A maior rede de estudos do Brasil

LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA

Ciro trabalha como taxista para uma empresa que explora o serviço de táxi de um município, sendo o automóvel utilizado em serviço por Ciro de propriedade da mencionada empresa. A empresa de taxi, determina a rota de trabalho de Ciro que trabalho com total subordinação, pessoalidade, habitualidade e pessoalidade. Em face da situação hipotética apresentada, de acordo com a legislação trabalhista, Ciro é considerado


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Gabriela Gattulli Verified user icon

Há mais de um mês

Relação de emprego é espécie do gênero relação de trabalho. Os requisitos necessários para configuração de uma relação de emprego são extraídos do artigo 3 da CLT, o quão dispõe:

Art. 3º - Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário.

Parágrafo único - Não haverá distinções relativas à espécie de emprego e à condição de trabalhador, nem entre o trabalho intelectual, técnico e manual.

Dessa maneira, os requisitos são: Subordinação, Habitualidade, Onerosidade e Pessoalidade.

Subordinação: É a direção da prestação laboral pelo empregador, ou seja, o empregador que determinará o modo como o trabalho será realizado, cabendo ao empregado seguir tais diretrizes.

Habitualidade (não eventualidade): Para que se caracterize a relação de emprego é necessário que o trabalho prestado seja permanente.

Onerosidade: É o pagamento, pelo empregador, ao empregado uma determinada remuneração.

Pessoalidade: O empregado não pode ser substituído por outro empregador para que o serviço seja realizado;

Destaca-se também que apenas haverá relação de emprego quando envolvendo Pessoa Física como empregado.

Dica: Lembre-se do “SHOP” para se lembrar dos requisitos necessários.

 

Sendo assim, Ciro é considerado empregado.

Relação de emprego é espécie do gênero relação de trabalho. Os requisitos necessários para configuração de uma relação de emprego são extraídos do artigo 3 da CLT, o quão dispõe:

Art. 3º - Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário.

Parágrafo único - Não haverá distinções relativas à espécie de emprego e à condição de trabalhador, nem entre o trabalho intelectual, técnico e manual.

Dessa maneira, os requisitos são: Subordinação, Habitualidade, Onerosidade e Pessoalidade.

Subordinação: É a direção da prestação laboral pelo empregador, ou seja, o empregador que determinará o modo como o trabalho será realizado, cabendo ao empregado seguir tais diretrizes.

Habitualidade (não eventualidade): Para que se caracterize a relação de emprego é necessário que o trabalho prestado seja permanente.

Onerosidade: É o pagamento, pelo empregador, ao empregado uma determinada remuneração.

Pessoalidade: O empregado não pode ser substituído por outro empregador para que o serviço seja realizado;

Destaca-se também que apenas haverá relação de emprego quando envolvendo Pessoa Física como empregado.

Dica: Lembre-se do “SHOP” para se lembrar dos requisitos necessários.

 

Sendo assim, Ciro é considerado empregado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas