A maior rede de estudos do Brasil

Dentre os princípios do SUS encontra-se a integralidade que significa:


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O princípio da integridade declara que um programa de governança da informação (IG) deve ser construído e gerenciado de forma que “a organização tenha uma garantia razoável e adequada de autenticidade e confiabilidade.” Na área da saúde, integridade da informação significa que uma organização tem a capacidade de provar essas informações são autênticas, oportunas, precisas e completas. Essa é uma expectativa fundamental de pacientes, provedores e outras partes interessadas, como agências reguladoras.

Este princípio reconhece que um programa de governança da informação deve incluir:

  • Adesão às políticas e procedimentos da organização
  • Treinamento apropriado da força de trabalho sobre gerenciamento e governança de informações
  • Confiabilidade das informações
  • Admissibilidade de registros para fins de litígio
  • Trilhas de auditoria aceitáveis

Práticas consistentes que asseguram a qualidade das informações devem ser integradas em todas as etapas do ciclo de vida das informações. Por exemplo, é fundamental que as organizações determinem suas responsabilidades e processos tanto para informações criadas internamente quanto para as que são recebidas de fontes externas. No entanto, este último pode incluir etapas adicionais necessárias para identificar e classificar as informações antes de adicioná-las ao prontuário do paciente.

O princípio da integridade declara que um programa de governança da informação (IG) deve ser construído e gerenciado de forma que “a organização tenha uma garantia razoável e adequada de autenticidade e confiabilidade.” Na área da saúde, integridade da informação significa que uma organização tem a capacidade de provar essas informações são autênticas, oportunas, precisas e completas. Essa é uma expectativa fundamental de pacientes, provedores e outras partes interessadas, como agências reguladoras.

Este princípio reconhece que um programa de governança da informação deve incluir:

  • Adesão às políticas e procedimentos da organização
  • Treinamento apropriado da força de trabalho sobre gerenciamento e governança de informações
  • Confiabilidade das informações
  • Admissibilidade de registros para fins de litígio
  • Trilhas de auditoria aceitáveis

Práticas consistentes que asseguram a qualidade das informações devem ser integradas em todas as etapas do ciclo de vida das informações. Por exemplo, é fundamental que as organizações determinem suas responsabilidades e processos tanto para informações criadas internamente quanto para as que são recebidas de fontes externas. No entanto, este último pode incluir etapas adicionais necessárias para identificar e classificar as informações antes de adicioná-las ao prontuário do paciente.

User badge image

Simone Ravagnani

Há mais de um mês

Um dos princípios do SUS, a integralidade . Ou seja: o sistema de saúde deve estar preparado para ouvir o usuário, entendê-lo inserido em seu contexto social e, a partir daí, atender às demandas e necessidades desta pessoa. Pela perspectiva dos usuários, a ação integral em saúde tem sido frequentemente associada ao tratamento respeitoso, digno, com qualidade e acolhimento. Por isso, este valor paira como uma orientação geral nos serviços de saúde, já que o Estado tem o dever de oferecer um “atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais”, como oficializou a Constituição Federal de 1988. Para atender a esta necessidade da população, o Estado deve estabelecer um conjunto de ações que vão desde a prevenção à assistência curativa, nos diversos níveis de complexidade. .

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas