A maior rede de estudos do Brasil

Oque são inibidores sinteticos da sintese de purinas

Química FarmacêuticaCampus Cuiaba

1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O inibidor é o oposto do catalisador, pois ele aumenta a energia de ativação e conseqüentemente reduz a velocidade da reação. Essa substância reduz e até destrói a ação do catalisador.

Assim, em muitas indústrias, os catalisadores são usados para acelerar reações que demorariam muito para formar pouca quantidade de produto. No entanto, pode acontecer do catalisador não funcionar como se gostaria, ocasionando problemas na produção. Geralmente, isso acontece em virtude da presença de substâncias denominadas de anticatalisadores, inibidores de catalisador ou, ainda, de veneno de catalisador.

Tais compostos realizam a inibição catalítica, ou seja, têm a propriedade de inibir ou anular a ação dos catalisadores na reação.

Um exemplo que pode ser mencionado é o arsênico (As), que tem essa função na reação de Haber-Bosch, reação bastante feita na indústria para a produção da amônia, utilizando o ferro (Fe(s)) como seu catalisador. Assim, a eficiência do ferro se torna muito pequena na presença do arsênico, que o inibe, ou seja, é o veneno de catalisador dessa reação, que está mostrada abaixo:

Reação de Haber-Bosch de produção da amônia

O inibidor é o oposto do catalisador, pois ele aumenta a energia de ativação e conseqüentemente reduz a velocidade da reação. Essa substância reduz e até destrói a ação do catalisador.

Assim, em muitas indústrias, os catalisadores são usados para acelerar reações que demorariam muito para formar pouca quantidade de produto. No entanto, pode acontecer do catalisador não funcionar como se gostaria, ocasionando problemas na produção. Geralmente, isso acontece em virtude da presença de substâncias denominadas de anticatalisadores, inibidores de catalisador ou, ainda, de veneno de catalisador.

Tais compostos realizam a inibição catalítica, ou seja, têm a propriedade de inibir ou anular a ação dos catalisadores na reação.

Um exemplo que pode ser mencionado é o arsênico (As), que tem essa função na reação de Haber-Bosch, reação bastante feita na indústria para a produção da amônia, utilizando o ferro (Fe(s)) como seu catalisador. Assim, a eficiência do ferro se torna muito pequena na presença do arsênico, que o inibe, ou seja, é o veneno de catalisador dessa reação, que está mostrada abaixo:

Reação de Haber-Bosch de produção da amônia

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas