES 
TEMPO TOTAL DO CICLO DO VEÍCULO COLECTOR = 6 HORAS 
Sistema de Coleta sem Estação de Transferência 
COLETA 
CARGA MEDIA= 5 TON 
TRIPULAÇÃO = 1 CHOFER + 2 CARREGADORES 
TEMPO TOTAL DO CICLO DO VEÍCULO COLECTOR = 6 HORAS 
TRANSFERENCIA 
1/2 HORAS 
TRANSPORTE 
CARGA UTIL MEDIA 25 TON 
RENDIMENTO = 2,94 TON/H 
DISPOSIÇÃO 
Sistema de Coleta com Estação de Transferência 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
6 
IV. CUSTOS DO SISTEMA DE TRANSFERENCIA 
Custo de transferencia (em 
$U/Ton.) 
 
Capital 
 
Mão de obra e 
 
 
Gastos de O & M(como % 
do custo) 
 
Custo de transferencia (em 
$US/per cápita/ ano)
 
Custos de transferencia 
(como % de ingressos) 
$ 3 – 5/ T 
 
65% 
 
10 
 
 
 
25 
 
 
$0.62-1.0/c/ano 
 
0.2 – 0.3% 
$5 - 15/T 
 
50% 
 
25 
 
 
 
25 
 
 
 $1.5-4.5/c/ano 
 
0.1% - 0.2% 
 
$70 – 120/T 
 
35% 
 
45 
 
 
 
20 
 
 
$9.0-12.0/c/ano 
 
0.05 – 0.07% 
País de baixos 
ingressos 
País de ingressos 
medios 
País 
industrializado 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
7 TEMPO DE VIAGEM (min) ou DIST. em Km. 
0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 
C
U
ST
O
 -
U
S$
/T
O
N
 
0 
2 
4 
6 
8 
10 
12 
14 
16 
Ponto de Equilibrio 
V. CUSTOS DE TRANSPORTE 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
8 
TEMPO DE VIAGEM (MINUTOS) ou DISTANCIA EN KM (Veloc. 60 KM/H) 
1 
2 
3 
4 
5 
6 
10 20 30 40 45 50 60 80 100 
2.3 
1.9 
Punto de Equilibrio 
70 
Redução custo de transporte 
com transferencia - 1.78 US$/ton 
Custo de transporte no sistema de 
transferencia - 1.60 US$/ton 
Custo do tempo improdutivo de carga 
e descarga-0.40US$/ton 
Custo de transferencia exceto 
transporte - 1.90US$/ton 
90 110 
$/ton 
VI. CUSTOS DE TRANSPORTE 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
9 
VII. GRÁFICO COMPARATIVO DE CUSTOS 
Distancia de transporte, ida e volta (km.) 
0 
1 
2 
3 
4 
5 
0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 
Ponto de equilibrio 
64.10 km. 
C
u
st
o
 e
n
 $
/t
o
n
 
$4.42/ton 
Custo de manobra e descarga 
Custo da propiedade, operação e 
manutenção da estação 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
10 
VIII. INFORMAÇÃO BASE PARA A OBTENÇÃO DE INDICADORES 
• Quantidade de residuos transferidos mes = Ton. Transferidas/mes 
• Quantidade de veículos de transferencia = N° total de veículos 
• Quantidad viagens realizadas mes = N° viagens/mes 
• Dias efetivos de trabalho mes = N ° días trabalhados/mes 
• Tempo de transferencia mes = Horas de transferencia/mes 
Serviço de Transferencia 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
11 
IX. TIPOS DE ESTAÇÕES DE TRANSFERENCIA 
• DESCARGA DIRETA 
• DESCARGA INDIRETA 
• COMBINADAS 
Planta de transferencia de Huayna Capac 
TOLVA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
12 
Planta de Transferencia San Juan 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
13 
Planta de Transferencia San Juan 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
14 
TRANSBORDO DE RESIDUOS SÓLIDOS EM ESTAÇÕES DE 
“DESCARGA DIRETA” 
TETO 
VEÍCULO DE COLETA ASPERSORES 
EXTRACTOR DE 
AR 
VEÍCULO DE 
TRANSFERENCIA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
15 
 ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA-TIPO RAMPA DE TRANSBORDO 
(SEM COMPACTAÇÃO) 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
16 
ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA RURAL 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
17 
ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA POR GRAVIDADE C/ACOPIO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
18 
 ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA COM DESCARGA DIRETA 
CORTE A-A’ 
CORTE B-B’ 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
19 
ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA COM COMPACTAÇÃO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
20 
ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA COM ENFARDAMENTO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
21 
ESTACIÓN DE TRANSFERENCIA CON COMPACTACION 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
22 
DIAGRAMA DE UMA ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
23 
 ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA COM COMPACTAÇÃO 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
24 
TRAILER COMPACTADOR DE 50 m3 
PLACA DE EJEÇÃO 
PATIO DE DESCARGA 
PRENSA COMPACTADORA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
25 
PLANTA BAIXA ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA 
COM DESCARGA INDIRETA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
26 
PLANTA BAIXA DE ESTAÇÃO DE TRANSFERENCIA COM 
DESCARGA DIRETA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
27 
PLANTA DE TRANSFERENCIA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
28 
“CONTAINERS” COM DISPOSITIVO “ROLL ON-ROLL OFF” 
HASTA 40 M3 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
29 
VISTAS DE TRAILERS DE CARGA 
Módulo: Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais e Agrícolas Professor: Álvaro Cantanhede 
30 
VEÍCULO DE TRANSFERENCIA COM FUNDO DESLIZANTE

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.