Buscar

Cuidados com filhotes de gambás (2021)

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

CUIDADOS COM FILHOTES DE GAMBÁ 
(2021) 
A primeira coisa a se fazer quando se encontra um filhote de gambá: 
1. Aquecer com uma fonte externa de calor, já que ainda não produzem calor próprio e por isso estão 
sempre frios. 
Pode colocar junto do seu corpo (essa é a maneira mais rápida de recuperarem calor). Não se 
preocupe, gambás NÃO constituem um fator de risco na transmissão de zoonoses! 
Pode também usar bolsas térmicas, garrafas com água quente enroladas em pano, meias com grãos 
de arroz crus aquecidas no micro-ondas, modem enrolado em pano conectado na tomada, mantas 
elétricas ou pedras aquecedoras para répteis. 
2. SÓ DEPOIS que estiverem aquecidos, ofereça soro caseiro* morno ou Pedialyte morno diluído com 
metade de água filtrada para hidratação e para preparar o organismo para receber o alimento. 
*Receita do soro caseiro: 
1 colher de sopa de açúcar (20 g) 
1 colher de chá de sal (3,5 g) 
1 litro de água filtrada ou fervida 
3. Após hidratados, devem ser alimentados com fórmulas isentas de lactose visto que são 
intolerantes. As fórmulas de leite mais recomendadas para filhotes de gambás são: 
Kabrita 1 
Nan sem lactose 
Petmilk 
Se não tiver acesso a nenhuma dessas fórmulas prossiga com a seguinte receita substituta*: 
*Receita substituta 
1 copo de leite integral SEM lactose (de preferência de cabra) 
1 copo de água 
1 gema peneirada 
1 pitada de sal e outra de açúcar 
1 colher de chá de manteiga sem sal (se for com sal não inclua a pitada de sal) 
Ferver tudo mexendo sempre para não formar bolinhas, dura dois dias na geladeira. Tire só o que for 
usar para aquecer levemente e se sobrar o que foi aquecido não reaproveite. Se puder adicione depois 
de aquecida e antes de dar a porção: 1 gota de vitamínico (o ideal é o Glicopan Gold) e 1 colherzinha de 
café de levedo em pó (ou 1 comprimido), que é um complexo de vitaminas B que auxilia com o sistema 
imunológico e gastrointestinal. Não use complexo B sintéticos. 
Hidrate durante as primeiras horas após o resgate, somente após serem hidratados devem ser 
alimentados. Os neonatos têm que ser alimentados de 1 em 1 hora nas primeiras 24 horas e de 2 em 2 
horas a noite. Filhotes maiores podem ser alimentados de 3 em 3 horas. Temos uma tabela de 
alimentação nos arquivos do grupo com quantidade adequada de leite e intervalo dependendo do 
peso do filhote. 
Devem ser alimentados com uma seringa de 1 ml, e depois de alimentados devem ser estimulados na 
genitália com algodão umedecido em água morna, simulando as lambidas da mãe, para que urinem e 
defequem. 
NÃO ofereça somente frutas ou ovos, independentemente da idade do gambá, ficar sem uma fonte 
de cálcio e nutrientes pode ocasionar deficiências nutricionais graves! Mantenha o leite adequado e 
quando já tiverem dentinhos ofereça ração super premium (pode bater com o leite até aceitarem seca) 
que é um alimento completo formulado para atender necessidades nutricionais. Temos arquivos sobre 
como alimentar corretamente um gambá nos arquivos do grupo! 
Se for soltar na natureza, siga as técnicas de reabilitação e soltura presentes nos arquivos do grupo, 
NUNCA solte um animal manso que não foi adequadamente reabilitado ou que seja muito pequeno 
para sobreviver sozinho! 
Dúvidas frequentes 
- Ao achar filhotes aqueça e hidrate mesmo se outra pessoa for cuidar. Eles morrem rapidamente de 
frio e desidratação! 
- Se forem encontrados na mãe morta, retire os filhotes do mamilo segurando eles pela cabeça e puxe 
como se estivesse desenroscando, não puxe pelo corpo ou o mamilo pode se romper ficando entalado 
na garganta dos filhotes. 
- Observe se tem ovos/larvas de mosca nos filhotes, caso tenha, terão que tomar Capstar urgente! 
- Eles não produzem calor próprio, lembre-se que estariam na bolsa da mãe recebendo aquecimento, 
então precisam de uma fonte externa de calor sempre, além dos cobertores e mesmo se o clima 
estiver quente! 
- Não use luz diretamente nos filhotes como fonte de calor porque pode danificar a retina. 
- A seringa que deve ser usada é a de 1 ml. Não utilize seringas maiores, mamadeiras ou conta-gotas. 
Esses outros métodos podem ocasionar líquido nos pulmões. 
- Se necessário utilize uma sonda traqueal nº 4 para acoplar na seringa de 1 ml e auxiliar a inserir o leite 
na boca do filhote. Também é possível improvisar sondas com tubos que possam ser acoplados na 
seringa (pedaços de fones de ouvido, de tampas de spray, de cotonetes, etc). 
- Nunca alimente os filhotes de barriga para cima. Para auxiliar na alimentação enrole os filhotes em 
um pano, deixe somente a cabeça do filhote para fora e mantenha na posição vertical para alimentar. 
- Não ofereça somente leite de caixinha ou fórmulas não-enriquecidas, mesmo que sejam sem lactose, 
são pobres nutricionalmente. Se não puder comprar as fórmulas recomendadas faça a receita 
substituta para enriquecer o leite. 
- O Kabrita 1 é a fórmula mais recomendada para neonatos (filhotes muito novos) por ser a base de 
leite de cabra, que possui melhor digestibilidade. 
- O Petmilk deve ser diluído com o dobro de água que se pede na embalagem para melhorar a 
digestibilidade, por ser a base de leite de vaca. 
- Fórmulas a base de leite de cabra possuem melhor digestibilidade e baixa lactose, mas caso algum 
filhote apresente uma intolerância maior, utilize Lacday para quebra da lactose antes de oferecer a 
porção. 
- Se for trocar a fórmula de leite oferecida aos filhotes, troque de forma gradual misturando até a troca 
total, nunca troque de forma brusca. 
A equipe do grupo Gambás Brasileiros, 
Opossums & Zarigueyas agradece e se coloca à 
disposição para eventuais dúvidas!

Outros materiais