Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Imunologia básica: funções e distúrbios do sistema imunológico


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O sistema imunológico é um sistema complexo de células especializadas, localizadas em vários órgãos, com capacidade de defender o organismo de invasores externos.


Assim, sabemos que uma resposta imunológica é desencadeada a partir de uma substância estranha ao organismo, o antígeno, que pode ser um vírus, um microrganismo, uma bactéria, ou até células e tecidos de outras pessoas, como os que são introduzidos em transfusão de sangue e transplantes. Em casos de organismos alérgicos, uma resposta imunológica pode ser ainda desencadeada por outras substâncias alergênicas, como caspa ou pelos de animais domésticos, partículas de poeira ou ácaros.

Distúrbios do sistema imunológico podem ser observados, por exemplo, em doenças autoimunes, como lúpus ou artrite reumatoide, dentre outras, onde o sistema do próprio organismo não se reconhece, considerando a si mesmo como uma substância “estranha”.

O organismo produz anticorpos e células T contra células ou órgãos do próprio corpo. Esses anticorpos são então chamados “autoanticorpos” e atuam de diferentes maneiras, podendo, por exemplo, se ligar ao pâncreas, levando ao diabetes; se ligar ao sistema nervoso, músculos ou células cerebrais, provocando a miastenia grave ou a esclerose múltipla; podem ainda se ligar às hemácias (glóbulos vermelhos), levando a uma anemia. Doenças autoimunes, como os lúpus eritematoso sistêmico, envolvem o sistema imunológico em vários níveis. No caso desses distúrbios, muitos fatores implicados nesses problemas, incluindo vírus, produtos químicos, medicações, genes, hormônios e fatores ambientais.


Portanto, a função principal do sistema imunológico é a de defesa do organismo contra agentes invasores, e essa defesa ocorre a partir da exposição do organismo a este próprio agente estranho. Diversos distúrbios no sistema imunológico podem trazer complicações a esse sistema, como é o caso das doenças autoimunes, que fazem com que o organismo venha a defender de si mesmo, agindo contra as células do próprio corpo.

O sistema imunológico é um sistema complexo de células especializadas, localizadas em vários órgãos, com capacidade de defender o organismo de invasores externos.


Assim, sabemos que uma resposta imunológica é desencadeada a partir de uma substância estranha ao organismo, o antígeno, que pode ser um vírus, um microrganismo, uma bactéria, ou até células e tecidos de outras pessoas, como os que são introduzidos em transfusão de sangue e transplantes. Em casos de organismos alérgicos, uma resposta imunológica pode ser ainda desencadeada por outras substâncias alergênicas, como caspa ou pelos de animais domésticos, partículas de poeira ou ácaros.

Distúrbios do sistema imunológico podem ser observados, por exemplo, em doenças autoimunes, como lúpus ou artrite reumatoide, dentre outras, onde o sistema do próprio organismo não se reconhece, considerando a si mesmo como uma substância “estranha”.

O organismo produz anticorpos e células T contra células ou órgãos do próprio corpo. Esses anticorpos são então chamados “autoanticorpos” e atuam de diferentes maneiras, podendo, por exemplo, se ligar ao pâncreas, levando ao diabetes; se ligar ao sistema nervoso, músculos ou células cerebrais, provocando a miastenia grave ou a esclerose múltipla; podem ainda se ligar às hemácias (glóbulos vermelhos), levando a uma anemia. Doenças autoimunes, como os lúpus eritematoso sistêmico, envolvem o sistema imunológico em vários níveis. No caso desses distúrbios, muitos fatores implicados nesses problemas, incluindo vírus, produtos químicos, medicações, genes, hormônios e fatores ambientais.


Portanto, a função principal do sistema imunológico é a de defesa do organismo contra agentes invasores, e essa defesa ocorre a partir da exposição do organismo a este próprio agente estranho. Diversos distúrbios no sistema imunológico podem trazer complicações a esse sistema, como é o caso das doenças autoimunes, que fazem com que o organismo venha a defender de si mesmo, agindo contra as células do próprio corpo.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O sistema imunológico é um sistema complexo de células especializadas, localizadas em vários órgãos, com capacidade de defender o organismo de invasores externos.


Assim, sabemos que uma resposta imunológica é desencadeada a partir de uma substância estranha ao organismo, o antígeno, que pode ser um vírus, um microrganismo, uma bactéria, ou até células e tecidos de outras pessoas, como os que são introduzidos em transfusão de sangue e transplantes. Em casos de organismos alérgicos, uma resposta imunológica pode ser ainda desencadeada por outras substâncias alergênicas, como caspa ou pelos de animais domésticos, partículas de poeira ou ácaros.

Distúrbios do sistema imunológico podem ser observados, por exemplo, em doenças autoimunes, como lúpus ou artrite reumatoide, dentre outras, onde o sistema do próprio organismo não se reconhece, considerando a si mesmo como uma substância “estranha”.

O organismo produz anticorpos e células T contra células ou órgãos do próprio corpo. Esses anticorpos são então chamados “autoanticorpos” e atuam de diferentes maneiras, podendo, por exemplo, se ligar ao pâncreas, levando ao diabetes; se ligar ao sistema nervoso, músculos ou células cerebrais, provocando a miastenia grave ou a esclerose múltipla; podem ainda se ligar às hemácias (glóbulos vermelhos), levando a uma anemia. Doenças autoimunes, como o lúpus eritematoso sistêmico, envolvem o sistema imunológico em vários níveis. No caso desses distúrbios, muitos fatores implicados nesses problemas, incluindo vírus, produtos químicos, medicações, genes, hormônios e fatores ambientais.


Portanto, a função principal do sistema imunológico é a de defesa do organismo contra agentes invasores, e essa defesa ocorre a partir da exposição do organismo a este próprio agente estranho. Diversos distúrbios no sistema imunológico podem trazer complicações a esse sistema, como é o caso das doenças autoimunes, que fazem com que o organismo venha a defender de si mesmo, agindo contra as células do próprio corpo.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O sistema imunológico é um sistema complexo de células especializadas, localizadas em vários órgãos, com capacidade de defender o organismo de invasores externos.


Assim, sabemos que uma resposta imunológica é desencadeada a partir de uma substância estranha ao organismo, o antígeno, que pode ser um vírus, um microrganismo, uma bactéria, ou até células e tecidos de outras pessoas, como os que são introduzidos em transfusão de sangue e transplantes. Em casos de organismos alérgicos, uma resposta imunológica pode ser ainda desencadeada por outras substâncias alergênicas, como caspa ou pelos de animais domésticos, partículas de poeira ou ácaros.

Distúrbios do sistema imunológico podem ser observados, por exemplo, em doenças autoimunes, como lúpus ou artrite reumatoide, dentre outras, onde o sistema do próprio organismo não se reconhece, considerando a si mesmo como uma substância “estranha”.

O organismo produz anticorpos e células T contra células ou órgãos do próprio corpo. Esses anticorpos são então chamados “autoanticorpos” e atuam de diferentes maneiras, podendo, por exemplo, se ligar ao pâncreas, levando ao diabetes; se ligar ao sistema nervoso, músculos ou células cerebrais, provocando a miastenia grave ou a esclerose múltipla; podem ainda se ligar às hemácias (glóbulos vermelhos), levando a uma anemia. Doenças autoimunes, como os lúpus eritematoso sistêmico, envolvem o sistema imunológico em vários níveis. No caso desses distúrbios, muitos fatores implicados nesses problemas, incluindo vírus, produtos químicos, medicações, genes, hormônios e fatores ambientais.


Portanto, a função principal do sistema imunológico é a de defesa do organismo contra agentes invasores, e essa defesa ocorre a partir da exposição do organismo a este próprio agente estranho. Diversos distúrbios no sistema imunológico podem trazer complicações a esse sistema, como é o caso das doenças autoimunes, que fazem com que o organismo venha a defender de si mesmo, agindo contra as células do próprio corpo.

Essa pergunta já foi respondida!