A maior rede de estudos do Brasil

Absolutamente ou relativamente incapaz, poderá assumir uma empresa?

Absolutamente ou relativamente incapaz, poderá assumir uma empresa?

no caso de falecimento de seus pais?


7 resposta(s)

User badge image

Eloisa Faccio

Há mais de um mês

Será nomeado um tutor pelo juiz, que representará o absolutamente incapaz nos negócios. Ao atingir 16 anos é possível a emancipação do menor e ele poderá gerir a empresa, mas isso depende de cada caso.

Será nomeado um tutor pelo juiz, que representará o absolutamente incapaz nos negócios. Ao atingir 16 anos é possível a emancipação do menor e ele poderá gerir a empresa, mas isso depende de cada caso.

User badge image

Yuri Abreu

Há mais de um mês

Olá, sua pergunta é aberta, mas tentarei responder da forma mais sucinta possível. Em linhas gerais, o absolutamente incapaz seria representado por curador, que administraria todo o seu patrimônio, enquanto o relativamente incapaz seria auxiliado por um tutor. O Código Civil prevê na parte geral hipóteses em que o relativamente capaz pode alcançar a capacidade plena, por emancipação (que não é mais possível por precisar da anuência dos pais, já mortos), por casamento ou por economia própria, ou seja, se o maior de 16 e menor de 18 provar ter habilidade para asssumir a empresa e auferir lucro suficiente para sustentar-se, ele é considerado absolutamente capaz. Mas, excetuada essa hipótese, o curador ou tutor é que representam/auxiliam o menor. Bons estudos.

User badge image

André Luis Albino de Moraes Marques

Há mais de um mês

Se emancipado, pode assumir a titularidade.

 

Agora se relativamente incapaz ou absolutamente incapaz, o artigo 974 do CC dispõe:

Art. 974. Poderá o incapaz, por meio de representante ou devidamente assistido, continuar a empresa antes exercida por ele enquanto capaz, por seus pais ou pelo autor de herança.

Nos parágrafos desse artigo, também é contemplado que, os absolutamente incapazes deverão ser representados e, os relativamente incapazes deverão ser assistidos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes