A maior rede de estudos do Brasil

Como podemos definir o princípio da dignidade humana?

Tendo em vista a importância dos princípios nas matérias onde o positivismo jurídico não elucida determinadas questões acerca da finalidade, como podemos definir o conceito de desigualdade sem ferir a dignidade do ser humano?

Direito Civil I

UNIFESO


3 resposta(s)

User badge image

João Luiz PIRES Candido

Há mais de um mês

Procurando encontrar uma resposta objetiva para que não se perca no esquecimento de tantas explicações plausíveis para um princípio tão genérico, podemos dissecá-lo para interpretar melhor a sua gênese.

O primeiro termo, "princípio" já nos dá a ideia de que é algo que vem antes de qualquer outra coisa, sendo assim, o princípio é o instituto que antes da aplicação de uma norma, por exemplo, deve ser observado de forma a inserir nesta a sua valoração que norteará a constitucionalidade subjetiva da mesma.

O segundo termo "dignidade" que vem do Latim "dignus" que significa “aquele que merece estima e honra; aquele que é importante” nos remete quase que de pronto a um conceito aristotélico de merecimento (virtude), porém cuidado, pois este valor inerente ao indivíduo é atribuído não porque fez por merecê-lo, mas sim por ser respeitado pelo simples fato de existir, poderíamos dizer dignos de existência na sociedade.

O terceiro termo “pessoa” também vem do Latim “persona” que indica um ser ou criatura humana, um homem ou mulher, enquanto ser moral. Não vamos entrar em moral neste momento, pois aqui ele é apresentado de forma axiológica apenas para tratá-los como iguais, não fazendo distinção entre o gênero masculino e feminino.

Enfim o último termo, porém não menos importante “humano” com origem no Latim “humanus” e designa o que é relativo ao Homem como espécie.

Se olharmos tudo o que dissemos até aqui, podemos dizer que o “princípio da dignidade humana”, é um instituto observado antes da norma para respeitar a pessoa em sociedade tratando-a como igual sem nenhuma distinção entre os seres humanos.


Procurando encontrar uma resposta objetiva para que não se perca no esquecimento de tantas explicações plausíveis para um princípio tão genérico, podemos dissecá-lo para interpretar melhor a sua gênese.

O primeiro termo, "princípio" já nos dá a ideia de que é algo que vem antes de qualquer outra coisa, sendo assim, o princípio é o instituto que antes da aplicação de uma norma, por exemplo, deve ser observado de forma a inserir nesta a sua valoração que norteará a constitucionalidade subjetiva da mesma.

O segundo termo "dignidade" que vem do Latim "dignus" que significa “aquele que merece estima e honra; aquele que é importante” nos remete quase que de pronto a um conceito aristotélico de merecimento (virtude), porém cuidado, pois este valor inerente ao indivíduo é atribuído não porque fez por merecê-lo, mas sim por ser respeitado pelo simples fato de existir, poderíamos dizer dignos de existência na sociedade.

O terceiro termo “pessoa” também vem do Latim “persona” que indica um ser ou criatura humana, um homem ou mulher, enquanto ser moral. Não vamos entrar em moral neste momento, pois aqui ele é apresentado de forma axiológica apenas para tratá-los como iguais, não fazendo distinção entre o gênero masculino e feminino.

Enfim o último termo, porém não menos importante “humano” com origem no Latim “humanus” e designa o que é relativo ao Homem como espécie.

Se olharmos tudo o que dissemos até aqui, podemos dizer que o “princípio da dignidade humana”, é um instituto observado antes da norma para respeitar a pessoa em sociedade tratando-a como igual sem nenhuma distinção entre os seres humanos.


User badge image

Yuri Rabelo

Há mais de um mês

O "Princípio da dignidade da pessoa humana" é um valor moral e espiritual inerente à pessoa, ou seja, todo ser humano é dotado desse preceito, e tal constitui o princípio máximo do estado democrático de direito.

Está elencado no rol de direitos fundamentais da Constituição Brasileira de 1988.

Ganhou a sua formulação clássica por Immanuel Kant, na "Fundamentação da Metafísica dos Costumes" (título original em alemão: "Grundlegung zur Metaphysik der Sitten", de 1785), que defendia que as pessoas deveriam ser tratadas como um fim em si mesmas, e não como um meio (objetos),

User badge image

Thais Fernanda

Há mais de um mês

A dignidade da pessoa humana abrange uma diversidade de valores existentes na sociedade. Trata-se de um conceito adequável a realidade e a modernização da sociedade, devendo estar em conluio com a evolução e as tendências modernas das necessidades do ser humano.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes