A maior rede de estudos do Brasil

CONCEITO DE DIREITO DIREITO SUBJETIVO ???????? DIREITO OBJETIVO

  • DIREITO SUBJETIVO ???????? DIREITO OBJETIVO
  • Direito Objetivo – Conjunto de normas jurídicas
  • comportamentais que a todos vincula - norma agendi.
  • Direito Subjetivo – Faculdade do Indivíduo invocar a
  • norma a seu favor – facultas agendi.
  • Ex. Direito constitucional à propriedade – Faculdade de
  • requerer sua propriedade e posse.
  • Direito de receber quantia em dinheiro – Faculdade de mover
  • ação de cobrança.

Direito Civil I

Colegio Salesiano Dom Bosco


2 resposta(s)

User badge image

Júnior Oliveira

Há mais de um mês

Para Washington de Barros Monteiro,

o direito objetivo é o conjunto das regras jurídicas; direito subjetivo é o meio de satisfazer interesses humanos. O segundo deriva do prime.

Em outras palavras, podemos afirmar que o direito objetivo é o conjunto de normas, regras e previsões gerais e abstratas presentes no ordenamento jurídico, que devem ser respeitadas por todos, sob pena de sanções previamente estipuladas pelo Legislador. São, portanto,  asl eis, a jurisprudências, os costumes e todas as demais fontes do direito admitidas.

O direito objetivo é abstrato porque é previsto de forma generalizada no ordenamento jurídico, tendo efeitos sobre todos os componentes da sociedade. Quando se utiliza o vocábulo "direito" como sinônimo de "ordenamento jurídico", está-se referindo ao direito objetivo:

  • Todos os cidadãos possuem direito à educação e à saúde.
  • Direito do Consumidor.
  • Direito à proteção das relações de consumo.

 

Já o direito subjetivo é um poder e uma faculdade originados de uma regra interposta pelo Estado para a proteção dos interesses coletivos.Trata-se de direito formado por um sujeito titular, um objeto e uma relação jurídica. Tais deireitos podem ser públicos (interesses que afetam a coletividade), privados (relativos a interesses particulares e baseados na autonomia da vontade); disponíveis ou indisponíveis (quando o titular tem a faculdade de dispor deles), reais (relativos a alguma coisa) ou pessoais (cobrança de uma prestação).

Quando se utiliza a palavra "direito" como sinônimo de "faculdade", estar-se-á falando de direito subjetivo:

  • Direito à propriedade.
  • Direito a alimentos.
  • Direito de receber prestação obrigacional.

Para Washington de Barros Monteiro,

o direito objetivo é o conjunto das regras jurídicas; direito subjetivo é o meio de satisfazer interesses humanos. O segundo deriva do prime.

Em outras palavras, podemos afirmar que o direito objetivo é o conjunto de normas, regras e previsões gerais e abstratas presentes no ordenamento jurídico, que devem ser respeitadas por todos, sob pena de sanções previamente estipuladas pelo Legislador. São, portanto,  asl eis, a jurisprudências, os costumes e todas as demais fontes do direito admitidas.

O direito objetivo é abstrato porque é previsto de forma generalizada no ordenamento jurídico, tendo efeitos sobre todos os componentes da sociedade. Quando se utiliza o vocábulo "direito" como sinônimo de "ordenamento jurídico", está-se referindo ao direito objetivo:

  • Todos os cidadãos possuem direito à educação e à saúde.
  • Direito do Consumidor.
  • Direito à proteção das relações de consumo.

 

Já o direito subjetivo é um poder e uma faculdade originados de uma regra interposta pelo Estado para a proteção dos interesses coletivos.Trata-se de direito formado por um sujeito titular, um objeto e uma relação jurídica. Tais deireitos podem ser públicos (interesses que afetam a coletividade), privados (relativos a interesses particulares e baseados na autonomia da vontade); disponíveis ou indisponíveis (quando o titular tem a faculdade de dispor deles), reais (relativos a alguma coisa) ou pessoais (cobrança de uma prestação).

Quando se utiliza a palavra "direito" como sinônimo de "faculdade", estar-se-á falando de direito subjetivo:

  • Direito à propriedade.
  • Direito a alimentos.
  • Direito de receber prestação obrigacional.
User badge image

Phâmella Paula

Há mais de um mês

Direito objetivo- just est norma agendi-: é a norma de comportamento que se traduz num complexo de regras disciplinadoras da conduta. Conforme o tipo de organização estatal, a norma se apresenta, ora sob aspecto de princípio ditado pelo Estado, ora sob a modalidade de uma definição judicial de comportamento, or sob o aspecto de regra observada consuetudinariamente pelos indivíduos dentro de um agrupamento social. 

Direito Subjetivvo- just est facultas agendi-: diz respeito à esfera individual. É o poder dee ação contido na norma, a faculdade de exercer em favor do indivíduo, o comando emanado pelo Estado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes