Buscar

Memorial acadêmico Lucas Moraes de Lima

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 10 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 10 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 10 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

1 
 
 
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 
INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS 
CAMPUS GOIÂNIA 
 DEPARTAMENTO DE ÁREAS ACADÊMICAS II 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MEMORIAL ACADÊMICO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Goiânia – 2021 
2 
LUCAS MORAES DE LIMA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MEMORIAL ACADÊMICO 
 
 
 
 
 
 
 
Este Memorial Acadêmico foi realizado no 6o 
semestre do Curso de Licenciatura em 
Matemática do Instituto Federal de Goiás – 
Campus Goiânia/GO como uma das avaliações 
de rendimento escolar, sob a orientação do 
Professor Ma. Ana Cristina Gomes no 
semestre letivo de 2021/1. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Goiânia 
2021
3 
AGRADECIMENTOS 
 
Primeiramente gostaria de agradecer a Deus, por está ajudando-me nessa batalha; minha 
família por está apoiando desde ao início do curso e por toda trajetória percorrida, até o 
momento, em que estou conciliando faculdade/trabalho/”ser pai”...; aos colegas de faculdade 
que tem ajudado bastante nessa caminhada magnifica. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
 
 
 
 
 
Sumário 
 
1) INTRODUÇÃO .................................................................................................................. 5 
Quem sou eu?.............................................................................................................. 5 
2) Dos Anos Iniciais ao Ensino Fundamental ......................................................................... 6 
3) Ensino Fundamental II – 6° ao 9° ano ................................................................................ 6 
4) Ensino Médio ...................................................................................................................... 7 
5) Mudanças ............................................................................................................................ 8 
6) Graduação em Licenciatura em Matemática ...................................................................... 8 
8) Perspectivas para o futuro................................................................................................... 9 
9) Referências Bibliográficas ................................................................................................ 10 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
INTRODUÇÃO 
 
Quem sou eu? 
 
Eu me chamo Lucas Moraes de Lima, tenho 26 anos e sou o filho mais velho dos meus 
pais, somos três ao total, Divino Moraes Rodrigues e Darciene de Lima. Atualmente curso 
Licenciatura em Matemático no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia – 
Campus Goiânia (IFG), trabalho atualmente como Uber, sou casado com Natália dos Reis 
Moura Rodrigues, papai do Daniel Lucas & Lara Luiza (gêmeos). 
Buscar rever nosso trajeto até o momento é uma coisa interessante. É o momento de 
olharmos para traz e ver as evoluções, sucesso e melhoras que conseguimos realizar. 
Falando brevemente dos meus pais, eles são do interior meu pai é aposentado pela 
receita federal e minha mãe mora em uma fazenda nas proximidades da cidade de Rubiataba, 
os dois são separados, e ao mesmo tempo preza muito a educação dos filhos e seus estudos. 
Meu pai tem curso técnico em contabilidade, minha mãe é formada em pedagogia 
onde estava trabalhando como professa na escola municipal de Rubiataba (no qual não sei 
dizer o nome), ela também presta serviço para um projeto dos CRAS juntamente com 
conselho tutelar da cidade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 
 
1) DOS ANOS INICIAIS AO ENSINO FUNDAMENTAL 
 
 “É somente nas misteriosas equações do amor que qualquer lógica 
ou razão pode ser encontrada. Você é a razão de eu estar aqui hoje, 
você é a razão de eu existir, você é todas as minhas razões.”. John 
Forbes Nash 
 
Tenho poucas recordações do meu ensino fundamental 1, restam alguns flash e 
lembranças que são boas como aquelas professoras preferidas, amizades que carrego até hoje 
e tenho contato; já falando nas professoras tenho bastante recordação da minha professora 
Zeca professora de português, lembro que certa vez fui tentar imitar uma colega a desenhar a 
letra A e ela disse que não aceitava letras de formas, mas mesmo assim foi um aprendizado 
que me ajudou muito no futuro; lembro também da professora Vera, em que ficava so pedindo 
ela pra me ensinar os “mecetes” pra fazer tarefas de matemáticas mais rápido pra poder 
terminar logo, e ela sempre pedindo paciência, porque isso viria com o tempo. 
Quando mudei para Escola Estadual Diógenes de Castro Ribeiro na cidade de 
URUANA-GO, conheci o novo onde já passava a ter mais de uma professora, confesso que 
no começo fiquei um pouco perdido, mas logo fui me adaptando, tive bastante 
desenvolvimento na escrita. 
 No período que eu fiquei nessa escola fiz novas amizades, conhecia bastante os 
professores, devido ser uma cidade pequena, com isso, todo mundo conhece, todo mundo. 
 
 
2) ENSINO FUNDAMENTAL II – 6° AO 9° ANO 
 
“Todas as coisas são números.”. Pitágoras 
 
 Para cursar o Ensino Fundamental II, tive que mudar de colégio, devido antigamente 
no interior ter colégios em que era para fundamento 1 outro para fundamental 2 e outro para 
ensino médio. 
 Meus pais sempre conheceram bem os colégios e professores, pois estavam sempre 
presente no dia-dia, mesmo assim algumas amizades foram separadas devido a mudança, 
tanto de amigos quanto de professores. 
7 
Com isso comecei a ver desde já algumas matérias novas, as aulas de educação física 
não era mais apenas jogar bolas, tínhamos atividades diferente, já começou a mudança de ter 
mais de um professor por dia. 
 
3) ENSINO MÉDIO 
 
 
“A matemática é a ciência da ordem e a medida, de belas correntes 
de raciocínios, todos singelos e fáceis.”. 
René Descartes 
 
 Iniciei o Ensino Médio em 2009, na cidade de Uruana-GO, meu ensino médio foi um 
pouco conturbado, pois pela primeira vez, além de ter começado a conhecer o novo comecei 
também no turno noturno, ai comecei a conciliar trabalho com escola, trabalhava durante o 
dia no escritório de contabilidade do meu tio e anoite ia para escola, no começo foi estranho 
como tudo de novo que aparece, mas depois já fui adaptando-me. 
 Houve também de grande impacto quando no meio do segundo ano do ensino médio 
tive que mudar de cidade, pois meu pai tinha que mudar a trabalho e fui morar com ele, ele 
por trabalhar na SEFAZ, ficava bastante em divisa de estado, dessa vez fomos para a divisa 
do Piauí com Maranhão onde cursei meu segundo ano em uma cidade chamada Uruçuí-PI, 
esse foi um choque grande, porque tive que aprender novos costumes, novas comidas e 
praticamente começar novas amizades, tanto na escola quanto no social más tínhamos um 
professor em que começou a despertar meu olhar para matemática mostrando de uma forma 
diferente, um método oposto da parte chata em outros professores ensinavam. 
 Meu terceiro ano terminei em Goiânia, meus pais entraram em um acordo visando 
aprendizagem minha e do meu irmão que aqui seria melhor, devido ter mais possibilidades de 
estudos etc. então vim morar com minha avó, estudei no Colégio Estadual Jardim Europa, 
esse colégio foi escolhido tanto pela a parte de ser perto de casa quanto pela parte da minha 
tia ser professora de química, no mesmo. Vi que em alguns aspectos tive o ensino bem mais 
reforçado e algumas coisas a desejar também. Logo no ultimo ano do ensino médio entrei no 
cursinho no antigo colégio ESPOVEST, fiquei lá por um ano, mas sendo sincero estava 
fazendo cursinho sem saber para qual curso iria prestar vestibular, pois não tinha aquela 
invocação que os outros tinham, de medicina, engenharias, direito; queria algo que pudesse 
me sentir bem, em que as pessoas pudesse olhar e ver um grande profissional, com isso 
comecei a analisar os cursos, logico que verifiquei os que estavam em falta no mercado, até 
8 
mesmo pra não ficar desempregado futuramente. Isso começou a despertar o olhar para 
matemática,até mesmo porque os professores do cursinho eram muitos bons. 
 
4) MUDANÇAS 
 
Comecei alguns cursos antes, porém havia errado na escolha logo saí, um exemplo 
disso que comecei Ciências contábeis na faculdade delta, depois educação física na unip, aí 
veio na minha cabeça de tentar matemática na UEG de Anápolis, então prestei vestibular 
passei, só que antes disso, todas as pessoas me falavam a mesma coisa “é um ótimo curso, 
respeitado e tal... fácil de entrar e difícil de sair” não dei moral, continuo insistindo, pois hoje 
olho e vejo que é isso que gosto, a questão, não está apenas nos números, cálculos..., está no 
raciocino, interpretação, está no conjunto completo. Seguindo, pedi transferência para o IFG, 
pois estava ficando difícil ir para Anápolis todos os dias e visei também meu currículo futuro, 
onde seria mais fácil conseguir emprego com um currículo de renome federal do que estadual, 
hoje estou aqui, escrevendo meu memorial acadêmico dentro de uma instituição federal. 
 
5) GRADUAÇÃO EM LICENCIATURA EM MATEMÁTICA 
 
“O matemático está envolvido num jogo do qual ele mesmo escreve as 
regras, enquanto o físico joga com as regras fornecidas pela 
natureza.” Paul Dirac 
 No início do curso de matemática pela UEG não tive tanta dificuldade, pois as 
disciplinas eram voltadas para relembrar o que tínhamos aprendido no ensino médio, com isso 
também sempre aprendíamos alguma coisa nova. 
Já do segundo período pra frente as coisas começaram a ficar um pouco difícil, pois 
começou a apareceu algumas coisas meio que abstratas, coisas em você tinha que aceitar, 
dificuldades de novos métodos de contas e desenvolvimento teoria, com isso apareceu uma 
das disciplinas famosa dentro do curso de exatas o tal do Cálculo, onde praticamente me senti 
um burro nos primeiros dias, mas depois me adaptei, hoje domino bem a situação que é 
pesadelo para muitos estudantes. 
 Nesse percurso teve uma matéria em que tive total dificuldade, assumo, na UEG 
chamava teoria dos números, no IFG, graças ao bom Deus não tem, logo no primeiro dia era 
três perguntas que lembro “prove que 1+1=2 e prove o por que na sequência de números 1,2, 
9 
o próximo deve ser 3, prove teorema de Peano”, no decorrer já estava querendo desistir do 
curso, mas logo tudo mudou, hoje estou aqui não sei bem dizer em que período estou, devido 
a grade de ter transferido de instituição, mas creio que estou no quinto ou sexto. 
 
6) Perspectivas para o futuro 
 
 
“A matemática não mente. Mente quem faz mau uso dela.”. Albert 
Einstein 
 
 Pretendo finalizar a graduação no final do ano que vê, conseguir um concurso ou 
contrato para começar a seguir profissão. 
 Logo em seguida penso em fazer uma especialização na área de educação, não tenho 
aquela visão em especializar em matemática pura, acho que não é meu foco, mas tenho a 
visão em algo mais pedagógico, até mesmo para poder trabalhar em faculdade, ganhar muito 
dinheiro igual meus professores ganham, e ser renomado de ser um dos melhores, acredito 
que ganhar bem é só consequência do bom profissional que é. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7) Referências Bibliográficas 
10 
 
Site para as frases mencionadas no trabalho, o restante foi por autoria própria. Artigo 
Disponível em: https://www.frasesfamosas.com.br/tema/matem%C3%A1tica/. Acesso em 14 
de agosto de 2021.

Outros materiais