A maior rede de estudos do Brasil

quais as funções da molécula de histamina, do sistema imunológico?

Imunologia

Anhanguera


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A histamina é uma amina biogênica envolvidos nas respostas imunitárias locais, bem como a regulação da função fisiológica no intestino e atuando como um neurotransmissor.


A histamina provoca a resposta inflamatória. Como parte de uma resposta imunitária aos agentes patogênicos estranhos, a histamina é produzida por basófilos e dos mastócitos encontrados em tecidos conjuntivos próximos.


A histamina aumenta a permeabilidade dos capilares para as células brancas do sangue e outras proteínas, a fim de lhes permitir exercer invasores estranhos nos tecidos afetados. É encontrado em praticamente todas as células do corpo dos animais.


A histamina é encontrada em quantidades relativamente grandes em vários órgãos. É um potente vasodilatador liberado em certos tecidos como resultado da hipersensibilidade alérgica ou inflamação. No homem, sua presença é verificada sobretudo no pulmão, na pele e no aparelho gastrintestinal.

Uma de suas principais funções é regular a secreção de suco gástrico e suspeita-se que sirva como transmissor químico ou modulador no cérebro. Acredita-se também que colabore na microcirculação e na regeneração dos tecidos, na alimentação e oxigenação de tecidos em processo de desenvolvimento (crescimento e cicatrização) e, durante a gestação, no controle do movimento uterino e na dilatação dos vasos sangüíneos do feto e da mãe. Em condições de deficiência de oxigênio ou ferimento, a pele dos mamíferos produz uma histamina denominada substância-H, responsável pela expansão dos vasos sangüíneos (vasodilatação).

A histamina é uma amina biogênica envolvidos nas respostas imunitárias locais, bem como a regulação da função fisiológica no intestino e atuando como um neurotransmissor.


A histamina provoca a resposta inflamatória. Como parte de uma resposta imunitária aos agentes patogênicos estranhos, a histamina é produzida por basófilos e dos mastócitos encontrados em tecidos conjuntivos próximos.


A histamina aumenta a permeabilidade dos capilares para as células brancas do sangue e outras proteínas, a fim de lhes permitir exercer invasores estranhos nos tecidos afetados. É encontrado em praticamente todas as células do corpo dos animais.


A histamina é encontrada em quantidades relativamente grandes em vários órgãos. É um potente vasodilatador liberado em certos tecidos como resultado da hipersensibilidade alérgica ou inflamação. No homem, sua presença é verificada sobretudo no pulmão, na pele e no aparelho gastrintestinal.

Uma de suas principais funções é regular a secreção de suco gástrico e suspeita-se que sirva como transmissor químico ou modulador no cérebro. Acredita-se também que colabore na microcirculação e na regeneração dos tecidos, na alimentação e oxigenação de tecidos em processo de desenvolvimento (crescimento e cicatrização) e, durante a gestação, no controle do movimento uterino e na dilatação dos vasos sangüíneos do feto e da mãe. Em condições de deficiência de oxigênio ou ferimento, a pele dos mamíferos produz uma histamina denominada substância-H, responsável pela expansão dos vasos sangüíneos (vasodilatação).

User badge image

Marcele Marcelo

Há mais de um mês

A histamina é um dos principais responsáveis pela resposta inflamatória, é produzida quando o mastócito é ativado, seja pela toxina liberada pelo antígeno ou por alguma célula danificada. A histamina vai para as células endoteliais capilares, os capilares se alinham, fazendo com que as células se afastem e ocorra a dilatação do mesmo, conhecida como Vasoditalação.

User badge image

Pedr Alves Aguiar Barroso

Há mais de um mês

São produzidas por algumas células do sistema imunologico como os mastocitos, como caracteristica, possuem granulos de histamina que são substâncias antialergicas. Os mastocitos também produzem heparina que são substâncias anticoagulantes.

User badge image

Kelly Rocha

Há mais de um mês

Fazem parte da Hipersensibilidade tipo I (alergias), onde em uma molecula que possui granulos, mastocios e basofilos , liberam uma quantidade de histamina no local da alergia podendo ter, vasodilatação de grandes vasos, hiperatividade glanular e vaso constricção da musculatura lisa. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas