A maior rede de estudos do Brasil

O QUE É CONSCIÊNCIA CIENTIFICA?

O QUE É CONSCIENCIA CIENTIFICA?


2 resposta(s)

User badge image

Giulia Berbel

Há mais de um mês

A partir do séc. XVII, a organização do trabalho e o conhecimento sofrem modificações. O ser humano deixa de apenas explicar ou questionar racionalmente a natureza (consciência filosófica), para se preocupar com a questão de como utilizá-la melhor. Assim a ciência é tida como um modo de interpretar o mundo com fins técnicos; saber usar melhor a natureza para o progresso e o conforto. Na Grécia antiga o filósofo se perguntava o porquê de todas as coisas; no séc. XVII se perguntava como utilizar melhor estas coisas (MEKSENAS, 1990).

Com essa alteração, surgem novos inventos como a imprensa, o telescópio, a bússola o microscópio etc. Por fim, o próprio conhecimento se fragmenta: ao contrário do filósofo, que se preocupa com a totalidade do saber, o cientista se torna especialista de um só aspecto do conhecimento. Nascem então as ciências particulares como as biologias, química, historia, geografia e física.

Essa divisão vem de que a ciência esteja preocupada em entender a natureza com muito rigor; é a busca de um conhecimento exato sobre a realidade para que possa agir sobre ela, tirando-lhe o máximo de proveito. A ciência dá origem a uma linguagem objetiva, que tenta evitar ao máximo as idéias e conclusões ambíguas e, com isso, teremos as pesquisas seguindo um método rigoroso através de três etapas: hipótese (pergunta cuja resposta exige investigação cientifica), análise (atividade prática que visa verificar a hipótese), síntese (é a hipótese confirmada e generalizada para explicar outros fatos semelhantes) e lei.

Com isso, o estudo aprofundado de uma realidade qualquer para ser considerado ciência, precisa seguir inicialmente as etapas citadas. Um conjunto de leis dá origem a um a teoria e várias teorias formam uma doutrina científica (PEREIRA, 1982).

A Ciência é um conhecimento verificável, comunicável, impessoal e não-emotivo. É um processo pelo qual o homem se relaciona com a natureza visando à dominação dela em seu próprio benefício. É um conjunto organizado de conhecimentos relativos a um determinado objeto, especialmente os obtidos por observação, a experiência dos fatos e um método próprio. A consciência científica se caracteriza pela busca permanente e incessante da verdade, pela consciência dessa busca, pela exposição de hipóteses a críticas e por evitar dogmas, interesses pessoais, conclusões precipitadas e preconceituosas.

 

FONTE:

http://umsersocial.blogspot.com.br/2008/01/da-conscincia-filosfica-conscincia.html

http://www.ite.edu.br/frente_gradu_inic_cientifica.htm

A partir do séc. XVII, a organização do trabalho e o conhecimento sofrem modificações. O ser humano deixa de apenas explicar ou questionar racionalmente a natureza (consciência filosófica), para se preocupar com a questão de como utilizá-la melhor. Assim a ciência é tida como um modo de interpretar o mundo com fins técnicos; saber usar melhor a natureza para o progresso e o conforto. Na Grécia antiga o filósofo se perguntava o porquê de todas as coisas; no séc. XVII se perguntava como utilizar melhor estas coisas (MEKSENAS, 1990).

Com essa alteração, surgem novos inventos como a imprensa, o telescópio, a bússola o microscópio etc. Por fim, o próprio conhecimento se fragmenta: ao contrário do filósofo, que se preocupa com a totalidade do saber, o cientista se torna especialista de um só aspecto do conhecimento. Nascem então as ciências particulares como as biologias, química, historia, geografia e física.

Essa divisão vem de que a ciência esteja preocupada em entender a natureza com muito rigor; é a busca de um conhecimento exato sobre a realidade para que possa agir sobre ela, tirando-lhe o máximo de proveito. A ciência dá origem a uma linguagem objetiva, que tenta evitar ao máximo as idéias e conclusões ambíguas e, com isso, teremos as pesquisas seguindo um método rigoroso através de três etapas: hipótese (pergunta cuja resposta exige investigação cientifica), análise (atividade prática que visa verificar a hipótese), síntese (é a hipótese confirmada e generalizada para explicar outros fatos semelhantes) e lei.

Com isso, o estudo aprofundado de uma realidade qualquer para ser considerado ciência, precisa seguir inicialmente as etapas citadas. Um conjunto de leis dá origem a um a teoria e várias teorias formam uma doutrina científica (PEREIRA, 1982).

A Ciência é um conhecimento verificável, comunicável, impessoal e não-emotivo. É um processo pelo qual o homem se relaciona com a natureza visando à dominação dela em seu próprio benefício. É um conjunto organizado de conhecimentos relativos a um determinado objeto, especialmente os obtidos por observação, a experiência dos fatos e um método próprio. A consciência científica se caracteriza pela busca permanente e incessante da verdade, pela consciência dessa busca, pela exposição de hipóteses a críticas e por evitar dogmas, interesses pessoais, conclusões precipitadas e preconceituosas.

 

FONTE:

http://umsersocial.blogspot.com.br/2008/01/da-conscincia-filosfica-conscincia.html

http://www.ite.edu.br/frente_gradu_inic_cientifica.htm

User badge image

Rafaela Paola

Há mais de um mês

consciência científica é quando o ser humano deixa de questionar e explicar racionalmente por natureza e começa a interpretar o mundo com fins técnicos

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes