Currículo para primeiro emprego: o que colocar nele?

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Quer fazer um currículo para primeiro emprego, mas não sabe bem o que botar nele? 

Então, se liga nessas dicas imperdíveis para impressionar qualquer recrutador! 

Mas o que é importante ter em um currículo para primeiro emprego? 

Antes de mais nada, vamos começar pelo básico.

Quando eu fiz o meu primeiro currículo, fiquei muito confusa. Foram várias versões até chegar em uma que finalmente chamasse a atenção de algum recrutador. 

Sobretudo, tem coisas que todo currículo vai ter, não importa se quem está montando nunca teve um emprego ou já passou por dezenas de empresas. 

Vamos conhecer quais são elas? 👇

Informações pessoais

As informações pessoais são muito importantes, pois são sua introdução inicial.

Nome, idade, endereço, número de telefone e e-mail são coisas indispensáveis! 

Você pode também adicionar o seu Linkedin nessa área. Inclusive, um recrutador já descobriu projetos meus por lá, o que rendeu uma conversa maravilhosa! 😊

Objetivo profissional

Como você está fazendo um currículo para primeiro emprego, é comum que você ainda não saiba exatamente o que quer fazer.

Por isso, utilize essa área para falar no que tem interesse e mostrar que quer aprender! 

Então, manifeste curiosidade em cargos de iniciação.

Está no Ensino Médio? Você pode tentar entrar em uma vaga de jovem aprendiz! Alguns sites como o CIEE são ótimos para achar aquela primeira oportunidade! 

Assim como as pessoas que estão na faculdade podem procurar estágios na área de seu curso. 

Muitos lugares estão procurando gente proativa e interessada, não obstante a experiência profissional. 

Formação acadêmica

Você está no Ensino Médio ou já completou? Está na faculdade? Você deve adicionar o último grau de escolaridade que cursou.

Se acaso tiver algum certificado da época da escola ou que conseguiu durante a faculdade, o inclua agora!

Logo após, ponha o nome da instituição, curso e ano de conclusão ou previsão de término. 

Cursos complementares

Nessa área você pode falar daquele curso de idioma que fez! 

Ter conhecimento em outras línguas vai dar um brilho no seu currículo. Portanto, mencione o seu nível de conhecimento, beleza?

E você pode também falar sobre os seus cursos mais curtos e workshops dos quais participou.

Às vezes até aquela palestra que teve na faculdade pode ser interessante se tem a ver com a vaga para a qual você vai se candidatar. 

No entanto, não esqueça de adicionar a instituição, mês e ano de início e término e a carga horária, ok? 

Resumo das habilidades e competências 

Em primeiro lugar, se você consegue pensar em alguma competência, a hora de adicionar é essa!

Em projetos que participou no passado, quais são foram as qualidades que mais chamaram a atenção de quem era seu parceiro? 

Você é proativo? Bom em resolver problemas? Em suma, pense nas suas melhores qualidades e faça uma listinha para o recrutador ver. 

Além disso, faça outra listinha pensando nas suas competências! 

Quais são os seus hobbies que seriam interessantes para essa vaga? 

Você gosta de fazer planilhas, tem habilidades no pacote Office, Adobe ou gosta de fotografia?

Você certamente não precisa ter um curso específico para incluir isso no seu currículo. Sabia que adicionar essas informações mostra que você tem iniciativa? 

Por isso, fique de olho e inclua essas informações.

E o que adicionar como experiência?

Em uma conversa com uma amiga que é envolvida em vários projetos desde o Ensino Médio, ela admitiu que não sabia o que adicionar na área de experiências. Louco, né?

Apesar de ser um currículo para primeiro emprego e você não ter nenhuma experiência profissional, reflita um pouco sobre tudo o que fez até agora! 

Nós temos a tendência de achar que nada que fizemos vai ser considerado por um recrutador. Mas essa não é a realidade, viu?

Portanto, presta atenção aqui embaixo porque eu vou te dar uma listinha de práticas que podem valorizar o seu currículo 😎

1. Trabalho voluntário

Entrou em algum projeto da faculdade ou escola de modo voluntário?

Adicione isso no currículo!  Isso mostra não só sua área de interesse, mas também que tem proatividade e quer sempre ajudar!

2. Empresa júnior ou centro acadêmico

Empresas júnior e centros acadêmicos ajudam bastante. Portanto, é super interessante adicionar essas vivências!

3. Trabalho freelancer

Fez algum projeto freelancer? Bote no seu currículo!

Dê uma breve descrição das suas funções nesse trabalho e talvez, se estiver disponível online, compartilhe o link no seu currículo para que os recrutadores tenham uma ideia de como você trabalha.

4. Iniciação científica

Os projetos de iniciação científica normalmente começam no Ensino Médio.

Por isso, se você já fez parte de um, vale a pena pôr essa experiência e descrever suas funções nesse projeto!

5. Prêmio ou publicação de artigo

Muitas escolas dão prêmios para várias realizações. Você participou de um concurso de escrita e conseguiu o primeiro lugar?

Ou talvez alguma competição que dava certificado na qual você se saiu muito bem? 

Decerto vale a pena acrescentar! 😊

6. Projeto pessoal 

Você e seus amigos começaram um projeto pessoal que é interessante para a vaga que você vai se candidatar?

Adicione o link desse projeto no seu currículo. Com toda a certeza os recrutadores vão achar intrigante!

Dicas extras para não perder oportunidades

  • Revise o seu currículo

Erros de português mostram desatenção e desanimam os recrutadores.

Então, é válido pedir pra um amigo olhar para você, porque outra pessoa pode ver um erro que você deixou passar! 

  • Salve o seu currículo em formato PDF

A época em que a gente enviava o currículo no corpo do e-mail já passou.

Hoje em dia mandamos currículos até por WhatsApp, então é legal deixar ele num formato que vai deixar ele sempre bonitinho! 🤗

  • Preste atenção no seu endereço de e-mail

Ele tem apelidos? Talvez seja válido criar um novo e-mail para enviar os seus currículos! 

  • Foque na ordem em que você vai dispor das informações

Tem várias matérias na internet que falam sobre a ordem mais agradável de distribuição de seus dados. 

E existem sites maravilhosos para montar o seu currículo! 

Um deles é o Canva, que te mostra vários modelos já prontos para você editar com suas informações.

Não esqueça que o currículo é o primeiro contato entre você e os recrutadores. Por isso, aposte no que você mais acha a sua cara e capriche bastante, ok? 😉 😉

Ah! E lembre-se de deixar ele sempre atualizado.

Às vezes, é válido ter versões diferentes do seu currículo, como por exemplo, uma versão com foto e outra sem. 

Por fim, na hora de enviar o seu currículo, faça uma pesquisa sobre a empresa e decida qual versão do seu currículo é válido mandar pra lá!

Montou seu currículo e conseguiu uma entrevista de emprego? Então vem descobrir como se preparar para a sua entrevista! 

Boa sorte e não esquece de contar pra gente como foi aqui nos comentários 🧡

Beatriz Costa

Beatriz Costa

Redatora na Passei Direto

Comentários

Deixe uma resposta