A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre Direito Objetivo e Direito Subjetivo?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Direito objetivo é o conjunto de normas que o estado mantém em vigor. Constitui uma entidade objetiva frente aos sujeitos de direitos, que se regem segundo ele. Também chamado de direito positivo, pois é um direito posto. 

Já o direito subjetivo designa a faculdade da pessoa  de agir dentro das regras do direito. É o poder que as pessoas têm de fazer valer seus direitos individuais. Refere-se a potencialidade do exercicio de um direito. 

Em suma, o direito objetivo indica o ordenamento positivo e o direito subjetivo a faculdade de exigir seu cumprimento.

Direito objetivo é o conjunto de normas que o estado mantém em vigor. Constitui uma entidade objetiva frente aos sujeitos de direitos, que se regem segundo ele. Também chamado de direito positivo, pois é um direito posto. 

Já o direito subjetivo designa a faculdade da pessoa  de agir dentro das regras do direito. É o poder que as pessoas têm de fazer valer seus direitos individuais. Refere-se a potencialidade do exercicio de um direito. 

Em suma, o direito objetivo indica o ordenamento positivo e o direito subjetivo a faculdade de exigir seu cumprimento.

User badge image

Geisa

Há mais de um mês

o direito objetivo foi bem explico acima. é o chamado norma agendi. já o direito subjetivo, designa a faculdade da pessoa  de agir dentro das regras do direito (FACULTAS AGENDI). É o poder que as pessoas têm de fazer valer seus direitos individuais.
User badge image

odilon cavalcante

Há mais de um mês

Direito objetivo è o que já tem fundamentação prevista e  assegurado no âmbito juridico, pode -se afirmar que é o direito positivado pelo estado. Jà o direito subjetivo trata -se da tutela jurisdicional do estado com os seus cidadãos, em breves relatos é o poder que o estado dispôem a todos que se sintam atigindos de alguma forma de buscar a jurisdição que lhe são garantidas.  Deve -se ressaltar que todos tem direito de buscar essa proteção juridica mas no entanto nem tudo que sujetivamente achamos que estamos sendo prejudicados encontrará sustentação juridica.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas