A maior rede de estudos do Brasil

Quais sao os recursos cabíveis durante o procedimento e após o julgamento da ação rescisória?

Direito Processual Civil.Tema: Ação Rescisória.


3 resposta(s)

User badge image

Luciene

Há mais de um mês

Nathália, os rercursos cabíceis na ação rescisória são os seguintes: embargos inflrigentes e declaratórios, agravo de instrumento, recursos de exceção, extraordinário e especial.

Qualquer dúvida pergunte. Bons estudos!!!

Nathália, os rercursos cabíceis na ação rescisória são os seguintes: embargos inflrigentes e declaratórios, agravo de instrumento, recursos de exceção, extraordinário e especial.

Qualquer dúvida pergunte. Bons estudos!!!

User badge image

nathalia

Há mais de um mês

Muito Obrigada Luciene era exatamente isto que eu estava querendo saber.

Abraços

User badge image

Matheus

Há mais de um mês

"Ação rescisória proposta para desconstituir decisão proveniente de juízo eleitoral. Não-cabimento. Recurso conhecido e provido. 

1. A ação rescisória somente é cabível na esfera eleitoral para atacar julgados desta Corte Superior que tratem de inelegibilidade, nos termos do que determina o art. 22, I, do Código Eleitoral". Sardi Antônio Trevisol e Alceu Campagnolo opõem embargos de declaração a fim de sanar omissão no julgado, bem como buscar efeitos modifícativos na decisão. Asseveram que são cabíveis, na esfera eleitoral, embargos infringente interposto contra acórdão em que se julga ação rescisória por maioria de votos, nos termos do que determina o art. 530 do Código de Processo Civil. Para confirmar a tese, transcrevem a ementa do Ac. nº 313, relator designado Ministro Costa Leite. Concluem que a ausência desse recurso é capaz de provocar o não-conhecimento do recurso especial, devendo ser aplicada a Súmula nº 207 do Superior Tribunal de Justiça. Assim, as conclusões do acórdão embargado deveriam sofrer modificação, pois o apelo não teria condições de ser conhecido. 
Por outro lado, aduzem que é possível concluir, dos debates ocorridos na questão de ordem que levantei no julgamento da Ação 
Rescisória nº 106, que a discussão ficou em tom o da competência originária desta Corte, cabendo a ela somente o exame das rescisórias originadas de seus julgados. Afirmam que esse julgado não pode ser utilizado como fundamento para o acórdãoembargado e que o princípio da simetria garante o manejo da ação rescisória nos tribunais regionais. 
Ao final, sustentam que não admitir o processamento da ação rescisória nas instâncias ordinárias implica negativa de aplicação dos arts. 93, IX, e 5º, XXXV, LIV e LV, da Constituição Federal. A Câmara Municipal de Sorriso também opôs embargos para sclarecer obscuridade localizada na parte dispositiva do voto, que determinou a cassação dos diplomas dos recorridos. 
Argumenta que a cassação do diploma implica cassação de mandato, o que, por sua vez, pressupõe a inelegibilidade dos recorridos, que estariam, via de conseqüência, impedidos de participar do próximo pleito. 
Assevera que a intenção do acórdão foi somente restabelecer a sentença, não tendo a intenção de impor inelegibilidade aos 
recorridos, devendo o acórdão ser esclarecido nesse ponto. Ante a pretensão de efeitos modificativos, abri vista ao embargado, que se manifestou pela rejeição dos embargos oferecidos por Sardi Antônio Trevisol e pelo não-conhecimento dos embargos da Câmara Municipal de Sorriso.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes