A maior rede de estudos do Brasil

O que é sintoma e como ele se manifesta nas estruturas neuróticas?

Psicologia

UNIP


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Sintomas são os relatos, as queixas, tudo aquilo que o paciente diz ao médico responsável pela consulta; seria também tudo aquilo que é escutado e perguntado pelo médico durante a entrevista médica (anamnese). Os sintomas se manifestam nas estruturas neuróticas a partir de perturbações dos comportamentos, dos sentimentos ou das ideias que manifestam uma defesa contra a angústia e constituem relativamente a este conflito interno um compromisso do qual o indivíduo, na sua posição neurótica tira certo proveito (benefício secundário da neurose).

Sintomas são os relatos, as queixas, tudo aquilo que o paciente diz ao médico responsável pela consulta; seria também tudo aquilo que é escutado e perguntado pelo médico durante a entrevista médica (anamnese). Os sintomas se manifestam nas estruturas neuróticas a partir de perturbações dos comportamentos, dos sentimentos ou das ideias que manifestam uma defesa contra a angústia e constituem relativamente a este conflito interno um compromisso do qual o indivíduo, na sua posição neurótica tira certo proveito (benefício secundário da neurose).

User badge image

Alda

Há mais de um mês

.

Na Psicanálise vemos o sintoma não como algo a ser extirpado, como na medicina, mas como necessário para a proteção da própria pessoa. Para Freud, a “cura” do sintoma não traria vantagens para todos, pois se deparar diretamente com o conflito poderia causar uma desgraça maior que o próprio sintoma vivenciado.

Ele também mostrou que os mecanismos de funcionamento do psiquismo de pessoas sadias e pessoas doentes são os mesmos. O que diferencia a normalidade da patologia é o modo como o aparelho psíquico se estrutura, ou em outras palavras, como a pessoa consegue organizar seus recursos psíquicos de modo que possibilitem administrar seu universo pulsional e desejante, assim como se defender.

Os sintomas na neurose variam de pessoa a pessoa, mas normalmente estão ligados ao excessivo e incontrolável. Quem tem neurose pode manifestar medo frente a situações corriqueiras, preocupação constante, alterações de humor, fobias diversas, traços histéricos, medo de ir a determinados lugares, entre outros.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Psicologia


Sintomas são os relatos, as queixas, tudo aquilo que o paciente diz ao médico responsável pela consulta; seria também tudo aquilo que é escutado e perguntado pelo médico durante a entrevista médica (anamnese). Os sintomas se manifestam nas estruturas neuróticas a partir de perturbações dos comportamentos, dos sentimentos ou das ideias que manifestam uma defesa contra a angústia e constituem relativamente a este conflito interno um compromisso do qual o indivíduo, na sua posição neurótica tira certo proveito (benefício secundário da neurose).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas