A maior rede de estudos do Brasil

Quem foram os precursores da psicologia cognitiva?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A psicologia cognitiva tem como base o estudo do comportamento humano a partir de aspectos não observáveis, e sim aspectos mentais que mediam a relação estímulo-resposta, sendo uma forma de conhecer quais as ideias estão presente na mente, e como o indivíduo é influenciado por essas ideias, de maneira emocional e comportamental. A partir de outras linhas da psicologia surgiu a psicologia cognitiva, principalmente a partir das limitações encontradas no behaviorismo, e se estabeleceu entre as ciências do comportamento.


Sabemos que alguns estudiosos de psicologia foram importantes para a difusão das ideias da psicologia cognitiva, dentre eles podemos destacar: Ulrich Neisser, psicólogo tido como o pai da psicologia cognitiva, que pesquisou sobre percepção e memória; Jean Piaget, biólogo, psicólogo e epistemólogo, que pesquisou sobre psicologia e educação; Frederic Charles Bartlett, psicólogo britânico e primeiro professor de psicologia experimental da Universidade de Cambridge; Jerome Bruner, psicólogo e pedagogo; Howard Gardner, psicólogo cognitivo e educador, desenvolveu a teoria das inteligências múltiplas; Robert J. Sternberg, psicólogo, professor de psicologia e autor da teoria Triárquica da inteligência; David Everett Rumelhart, psicólogo americano, dentre outros.


A psicologia cognitiva é um ramo relativamente novo da psicologia, e vem sendo desenvolvida com base em estudos comportamentais humanos, e conta com muitos pesquisadores precursores desta ciência, que foram de extrema importância para o desenvolvimento de estudos psicológicos, no que se refere à comportamento.

A psicologia cognitiva tem como base o estudo do comportamento humano a partir de aspectos não observáveis, e sim aspectos mentais que mediam a relação estímulo-resposta, sendo uma forma de conhecer quais as ideias estão presente na mente, e como o indivíduo é influenciado por essas ideias, de maneira emocional e comportamental. A partir de outras linhas da psicologia surgiu a psicologia cognitiva, principalmente a partir das limitações encontradas no behaviorismo, e se estabeleceu entre as ciências do comportamento.


Sabemos que alguns estudiosos de psicologia foram importantes para a difusão das ideias da psicologia cognitiva, dentre eles podemos destacar: Ulrich Neisser, psicólogo tido como o pai da psicologia cognitiva, que pesquisou sobre percepção e memória; Jean Piaget, biólogo, psicólogo e epistemólogo, que pesquisou sobre psicologia e educação; Frederic Charles Bartlett, psicólogo britânico e primeiro professor de psicologia experimental da Universidade de Cambridge; Jerome Bruner, psicólogo e pedagogo; Howard Gardner, psicólogo cognitivo e educador, desenvolveu a teoria das inteligências múltiplas; Robert J. Sternberg, psicólogo, professor de psicologia e autor da teoria Triárquica da inteligência; David Everett Rumelhart, psicólogo americano, dentre outros.


A psicologia cognitiva é um ramo relativamente novo da psicologia, e vem sendo desenvolvida com base em estudos comportamentais humanos, e conta com muitos pesquisadores precursores desta ciência, que foram de extrema importância para o desenvolvimento de estudos psicológicos, no que se refere à comportamento.

User badge image

Jullyana Meury

Há mais de um mês

Processos mentais e sensoriais já eram estudados de maneira geral por Wundt, Galton, Cattell - Cofundadores e propulsores da Psicologia Experimental em 1879.

O termo psicologia cognitiva foi cunhado por Ulrich Neisser, sendo a abordagem cognitiva já divulgada por Donald Broadbent, onde desde então o paragidma vigente é o de processamento da informação, aproximando o funcionamento cerebral humano ao das máquinas. 

Como cognitivistas influentes hoje podemos destacar Aaron e Judith Beck, estudiosos e criadores da TCC e das Escalas Beck de Ansiedade, Depressão, Desesperança... Dentre outras produções.

Espero ter ajudado.

User badge image

Sabrina Goldberg

Há mais de um mês

Um precursor da Psicologia Cognitiva foi William James (1890)

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A psicologia cognitiva tem como base o estudo do comportamento humano a partir de aspectos não observáveis, e sim aspectos mentais que mediam a relação estímulo-resposta, sendo uma forma de conhecer quais as ideias estão presente na mente, e como o indivíduo é influenciado por essas ideias, de maneira emocional e comportamental. A partir de outras linhas da psicologia surgiu a psicologia cognitiva, principalmente a partir das limitações encontradas no behaviorismo, e se estabeleceu entre as ciências do comportamento.


Sabemos que alguns estudiosos de psicologia foram importantes para a difusão das ideias da psicologia cognitiva, dentre eles podemos destacar: Ulrich Neisser, psicólogo tido como o pai da psicologia cognitiva, que pesquisou sobre percepção e memória; Jean Piaget, biólogo, psicólogo e epistemólogo, que pesquisou sobre psicologia e educação; Frederic Charles Bartlett, psicólogo britânico e primeiro professor de psicologia experimental da Universidade de Cambridge; Jerome Bruner, psicólogo e pedagogo; Howard Gardner, psicólogo cognitivo e educador, desenvolveu a teoria das inteligências múltiplas; Robert J. Sternberg, psicólogo, professor de psicologia e autor da teoria Triárquica da inteligência; David Everett Rumelhart, psicólogo americano, dentre outros.


A psicologia cognitiva é um ramo relativamente novo da psicologia, e vem sendo desenvolvida com base em estudos comportamentais humanos, e conta com muitos pesquisadores precursores desta ciência, que foram de extrema importância para o desenvolvimento de estudos psicológicos, no que se refere à comportamento.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas