A maior rede de estudos do Brasil

explique por que o pensamento politico moderno exclui a bondade como critério legitimador do poder


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Sendo a definição de bondade como um indivíduo que possa praticar a nobreza e generosidade mesmo que em troca de nada. O político tem a tendência social imposta pelos seus representantes ou líderes maiores a fazer apenas o necessário, além disso, a bondade não é algo que interesse os políticos, sendo a bondade algo que obrigue por natureza generosa a imposição ao povo, sendo isso apenas obrigação. Logo a bondade deixa simplesmente de existir num cenário político e por mais que a bondade seja uma característica confiável, grande parte do povo não deseja isso e sim o desejo revolucionário de mudanças.

Sendo a definição de bondade como um indivíduo que possa praticar a nobreza e generosidade mesmo que em troca de nada. O político tem a tendência social imposta pelos seus representantes ou líderes maiores a fazer apenas o necessário, além disso, a bondade não é algo que interesse os políticos, sendo a bondade algo que obrigue por natureza generosa a imposição ao povo, sendo isso apenas obrigação. Logo a bondade deixa simplesmente de existir num cenário político e por mais que a bondade seja uma característica confiável, grande parte do povo não deseja isso e sim o desejo revolucionário de mudanças.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Sendo a definição de bondade como um indivíduo que possa praticar a nobreza e generosidade mesmo que em troca de nada. O político tem a tendência social imposta pelos seus representantes ou líderes maiores a fazer apenas o necessário, além disso, a bondade não é algo que interesse os políticos, sendo a bondade algo que obrigue por natureza generosa a imposição ao povo, sendo isso apenas obrigação. Logo a bondade deixa simplesmente de existir num cenário político e por mais que a bondade seja uma característica confiável, grande parte do povo não deseja isso e sim o desejo revolucionário de mudanças.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Sendo a definição de bondade como um indivíduo que possa praticar a nobreza e generosidade mesmo que em troca de nada. O político tem a tendência social imposta pelos seus representantes ou líderes maiores a fazer apenas o necessário, além disso, a bondade não é algo que interesse os políticos, sendo a bondade algo que obrigue por natureza generosa a imposição ao povo, sendo isso apenas obrigação. Logo a bondade deixa simplesmente de existir num cenário político e por mais que a bondade seja uma característica confiável, grande parte do povo não deseja isso e sim o desejo revolucionário de mudanças.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas