A maior rede de estudos do Brasil

com relação a autoria do crime qual a teoria adotada pelo nosso código penal brasileiro?

deireito penal

Direito Penal IIUNINASSAU SALVADOR

2 resposta(s)

User badge image

luiz

Há mais de um mês

Pela teoria Monista, o crime, ainda que praticado por várias pessoas em colaboração, continua único, indivisível. Assim, todo aquele que concorre para o crime, causa-o na sua totalidade e por ele responde integralmente, de vez que o crime é o resultado da conduta de cada um e de todos indistintamente. Não se distinguindo, portanto, entre as várias categorias de pessoas, autor, partícipe, instigador, cúmplice etc. Todos são considerados autores ou co-autores do crime.

Pela teoria Monista, o crime, ainda que praticado por várias pessoas em colaboração, continua único, indivisível. Assim, todo aquele que concorre para o crime, causa-o na sua totalidade e por ele responde integralmente, de vez que o crime é o resultado da conduta de cada um e de todos indistintamente. Não se distinguindo, portanto, entre as várias categorias de pessoas, autor, partícipe, instigador, cúmplice etc. Todos são considerados autores ou co-autores do crime.

User badge image

João Henrique

Há mais de um mês

Teoria Monista, corretamente explicada pelo colega luiz junior. Uma ilustração interessante é o livro/filme Assassinato no expresso oriente de Agatha Christie, onde várias pessoas golpeiam o mesmo inimigo adormecido pensando estarem matando-o, quando na verdade já estava morto desde o primerio golpe. Caso este estivesse vivo durante todas as agressões estaria configurado um caso de múltiplos autores. Caso em que aplicado a teoria monista, cada um responderia pelo tipo penal de homícidio em sua plenitude. Por exemplo, não se divide a pena cominada pelo art. 121 entre os autores e co-autores do delito. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes