A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
265 pág.
manual eSocial 1 0

Pré-visualização | Página 40 de 50

– Processo diferença benefício (2 meses – competências 01/2021 e 02/2021) 
– Processo Judicial nº XXX.XXX: 
◦ Diferença benefício: R$ 4.166,67 (proporcional para 2 meses) 
◦ IRRF s/ diferença benefício: R$ 301,37 
◦ Nesse processo, devem ser separados os rendimentos referentes às competências 01/2021 
e 02/2021, pois não há benefício do RRA nessa parcela. 
• Demonstrativo 04 – Diferença benefício com RRA– (10 meses – até 12/2020 – Processo Judicial 
nº YYY.YYY: 
◦ Diferença benefício: R$ 20.000,00 (proporcional para 10 meses) 
◦ IRRF s/ diferença benefício – RRA: R$ 72,02 
◦ Nesse processo, devem ser separados os rendimentos referentes até a competência 
12/2020, pois somente até esta competência há o benefício do RRA. 
• Demonstrativo 05 – Diferença benefício (2 meses – competências 01/2021 e 02/2021) – 
Processo Judicial nº YYY.YYY: 
◦ Diferença benefício: R$ 4.000,00 
◦ IRRF s/ diferença benefício: R$ 263,87 
◦ Nesse processo, devem ser separados os rendimentos referentes às competências 01/2021 
e 02/2021, pois não há benefício do RRA nessa parcela. 
 
Caso o declarante informe {indApurIR]=[1] nas rubricas relativas ao itens 2 e 3 (Diferença benefício), 
a informação ao eSocial pode ser feita num único demonstrativo da seguinte forma: 
• Demonstrativo 01 
◦ Benefício mensal: R$ 10.000,00 [remunPerApur] {indApurIR} = [0] 
◦ Diferença benefício: R$ 50.000,00 [remunPerAnt] {indApurIR} = [1] 
◦ Diferença benefício: R$ 24.000,00 [remunPerAnt] {indApurIR} = [1] 
◦ IRRF s/ Salário: R$ 1.880,64 {indApurIR} = [0] 
◦ IRRF s/ Diferença benefício – RRA: R$ 597,30 {indApurIR} = [1] 
◦ IRRF s/ Diferença benefício – RRA: R$ 335,89 {indApurIR} = [1] 
6. Valores devidos relativos a períodos anteriores 
6.1. Caso na competência corrente (período de apuração) seja necessário enviar informações 
relativas a valores devidos a beneficiários afetos a períodos de referência anteriores ao período de 
132 
 
apuração, sejam eles anteriores ou não à obrigatoriedade do envio dos eventos periódicos, assim 
como as repercussões tributárias e previdenciárias de acordo com a legislação de cada Ente 
Federativo, devem ser adotados os procedimentos conforme exemplo a seguir: 
a) Um beneficiário obteve decisão judicial favorável em jul/2021 para receber diferenças de 
benefícios no período de jan/2021 a jun/2021. O órgão declarante passou a enviar informações pelo 
eSocial em mai/2021. 
Dados da questão: 
a.1) Início da obrigatoriedade dos eventos periódicos: mai/2021 
a.2) Período de apuração: jul/2021 
a.3) Períodos de referência: jan/2021 a jun/2021 
O órgão concedente envia o evento S-1207 com o campo {perApur} preenchido com 2021-07 
e o campo {perRef}, do grupo {infoPerAnt}, com as competências 2021-01 a 2021-06, informando as 
rubricas correspondentes às diferenças de benefícios. 
 
S-1210 – Pagamentos de Rendimentos do Trabalho 
 
Conceito: são as informações prestadas relativas aos pagamentos feitos a trabalhadores, com ou sem 
vínculo empregatício. Aplica-se também aos benefícios pagos por entes públicos. 
Quem está obrigado: o declarante que efetuou pagamento a trabalhadores e entes públicos que 
efetuaram pagamento de benefícios. 
Prazo de envio: deve ser transmitido até o dia 15 (quinze) do mês subsequente ao mês de referência 
do evento. 
Pré-requisitos: envio dos eventos S-1000 e, conforme o caso, do S-1200, S-1202, S-1207, S-2299 ou 
do S-2399. 
Informações adicionais: 
1. Assuntos gerais 
1.1. Para efeitos deste evento entende-se por trabalhador beneficiário a Pessoa Física (CPF) que 
recebeu qualquer pagamento vinculado a um evento de remuneração, proventos e pensões. 
1.2. Deve ser enviado um único evento S-1210 por mês de apuração para cada beneficiário, exceto 
o empregador com {classTrib} = [21] (empregador PF que não seja segurado especial) que tem o 
mesmo empregado em duas categorias diferentes (e uma dessas categorias é doméstico). Esse 
133 
 
empregador pode enviar dois eventos S-1210 para esse mesmo empregado, sendo um exclusivo para 
as informações relativas ao vínculo de doméstico. 
1.3. Todo pagamento informado neste evento deve ser previamente informado em um dos 
eventos relacionados adiante. 
Tipo de pagamento 
{tpPgto} 
Evento remuneratório correspondente 
1 Pagamento de remuneração, conforme apurado em {dmDev} do S-1200 
2 Pagamento de verbas rescisórias conforme apurado em {dmDev} do S-2299 
3 Pagamento de verbas rescisórias conforme apurado em {dmDev} do S-2399 
4 Pagamento de remuneração conforme apurado em {dmDev} do S-1202 
5 Pagamento de Benefícios Previdenciários apurado em {dmDev} do S-1207 
1.4. Podem ocorrer até 999 informações de pagamento, contendo data e tipo de pagamento, valor 
líquido, período de referência e, também, identificador do demonstrativo, referido no 
correspondente evento de remuneração. 
1.5. No evento S-1210 o declarante informa o identificador do demonstrativo {ideDmDev} de 
valores devidos ao trabalhador já informado no evento remuneratório e o período de referência 
{perRef} onde aquele demonstrativo foi originalmente declarado, bem como o valor líquido {vrLiq} e 
a data {dtPgto} daquele pagamento. 
1.6. Quando houver mais de um pagamento no mês, com datas distintas, deve ser enviado um 
único evento S-1210 informando todos os pagamentos, cada um com sua data e características 
próprias. Por exemplo: é informado um único evento S-1210 no caso de pagamento de salário da 
competência anterior no dia 05; adiantamento, pago no dia 20; e PLR, paga no dia 25, identificados 
por distintos demonstrativos de pagamento {ideDmDev} no evento S-1200 (ver “Informações 
adicionais” do evento S- 1200 deste Manual). 
1.7. Esse evento pode ser enviado, mesmo que o movimento esteja fechado. 
1.8. Para as empresas do 3º grupo, esse evento não deve ser enviado em relação aos pagamentos 
realizados a partir do dia 01/05/2021, relativos às competências anterioes a esse início. 
1.9. Em caso de sucessão, esse evento deve ser enviado pelo mesmo declarante que informou o 
evento de remuneração. 
1.10. Esse evento deve ser enviado sempre que houver rendimento ou retenção de IR declarados 
no eSocial dentro do período de apuração a que se refere, mesmo que o valor líquido a pagar ao 
trabalhador seja zero. Neste caso, o campo {dtPgto} deve ser preenchido com a data do vencimento 
da obrigação de pagar a remuneração ao trabalhador. 
 
134 
 
2. Pagamentos futuros 
2.1. O evento S-1210 não pode ser enviado com referencia a um evento remuneratório de período 
de apuração mensal futuro, exceto quando relacionado a um evento S-2299 ou S-2399, quando pode 
ser enviado no mes imediatamente anterior ao mês do desligamento ou término de TSVE. 
2.2. É aceita a informação de data de pagamento futura desde que compreendida dentro do 
período de apuração. 
3. Informação de valores pagos a beneficiário de trabalhador falecido 
3.1. Em caso de serem informados valores pagos a beneficiários de trabalhador falecido, o CPF que 
deve constar neste evento é o desse trabalhador e não o da pessoa a que, efetivamente, recebeu o 
valor informado. Nesse caso o campo {indApurIr} do evento de remuneração correspondente deve 
ser preenchido com [1] e, assim, o IR não é apurado com base no eSocial. 
Observação: como o IRRF continua sendo apurado na DIRF, e não com base nas informações do 
eSocial, o preenchimento do campo {indApurIR} com [0] ou com [1] não está influenciando a sua 
apuração. Quando houver a substituição da DIRF, o indicativo [0] ou [1] no campo {indApurIR} vai passar 
a surtir efeito. 
4. Exemplo de relação S-1200 x S-1210 
4.1. Exemplos de informações a serem prestadas nos eventos S-1200 e S-1210 (os valores de IRRF 
são fictícios e não foram apurados conforme a tabela progressiva). É possivel que outras formas de 
demonstração possam ser utilizadas desde que a soma dos valores finais, das bases de incidências e 
dos descontos, sejam os mesmos aqui descritos: 
1) Salário de 03/2019

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.