A maior rede de estudos do Brasil

qual a diferença entre sociedade em comandita simples e sociedade em comandita por ações?

a diferenciação vai além dos artigos? Simples: 1045 a 1051 e Ações: 1090 a 1092

Direito Empresarial I

FUPAC UBÁ


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Passei Direto

Há mais de um mês

Distribuídas dentre os artigos 1.045 ao 1.051, temos os dispositivos que regem sobre as sociedades em comandita simples, destacado suas diretrizes, direitos e deveres. Mencionada sociedade se dá pela junção de dois tipos societários, ou seja, dois tipos distintos de sócios, os comanditários e os comanditados.

Os Comanditários que podem ser tanto pessoas físicas quanto jurídicas detém responsabilidade limitada, respondendo apenas pelas suas quotas, atuam figurativamente sem maiores participações na empresa, nem administrativamente participam, contribuem apenas capitalmente. Já os Comanditados contribuem tanto no capital quanto no trabalho, respondem ilimitadamente sobre suas ações, devendo solver todas as obrigações contraídas pela sociedade; O Contrato que indicará quem figura como qual tipo de sócio de acordo com o artigo 1.045 do Código Civil.

 

A sociedade em comandita simples é a caracterizada pela existência de dois tipos de sócios: os sócios comanditários e os comanditados.

Os sócios comanditários têm responsabilidade limitada em relação às obrigações contraídas pela sociedade empresária, respondendo apenas pela integralização das quotas subscritas. Contribuem apenas com o capital subscrito, não contribuindo de nenhuma outra forma para o funcionamento da empresa, ficando alheio, inclusive, da administração daquela.

 

Já os sócios comanditados contribuem com capital e trabalho, além de serem responsáveis pela administração da atividade de empresa. Sua responsabilidade perante terceiros é ilimitada, devendo saldar as obrigações contraídas pela sociedade. A firma ou razão social da sociedade somente pode conter nomes de sócios comanditados, sendo que a presença do nome de sócio comanditário faz presumir que o mesmo é comanditado, passando a responder de forma ilimitada.

 

Essa forma de sociedade é pouco utilizada nos dias atuais. Uma vez que seus sócios possuem responsabilidade ilimitada. Este tipo de sociedade possui uma regra específica em caso de falecimento do sócio comanditado que é a continuidade da sociedade pelos sucessores do "de cujus" que designarão quem os represente na sociedade, salvo disposição contratual. Na falta de um sócio comanditado, os comanditários, para evitar a solução de continuidade, nomearão um administrador pelo prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias para tocar a sociedade nesse período. Dissolução: Estão contidas no art. 1033 do CC, pela falência e pela falta de uma das modalidades de sócio num período igual ou superior a 180 dias.

 

Poderíamos dizer que a Sociedade em comandita por ações, é aquela em que o capital social é dividido em ações, sendo que os acionistas respondem apenas pelo valor delas subscritas ou adquiridas, mas tendo os administradores (diretores), responsabilidade subsidiária, ilimitada e solidária, em razão das obrigações sociais.

Distribuídas dentre os artigos 1.045 ao 1.051, temos os dispositivos que regem sobre as sociedades em comandita simples, destacado suas diretrizes, direitos e deveres. Mencionada sociedade se dá pela junção de dois tipos societários, ou seja, dois tipos distintos de sócios, os comanditários e os comanditados.

Os Comanditários que podem ser tanto pessoas físicas quanto jurídicas detém responsabilidade limitada, respondendo apenas pelas suas quotas, atuam figurativamente sem maiores participações na empresa, nem administrativamente participam, contribuem apenas capitalmente. Já os Comanditados contribuem tanto no capital quanto no trabalho, respondem ilimitadamente sobre suas ações, devendo solver todas as obrigações contraídas pela sociedade; O Contrato que indicará quem figura como qual tipo de sócio de acordo com o artigo 1.045 do Código Civil.

 

A sociedade em comandita simples é a caracterizada pela existência de dois tipos de sócios: os sócios comanditários e os comanditados.

Os sócios comanditários têm responsabilidade limitada em relação às obrigações contraídas pela sociedade empresária, respondendo apenas pela integralização das quotas subscritas. Contribuem apenas com o capital subscrito, não contribuindo de nenhuma outra forma para o funcionamento da empresa, ficando alheio, inclusive, da administração daquela.

 

Já os sócios comanditados contribuem com capital e trabalho, além de serem responsáveis pela administração da atividade de empresa. Sua responsabilidade perante terceiros é ilimitada, devendo saldar as obrigações contraídas pela sociedade. A firma ou razão social da sociedade somente pode conter nomes de sócios comanditados, sendo que a presença do nome de sócio comanditário faz presumir que o mesmo é comanditado, passando a responder de forma ilimitada.

 

Essa forma de sociedade é pouco utilizada nos dias atuais. Uma vez que seus sócios possuem responsabilidade ilimitada. Este tipo de sociedade possui uma regra específica em caso de falecimento do sócio comanditado que é a continuidade da sociedade pelos sucessores do "de cujus" que designarão quem os represente na sociedade, salvo disposição contratual. Na falta de um sócio comanditado, os comanditários, para evitar a solução de continuidade, nomearão um administrador pelo prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias para tocar a sociedade nesse período. Dissolução: Estão contidas no art. 1033 do CC, pela falência e pela falta de uma das modalidades de sócio num período igual ou superior a 180 dias.

 

Poderíamos dizer que a Sociedade em comandita por ações, é aquela em que o capital social é dividido em ações, sendo que os acionistas respondem apenas pelo valor delas subscritas ou adquiridas, mas tendo os administradores (diretores), responsabilidade subsidiária, ilimitada e solidária, em razão das obrigações sociais.

User badge image

Daianny Cristina

Há mais de um mês

Comandita simples é o tipo societário, em que duas ou mais pessoas se associam, para fins comerciais:

Sócios comanditados obrigam-se como solidários, ilimitadamente responsáveis, podendo ser apenas pessoas físicas;

E os Sócios comanditários que são simples prestadores de capitais, com a responsabilidade limitada às suas contribuições de capital, podem ser pessoas física ou jurídica.

A gerencia só pode ser exercida por sócio comanditado.

Comandita por ações: Assim como na comandita simples, na comandita por ações também há duas modalidades de sócios. A diferença é que enquanto na comandita simples há uma sociedade de pessoas, na comandita por ações há uma sociedade de capitais, sendo seu capital dividido em ações.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas