A maior rede de estudos do Brasil

Quais termos jurídicos descrevem o ato de fazer justiça sem auxílio do governo?


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos adquiridos para identificar um possível termo jurídico correspondente ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo.


O Estado detém o monopólio da aplicação de justiça. Ou seja, o cidadão não possui autorização para tomar esse poder para si.

Conforme o Art. 345 do Código Penal, o ato de fazer justiça sem auxílio do governo é descrito pela expressão jurídica “Exercício arbitrário das próprias razões”.

Exercício arbitrário das próprias razões

Art. 345 - Fazer justiça pelas próprias mãos, para satisfazer pretensão, embora legítima, salvo quando a lei o permite:

Pena - detenção, de quinze dias a um mês, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Parágrafo único - Se não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.


Resumidamente, um dos termos jurídicos correspondentes ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo é exercício arbitrário das próprias razões.

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos adquiridos para identificar um possível termo jurídico correspondente ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo.


O Estado detém o monopólio da aplicação de justiça. Ou seja, o cidadão não possui autorização para tomar esse poder para si.

Conforme o Art. 345 do Código Penal, o ato de fazer justiça sem auxílio do governo é descrito pela expressão jurídica “Exercício arbitrário das próprias razões”.

Exercício arbitrário das próprias razões

Art. 345 - Fazer justiça pelas próprias mãos, para satisfazer pretensão, embora legítima, salvo quando a lei o permite:

Pena - detenção, de quinze dias a um mês, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Parágrafo único - Se não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.


Resumidamente, um dos termos jurídicos correspondentes ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo é exercício arbitrário das próprias razões.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos adquiridos para identificar um possível termo jurídico correspondente ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo.


O Estado detém o monopólio da aplicação de justiça. Ou seja, o cidadão não possui autorização para tomar esse poder para si.

Conforme o Art. 345 do Código Penal, o ato de fazer justiça sem auxílio do governo é descrito pela expressão jurídica “Exercício arbitrário das próprias razões”.

Exercício arbitrário das próprias razões

Art. 345 - Fazer justiça pelas próprias mãos, para satisfazer pretensão, embora legítima, salvo quando a lei o permite:

Pena - detenção, de quinze dias a um mês, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Parágrafo único - Se não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.


Resumidamente, um dos termos jurídicos correspondentes ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo é exercício arbitrário das próprias razões.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos adquiridos para identificar um possível termo jurídico correspondente ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo.


O Estado detém o monopólio da aplicação de justiça. Ou seja, o cidadão não possui autorização para tomar esse poder para si.

Conforme o Art. 345 do Código Penal, o ato de fazer justiça sem auxílio do governo é descrito pela expressão jurídica “Exercício arbitrário das próprias razões”.

Exercício arbitrário das próprias razões

Art. 345 - Fazer justiça pelas próprias mãos, para satisfazer pretensão, embora legítima, salvo quando a lei o permite:

Pena - detenção, de quinze dias a um mês, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Parágrafo único - Se não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.


Resumidamente, um dos termos jurídicos correspondentes ao ato de fazer justiça sem auxílio do governo é exercício arbitrário das próprias razões.

User badge image

joao

Há mais de um mês

Sem o auxílio do governo no caso seria Autotutela.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas