Buscar

Agrostologia - Introdução

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

Gabriela Zogbi @gabizogbi | Medicina Veterinária | Agrostologia 
 
Agrostologia 
 
Conceitos importantes: 
 •Agrostologia: 
⇨ Ciência que estuda o pasto e as 
plantas forrageiras. 
 
Fonte: Embrapa 
 • Forragem / Plantas 
Forrageiras: 
⇨ Partes aéreas de uma população de 
plantas herbáceas, que podem servir na 
alimentação dos animais. 
 • Pastejo X Pastoreio 
⇨ Pastejo: Ato de desfolhar a planta 
enraizada no campo, realizada pelo 
animal. 
⇨ Pastoreio: Ato de conduzir o 
animal para realizar o paste
•Pastagem X Pasto: 
⇨ Pastagem: Área onde o animal 
colhe livremente sua dieta. 
⇨ Toda a infraestrutura, incluindo 
cercas e bebedouros. 
Importante: Cavalos preferem 
pastagens mais baixas por conta do 
mecanismo de defesa, eles precisam ter 
visão para detectar o perigo. 
⇨ Pasto: Forragem que está 
disponível para o pastejo ou colheita, ou 
seja, plantas forrageiras 
 
• Classificação do Pasto: 
 • Natural ou nativo: 
⇨ Não implantado pelo homem 
⇨Ex: Pampas, cerrado, campos de 
cerrado, caatinga e pantanal. Sendo a 
caatinga um dos biomas mais 
devastados. 
⇨ O solo da caatinga costuma ser 
bastante fértil. 
No semiárido, devido às altas 
temperaturas, existe uma maior 
evaporação do que precipitação. 
 • Características dos biomas: 
⇨ Cerrado: Carência generalizada de 
nutrientes 
⇨ Baixo pH, ou seja, solos ácidos 
⇨ Plantas de qualidades baixas. Mais 
terras, porém, de menor qualidade. 
⇨Campos do cerrado: Variação do 
cerrado 
⇨ Possui menos arbustos e mais plantas 
herbáceas. 
⇨ Oferta maior de alimento e de 
biodiversidade da fauna. 
⇨ Pantanal: Bom para bovinos 
⇨ Maiores fazendas de pecuária 
 • Artificial ou cultivado: 
⇨ Implantado pelo homem 
⇨ Mais de 80% das pastagens do Brasil 
são cultivadas 
⇨ A grande maioria de pasto disponível 
para bovinos, é pasto cultivado, e a 
maioria das plantas usadas são 
gramíneas. Quase tudo proveniente da 
África. 
⇨ O Brasil é pobre em gramíneas 
nativas de qualidade, no enquanto, as 
leguminosas nativas são de boa 
qualidade. 
 • Capineira: 
⇨ É a área cultivada com gramíneas e 
utilizada para corte e não para pastejo, 
ou seja, animais não possuem acesso. 
Ex: Gramínea alta – Capim de elefante 
 
Capim de elefante. Fonte: Viver Grass 
 • Legumineira: 
⇨ Mesmo conceito de capineira, 
porém, com leguminosas. 
 • Feno: 
⇨ Produto derivado do processo de 
conservação de forragem por 
desidratação, ou seja, uma planta 
desidratada (parcialmente). 
⇨ No processo de obtenção do feno 
há a perda de açúcares e vitamina A. O 
feno não é melhor, em termos 
nutricionais, que a planta fresca. 
 
• Silagem: 
⇨ É o processo de conservação de 
forragem. A base dele é a fermentação 
anaeróbica em meio ácido. 
⇨ Algumas plantas que possuem 
açúcares (carboidratos solúveis) de fácil 
fermentação são cortadas e 
compactadas. 
⇨ Ocorre a fermentação dos açúcares 
que são transformados em ácido lático, 
e um pouco de ácido acético. 
• Obs: Ocorre perda de proteínas e de 
algumas vitaminas. 
• Silagem – Produto 
• Ensilagem – Processo 
• Silo - Recipiente para armazenamento 
 
 
 
 
 
 
 
• Cultivar (cv.) 
⇨ É como se fosse uma raça 
⇨ Principais diferenças relacionadas à 
características agronômicas (exigência 
em fertilidade e solo, produção de 
forragem, qualidade e resistência) 
Ex: Mombaça e Tanzânia
 
 
• Variedade (var.) 
⇨ Principais diferenças morfológicas 
⇨ Mesma espécie 
Ex: Panicum Maximum

Outros materiais