Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
SICONV PARA CONVENENTES 01 - Visão Geral - Exercicio de Avaliaçao 01

Pré-visualização | Página 1 de 2

SICONV PARA CONVENENTES 1 - VISÃO GERAL
1. Painel
2. Meus cursos
3. Siconv para Convenentes 1 - Visão Geral
4. MÓDULO 1 – INSTRUMENTOS DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO
5. Exercício Avaliativo 1
	Iniciado em
	domingo, 16 dez 2018, 15:42
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	domingo, 16 dez 2018, 17:41
	Tempo empregado
	1 hora 59 minutos
	Avaliar
	50,00 de um máximo de 60,00(83%)
Parte superior do formulário
Questão 1
Correto
Atingiu 10,00 de 10,00
Marcar questão
Texto da questão
O Decreto-Lei nº 200/1967, que trata da organização da Administração Pública Federal, dispõe, em seu art. 6º, sobre os princípios fundamentais norteadores das atividades da Administração Federal. A Constituição Federal de 1988 trouxe inovações à temática, introduzindo novos princípios para a administração pública.
Nas alternativas abaixo, informe a origem dos princípios listados.
	Controle
	Resposta 1 
	Legalidade
	Resposta 2 
	Planejamento
	Resposta 3 
	Publicidade
	Resposta 4 
	Eficiência
	Resposta 5 
	Impessoalidade
	Resposta 6 
	Descentralização
	Resposta 7 
	Moralidade
	Resposta 8 
	Delegação de competência
	Resposta 9 
	Coordenação
	Resposta 10 
Feedback
Sua resposta está correta.
Controle, coordenação, planejamento, descentralização e delegação de competências são princípios expressos no Decreto-Lei nº 200 de 1967, que dispõe sobre a organização da Administração Federal, estabelece diretrizes para a Reforma Administrativa e dá outras providências. Legalidade, publicidade, eficiência, impessoalidade e moralidade são princípios expressos na constituição Federal de 1988.
Questão 2
Correto
Atingiu 10,00 de 10,00
Marcar questão
Texto da questão
O processo de planejamento e orçamento da Administração Pública Federal é apoiado, de acordo com o Art. 165 da Constituição Federal de 1988, em três leis principais, que atuam, nesse contexto, como instrumentos alocativos.
Escolha a alternativa que lista as leis que apoiam o processo de planejamento e orçamento da Administração Pública Federal.
 
a. LDO, LDB e PPA.
b. CLT, LRF e LOA.
c. LRF, LDO e LOA.
d. PPA, LDO e LOA. 
Sua resposta está correta.  LETRA D
Esses são os instrumentos alocativos do processo de planejamento e orçamento da Administração Pública Federal.
Feedback
Sua resposta está correta.
As três leis que atuam como instrumentos alocativos do processo de planejamento e orçamento da Administração Pública Federal são o PPA (Plano Plurianual), a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e a LOA (Lei Orçamentária Anual).
O PPA estabelece as diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública Federal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada.
A LDO compreende as metas e prioridades da Administração Pública Federal e também orienta a elaboração da LOA, que compreende o orçamento fiscal referente aos Poderes da União, o orçamento de investimento das empresas em que a União detenha a maioria do capital social com direito a voto e o orçamento da seguridade social.
Questão 3
Correto
Atingiu 10,00 de 10,00
Marcar questão
Texto da questão
O Decreto nº 6.170/2007 e a Portaria Interministerial MP/MF/CGU nº 507/2011 regulam e dispõem sobre as normas relativas a transferências voluntárias de recursos da União. A lei nº 13.019/2014 estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias entre a União e as Organizações da Sociedade Civil (OSC).
Relacione as colunas abaixo, ligando os tipos de parceria listados ao instrumento de transferência voluntária correspondente:
	Transferência de recursos da União para Organizações da Sociedade Civil (OSC), selecionadas por meio de chamamento público, para a consecução de planos de trabalho propostos pela administração pública, em regime de mútua cooperação.
	Resposta 1
	Transferência de recursos da União para municípios, estados e Distrito Federal para a execução de atividades de interesse recíproco em regime de mútua cooperação.
	Resposta 2
	Transferência de recursos da União para Organizações da Sociedade Civil (OSC), selecionadas por meio de chamamento público, para a consecução de planos de trabalho propostos pelas OSC, em regime de mútua cooperação.
	Resposta 3
	Transferência de recursos entre órgãos/entidades integrantes dos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União para a consecução de objeto previsto no programa de trabalho.
	Resposta 4
	Transferência de recursos da União para Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) para a execução de atividades de interesse recíproco em regime de mútua cooperação.
	Resposta 5
	Transferência de recursos da União para municípios, estados e Distrito Federal, para a execução de atividades de interesse recíproco em regime de mútua cooperação, processada por intermédio de instituição ou agente financeiro oficial.
	Resposta 6
Feedback
Sua resposta está correta.
Parecem pequenas as diferenças entre os tipos de parcerias a que se destina cada instrumento de transferência voluntária, entretanto elas existem e são determinantes em todo o processo. Os pontos essenciais dos instrumentos disciplinadores das transferências de recursos públicos são:
· Convênio é o tipo mais comum de instrumento de transferência voluntária, pois disciplina a transferência de recursos da União para estados e municípios - que são o maior público do Siconv.
· Contrato de repasse é semelhante a convênio e também é bastante comum, diferenciando-se pelo fato de ser processado por intermédio de agente financeiro oficial.
· Termo de parceria é semelhante a convênio, porém destina-se à transferência de recursos exclusivamente a Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público.
· Termo de execução descentralizada disciplina a transferência de recursos entre órgãos da esfera federal.
· Termo de colaboração e termo de fomento são instrumentos recentemente introduzidos pela Lei nº 13.019/2014. São destinados à transferência de recursos da União a Organizações da Sociedade Civil selecionadas por meio de chamamento público, sendo o primeiro para a consecução de planos de trabalho propostos pela administração pública e o segundo para a consecução de planos de trabalho propostos pelas OSC.
Questão 4
Correto
Atingiu 10,00 de 10,00
Marcar questão
Texto da questão
Nem todas as organizações podem firmar termos de parceria para a prestação de serviços para a União. Marque, entre as alternativas, aquela que apresenta as organizações que podem celebrar esse tipo de instrumento com a União.
 
a. Organizações que atestarem dedicação às atividades sociais previstas na Lei nº 9.790/1999, e que sejam qualificadas como Organizações da Sociedade Civil (OSC).
b. Organizações partidárias e assemelhadas, inclusive suas fundações.
c. Fundações, sociedades civis de direito privado, criadas por órgão público ou por fundações públicas.
d. Organizações que atestarem dedicação às atividades sociais previstas na Lei nº 9.790/99, e que sejam qualificadas como Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). 
Sua resposta está correta.  LETRA D
Esses são os requisitos mínimos que as Organizações da Sociedade Civil devem atender para que possam celebrar termos de parceria com a União.
Feedback
Sua resposta está correta.
Questão 5
Incorreto
Atingiu 0,00 de 10,00
Marcar questão
Texto da questão
Para ser qualificada com Organização da Sociedade Civil de interesse Público (OSCIP), a instituição precisa atender a alguns requisitos básicos. Escolha a alternativa que apresenta um tipo de instituição que, de acordo com a Lei 9.790/99, não pode ser qualificada como OSCIP em hipótese alguma.
 
a. As instituições dedicadas à promoção da cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico. 
Sua resposta está incorreta, pois esse é um tipo de instituição à qual pode ser conferida a qualificação como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo fato de que seu objetivo social tem uma das finalidades elencadas no art. 3º da Lei 9790/99.
b. As instituições hospitalares privadas gratuitas e suas mantenedoras.
c. As fundações,
Página12