A maior rede de estudos do Brasil

empresas sem fins lucrativos

Quando se trata de dispensa de licitação, é certo afirmar que o art.24, XXXIII da lei 8.666/93, deixa claro que entidades privadas sem fins lucrativos, podem ser contratadas e o processo de dispensa de licitação é correto, entretanto, o SENAC se utiliza desta prerrogativa, porém a banca da CJU não aceita, pois no Decreto-Lei 8.621/46, que dispõe sobre ele, não faz nem uma menção sobre isso.

A pergunta é: COMO ENQUADRAR O SENAC como uma empresa privada sem fins lucrativos, para que seja aceito a dispensa de licitação ?


2 resposta(s)

User badge image

Direito

Há mais de um mês

esse dispositivo nao atende ao SENAC pois se trata de pessoa juridica de direito publico(soc.mixta)

esse dispositivo nao atende ao SENAC pois se trata de pessoa juridica de direito publico(soc.mixta)

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

O Decreto-Lei 8.621/46 dispõe sobre a criação do SENAC. Apenas isso. O regime jurídico das licitações é fornecido pela Lei 8.666/93, norma especial sobre o tema e cronologicamente posterior ao referido Decreto-Lei, e por isso deve prevalecer. Vale ressaltar, no entanto, que no caso na há sequer conflito aparente de normas, já que o Decreto-Lei 8.621/46 não trata de licitações.

O SENAC é uma instituição brasileira sem fins lucrativos que oferece serviços educacionais. Cumpre, portanto, os requisitos do artigo 24, XIII da Lei nº 8.666/93, o que permite a contratação direta dessa instituição, o que, inclusive, é bastante comum na prática e aceito pelos tribunais.

XIII - na contratação de instituição brasileira incumbida regimental ou estatutariamente da pesquisa, do ensino ou do desenvolvimento institucional, ou de instituição dedicada à recuperação social do preso, desde que a contratada detenha inquestionável reputação ético-profissional e não tenha fins lucrativos;

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes