A maior rede de estudos do Brasil

fisioterapia hospitalar fisiologia do sistema respiratório e ventilação mecânica


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Fisioterapia Respiratória


A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traqueia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.


Portanto, A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traqueia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Fisioterapia Respiratória


A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traqueia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.


Portanto, A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traqueia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Fisioterapia Respiratória


A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traquéia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.


Portanto, A fisioterapia hospitalar é uma das áreas de atuação da fisioterapia que atua diretamente no tratamento de pacientes hospitalares na enfermaria, unidade de terapia semi-intensiva e unidade de terapia intensiva, o fisioterapeuta hospitalar atende pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras, alguns dos problemas que os fisioterapeutas hospitalares tratam: trata os problemas de atrofias musculares, trata de linfedema; a fisiologia do sistema respiratório é composta por fossas nasais, faringe, laringe, traquéia, brônquios e alvéolos pulmonares, o sistema respiratório começa pelo nariz/fossas nasais, onde o ar é aquecido e umedecido, após isso ele é passado para faringe, lá o ar é conduzido até a laringe, onde o ar é conduzido, depois disso o ar vai para traqueia, onde conduz o ar que está dentro do tórax até se dividirem formando os brônquios, após isso o ar chega e é levado para os alvéolos pulmonares e após isso acontece as trocas gasosas. A ventilação mecânica é usada na maioria dos pacientes na unidade intensiva, ela consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada, para esse processo é utilizado o ventilador mecânico, que é um equipamento de bases operacionais de relativa simplicidade , na qualidade de gerador de força, sendo assim o ventilador transmite/transforma energia com o objetivo de substituir ou ampliar a energia gerada pela contração dos músculos da respiração.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas