A maior rede de estudos do Brasil

Joao atravessou fora da faixa depois de tomar 3 cervejas e foi atropelado. Questiona-se.

1) Há indenização?

2) Havendo ou não, qual o fato gerador da invenização e qual espécioa de indenização estamos falando?

Direito Civil IV

MACKENZIE


2 resposta(s)

User badge image

Aleandro Santos

Há mais de um mês

 Não há como imputar culpa ao motorista requerido pelo evento danoso, se o mesmo, ao conduzir o veículo em pista de rolamento de tráfego intenso, é surpreendido com a presença da pedestre, que efetua a travessia da via abruptamente, no meio da quadra, portanto, fora da faixade pedestre.(obviamente se o motorista estiver trafegando na velocidade permitida)

No trânsito, deve-se imperar o princípio da confiança, no qual o agente motorista agirá seguindo as regras do respectivo código, esperando que terceiros vão, também, cumpri-las. Se o conjunto probatório aponta para o excesso de velocidade do motorista, mas exprime um comportamento temerário do pedestre, que atravessa fora da faixa de segurança e com o tráfego aberto para os veículos, não há como se falar em culpa do réu, prevalecendo a dúvida razoável em seu benefício, pois o movimento da vítima foge do padrão mediano.

 Não há como imputar culpa ao motorista requerido pelo evento danoso, se o mesmo, ao conduzir o veículo em pista de rolamento de tráfego intenso, é surpreendido com a presença da pedestre, que efetua a travessia da via abruptamente, no meio da quadra, portanto, fora da faixade pedestre.(obviamente se o motorista estiver trafegando na velocidade permitida)

No trânsito, deve-se imperar o princípio da confiança, no qual o agente motorista agirá seguindo as regras do respectivo código, esperando que terceiros vão, também, cumpri-las. Se o conjunto probatório aponta para o excesso de velocidade do motorista, mas exprime um comportamento temerário do pedestre, que atravessa fora da faixa de segurança e com o tráfego aberto para os veículos, não há como se falar em culpa do réu, prevalecendo a dúvida razoável em seu benefício, pois o movimento da vítima foge do padrão mediano.

User badge image

Nicole Martinez

Há mais de um mês

1) Ao se falar em indenização vc já está no campo de direito civil, especificamente em responsabilidade civil. Nesse caso especifíco, aconteceu o que é chamado em civil de concorrência de culpa, prevista no artigo 945 CC ("se a vítima tiver CONCORRIDO CULPOSAMENTE para o EVENTO DANOSO, a sua indenização será FIXADA tendo-se em conta a gravidade de SUA CULPA EM CONFRONTO com a do AUTOR do dano"). Fala-se em concorrência pq Joao tbm foi imprudente (atravessou fora da faixa). 

Essa pergunta já foi respondida!