A maior rede de estudos do Brasil

Sobre o empresario individual, no caso de insucesso de sua atividade empresarial ele responderá também com seus bens pessoais?

empresarial 1


3 resposta(s)

User badge image

Bárbara Soares

Há mais de um mês

O empresário individual, que antes da vigência do Código Civil de 2002 chamava-se firma individual, é pessoa física que exerce pessoalmente atividade de empresário, assume responsabilidade ilimitada e em caso de falência responde com seus bens pessoais. O empresário individual não tem personalidade jurídica, ou seja, mesmo tendo registro no CNPJ, não é considerado pessoa jurídica.

O empresário individual poderá optar por se enquadrar como microempresa ou empresa de pequeno porte, se atendido as exigências contidas em lei.

O empresário individual pode transformar-se em sociedade empresária limitada, atendendo aos requisitos estabelecidos as sociedades limitadas, o que, após levado a registro, passará a ter personalidade jurídica.

Fonte: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/legislacao/empresario-individual

 

MINHAS OBSERVAÇÕES:

Vejo hoje em dia, para os pequenos empreendedores, uma ótima opção de limitar essa responsabiliadade com a EIRELI (trazida pela lei 12.441/11) que é uma inovação do empresário individual.

Aqui, na EIRELI, há apenas 1 pessoa, titular do capital social da empresa, tendo como principal diferença justamente a questão da responsabilidade limitada.

A empresa individual de responsabilidade limitada (EIRELI) é aquela constituída por uma única pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que não poderá ser inferior a 100 (cem) vezes o maior salário-mínimo vigente no País. O titular não responderá com seus bens pessoais pelas dívidas da empresa.

O empresário individual, que antes da vigência do Código Civil de 2002 chamava-se firma individual, é pessoa física que exerce pessoalmente atividade de empresário, assume responsabilidade ilimitada e em caso de falência responde com seus bens pessoais. O empresário individual não tem personalidade jurídica, ou seja, mesmo tendo registro no CNPJ, não é considerado pessoa jurídica.

O empresário individual poderá optar por se enquadrar como microempresa ou empresa de pequeno porte, se atendido as exigências contidas em lei.

O empresário individual pode transformar-se em sociedade empresária limitada, atendendo aos requisitos estabelecidos as sociedades limitadas, o que, após levado a registro, passará a ter personalidade jurídica.

Fonte: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/legislacao/empresario-individual

 

MINHAS OBSERVAÇÕES:

Vejo hoje em dia, para os pequenos empreendedores, uma ótima opção de limitar essa responsabiliadade com a EIRELI (trazida pela lei 12.441/11) que é uma inovação do empresário individual.

Aqui, na EIRELI, há apenas 1 pessoa, titular do capital social da empresa, tendo como principal diferença justamente a questão da responsabilidade limitada.

A empresa individual de responsabilidade limitada (EIRELI) é aquela constituída por uma única pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que não poderá ser inferior a 100 (cem) vezes o maior salário-mínimo vigente no País. O titular não responderá com seus bens pessoais pelas dívidas da empresa.

User badge image

Aléxia Kílaris

Há mais de um mês

Sim, neste tipo de empresa o patrimônio da pessoa natural e da empresa, propriamente dita, é o mesmo. Assim, é necessário atenção, pois, em caso de passivo ou dívidas, o titular responde de forma ilimitada pelos compromissos financeiros angariados pela empresa. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes