Buscar

Cinesiologia e Biomecânica

Os ossos formam um sistema de alavancas que podem ser movimentadas pelas forças musculares envolvidas. A maneira pela qual os ossos respondem às cargas mecânicas se relaciona a seus constituintes materiais e a sua organização estrutural, originando um material leve, porém resistente. Basicamente, os ossos são compostos por água, colágeno, carbonato de cálcio e fosfato de cálcio em percentuais que variam conforme a idade e o estado de saúde do osso.


O crescimento ósseo ocorre a partir das ações dos osteoblastos e osteoclastos, que depositam e retiram material dos ossos para seu crescimento e renovação. Dentro desse contexto, aponte de que forma acontece o crescimento ósseo no decorrer da vida, apresentando as características desse crescimento em diferentes fases.

💡 3 Respostas

User badge image

Luiz Vinícius

Os tecidos ósseos auxiliam na formação dos ossos, basicamente 2 tipos de células, os osteoblastos e osteoclastos.

Os osteoblastos são as celulas que vão iniciar a produção da matriz óssea (espaço entre duas células), então o osteoblastos começa a secretar essa matriz tanto mineral quanto a matriz orgânica, armazenam o fosfato de cálcio que é muito importante para a minerilização do osso. Quando os osteoblastos ficam bem maduros, depois de secretarem bastante matriz óssea, eles se transformam em osteócitos. Os osteócitos realizam a manutenção da matriz celular óssea. Os osteoclastos realizam o trabalho de reabsorção óssea, regeneram os tecidos mais velhos. Enquanto os osteoclastos realizam a regeneração desses tecidos os osteoblastos voltam produzindo mais matriz celular óssea.

O crescimento ósseo ocorre nas fases infantil e juvenil. É estimulado principalmente por hormônios. São influenciados por fatores genéticos, alimentação e atividade fisíca.

Quando o bebê nasce, seus ossos possuem, nas extremidades, quantidades significativas de cartilagem. Com o tempo essas cartilagens vão sendo substituídas por ossos.

O pico da densidade óssea em média ocorre entre as mulheres de 33 a 40 anos, homens 19 a 33 anos. Uma característica importante é que as mulheres de todas as idades, possui ossos menores e a área de ossos corticais são menores do que as dos homens, a densidade mineral óssea é bem semelhante em ambos os gêneros.

A osteopenia é uma perda natural de densidade mineral óssea. Ocorre em pessoas acima de 50 anos ou mais. Lembrando que a osteopenia não é uma doença. Caso essa perda de mineral óssea esteja acelerada, pode ser considerada uma doença, como a osteoporose. Onde os ossos ficam fracos e ocorre muito risco de fraturas com pessoas com essas condições. Ocorre geralmente em mulheres idosas no período pós-menopausa.


1
Dislike0
User badge image

Gleicio Fonseca Cavalcante

O osso é originalmente composto por cartilagem, que é um tecido mais flexível e elástico e não contém minerais em sua estrutura. Mas durante o crescimento, essa cartilagem é gradativamente substituída por osso por meio de um processo chamado ossificação. A primeira etapa consiste na formação da matriz cartilaginosa de cada osso e seu revestimento muito resistente, denominado pericôndrio. Em seguida, as células ósseas ativas, os osteoblastos, atravessam o córtex e entram em seu interior com o objetivo de formar centros de ossificação e, portanto, ossos.

Embora os primeiros núcleos de ossificação apareçam durante a vida intra-uterina, novos núcleos de ossificação se desenvolvem durante a infância e, à medida que aparecem, substituem gradativamente a cartilagem, permitindo que o osso cresça em espessura e comprimento até atingir sua forma final. Portanto, o osso não está totalmente formado até que toda a cartilagem tenha sido substituída por osso, o que acontece durante a infância. São áreas muito ativas onde apenas a cartilagem pode formar osso novo. A zona de transição entre o osso e a cartilagem formada é chamada de epífise.

Regeneração Óssea

Os ossos são constituídos por matéria viva e passam por um processo constante de regeneração em que partes do osso antigo são constantemente substituídas por osso novo. Essas cavidades são ocupadas por osteoblastos, que supostamente produzem osso novo. Esse processo de regeneração ocorre periódica, sequencial e simultaneamente em muitas lesões de cada osso. Com o tempo, o ciclo se alonga e a destruição do osso antigo tem precedência sobre a formação de osso novo, o que explica a baixa densidade óssea e os ossos fracos dos idosos.


0
Dislike0
User badge image

KRAMER MODS

o osso faz parte do corpo

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Perguntas relacionadas

Materiais relacionados

Materiais recentes

Perguntas Recentes