A maior rede de estudos do Brasil

Questão pautada na obra "Dos Delitos e das Penas" (Cesare Beccaria): Segundo escreve Beccaria, os gritos de horror, como consequências dos atos

CONTINUAÇÃO...

praticados pelas autoridades, não retiravam a realidade da ação já praticada, revelando a inutilidade daqueles tormentos. Conforme preconiza o autor, quanto maiores os castigos, mais o indivíduo tinha disposição para praticar novos crimes para fazer merecer aquilo que já tinha sofrido. Abordagem jurídica: Explique este enunciado adequando-o aos principios penais vigentes hoje no Direito Penal brasileiro.

Direito Penal IFIAETPP

2 resposta(s)

User badge image

Dan

Há mais de um mês

Dentre os principios fundamentais do Direito Penal Brasileiro, baluarte da nossa Constituição Federal e da sociedade internacional reconhecido pelo Pacto de San José da Costa Rica (Convenção Americana de Direitos Humanos), a dignidade da pessoa humana está a frente de qualquer outro príncipio quando falarmos de Direito Penal, tão somente devendo corelacionar-se com o príncipio da legalidade.

 

O sistema penitenciário brasileiro sempre foi precário, assim como sempre houve o entendimento que prisão não reeduca ninguem. Cesare B. explicita muito bem ao dizer que "quanto maiores os castigos, mais o indivíduo tinha disposição para praticar novos crimes", o que é visto hoje o sistema que deveria reeducar um cidadão para ingressar novamente a sociedade, simplesmente o corrompe ainda mais, a famosa escola de criminosos.

Dentre os principios fundamentais do Direito Penal Brasileiro, baluarte da nossa Constituição Federal e da sociedade internacional reconhecido pelo Pacto de San José da Costa Rica (Convenção Americana de Direitos Humanos), a dignidade da pessoa humana está a frente de qualquer outro príncipio quando falarmos de Direito Penal, tão somente devendo corelacionar-se com o príncipio da legalidade.

 

O sistema penitenciário brasileiro sempre foi precário, assim como sempre houve o entendimento que prisão não reeduca ninguem. Cesare B. explicita muito bem ao dizer que "quanto maiores os castigos, mais o indivíduo tinha disposição para praticar novos crimes", o que é visto hoje o sistema que deveria reeducar um cidadão para ingressar novamente a sociedade, simplesmente o corrompe ainda mais, a famosa escola de criminosos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes