A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Prova discursiva

Pré-visualização | Página 1 de 1

Prova discursiva
1 mas diretrizes para a formação e funcionamento da CIPA estão contidas na Norma Regulamentadora 5, da Portaria n° 3214/78. A referida norma estabelece que os membros da CIPA deverão passar por treinamento antes de tomarem posse dos cargos na comissão. Explique a importância do treinamento da CIPA, e descreva ao menos quatro conteúdos mínimos que devem ser abordados nos treinamentos de CIPA.
FONTE: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr5.htm. Acesso em: 1° jul. 2021.
Resposta esperada 
*A importância do treinamento para membros de CIPA está associado ao fato de a comissão ser formada por empregados de diferentes áreas da empresa, com níveis e áreas de conhecimento distintos, podendo inclusive não possuírem nenhum conhecimento prévio sobre segurança e saúde. O treinamento tem como objetivo dar aos membros eleitos e indicados as informações mínimas necessárias para que a comissão cumpra seu objetivo de atuar na prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. *A estrutura do treinamento deverá abordar informações sobre os riscos originados no processo produtivo da empresa, o estudo do ambiente de trabalho, técnicas e métodos usados na investigação e análise de acidentes, informações básicas sobre acidentes e doenças do trabalho, e sua correlação com os riscos ambientais existentes na empresa, e organização e funcionamento da comissão. *O curso deve abordar ainda discussões básicas sobre legislação trabalhista e previdenciária relacionada com saúde e segurança, noções elementares sobre AIDS e medidas preventivas.
Minha resposta 
A importância do treinamento e oferecimento de condições laborais mais saudáveis e seguras para todos os empregados — tanto diretos quanto indiretos da empresa. Estudo do ambiente e das condições de trabalho, assim como dos riscos originados do processo produtivo. Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho. Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes de exposição aos riscos existentes na empresa. Noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) e medidas de prevenção. Noções sobre as legislações trabalhista e previdenciária, relativas à segurança e saúde no trabalho. Princípios gerais de higiene do trabalho e de medidas de controle dos riscos. 
2 De acordo com o artigo 19, da Lei 8213/91 (BRASIL), "Acidente de trabalho é aquele que ocorre no exercício do trabalho, a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou pertubação funcional que cause morte, perda, redução permanente ou temporária de sua capacidade para o trabalho". Na empresa (com nome fictício) GRAVERISCO, João cortou a mão durante a execução da limpeza de peixe, pegando três dias de atestado, Manoel teve o braço amputado ao realizar a manutenção de um equipamento, Joana por exposição prolongada a determinado agente físico adquiriu uma doença profissional, e Henrique descobriu que sofre de Mal de Alzheimer, uma doença degenerativa. Explique esses casos e em quais destes há a caracterização de acidente de trabalho e por qual motivo.
FONTE: BRASIL. Lei Nº 8.213, de 24 de julho de 1991. Presidência da República - Casa Civil. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2013.
Resposta esperada 
João sofreu um acidente de trabalho, estava em horário de trabalho, teve lesão corporal e causou perdas inclusive à produção, não receberá benefício da Previdência, pois teve afastamento de apenas 3 dias. Manoel também sofreu um acidente de trabalho com redução permanente da capacidade laboral. Joana também caracteriza um acidente de trabalho, mesmo se tratando de doença, pois foi uma doença desencadeada pelo exercício do trabalho. Henrique não pode dizer que sofreu um acidente de trabalho, pois sua doença é degenerativa, o que não caracteriza tê-la desenvolvido durante o exercício do trabalho.
Minha resposta 
João sofreu um acidente de trabalho, estava em horário de trabalho, teve lesão corporal e causou perdas. Inclusive à produção, não receberá benefício da Previdência, pois teve afastamento de apenas 3 dias . Manoel também sofreu um acidente de trabalho com redução permanente da capacidade laboral. Joana também caracteriza um acidente de trabalho, mesmo se tratando de doença, pois foi uma doença. Desencadeada pelo exercício do trabalho. Henrique não pode dizer que sofreu um acidente de trabalho, p o is sua doença é degenerativa, o que não. Caracteriza tê - la desenvolvido durante o exercício do trabalho .

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.