A maior rede de estudos do Brasil

EXAME FÍSICO ABDOMINAL E SUAS TÉCNICAS

TÉCNICAS REALIZADES PELA SAE

Enfermagem

ESTÁCIO EAD


1 resposta(s)

User badge image

Lorrayne Rufino

Há mais de um mês

Quando realizamos a palpação do abdome e o cliente verbaliza ou demonstra sentir dor e esta dor sugere uma possível apendicite, podemos utilizar algumas técnicas para uma avaliação mais detalhada, são elas:

- Solicitamos ao cliente para determinar o local onde a dor se inicia e o local onde ela se encontra no momento. Normalmente a dor de uma apendicite inicia-se perto do umbigo e se desloca para o quadrante inferior direito. Ela também aumenta quando solicitamos ao cliente par tossir.

- Verificar a presença do sinal de Rovsing. O cliente irá verbalizar presença de dor no quadrante inferior direito quando pressionarmos o quadrante inferior esquerdo.

- Presença do sinal do Psoas, quando o cliente referir a presença de dor ao realizar o movimento proposto. O examinador coloca sua mão logo acima do joelho direito do cliente e solicita a este que eleve sua coxa contra a mão do examinador.

- Presença do sinal do Obturador. Ao flexionarmos a coxa direita do cliente na altura do seu quadril, com o joelho dobrado, realizarmos a rotação interna da perna e o cliente vai verbalizar ou demonstrar dor na região inguinal direita.

- Presença de hiperestesia cutânea. Comprimimos a prega cutânea em várias regiões, utilizando o polegar e o indicador, sem beliscá-la. Quando o cliente verbaliza dor em todo o quadrante inferior direito.

Quando realizamos a palpação do abdome e o cliente verbaliza ou demonstra sentir dor e esta dor sugere uma possível apendicite, podemos utilizar algumas técnicas para uma avaliação mais detalhada, são elas:

- Solicitamos ao cliente para determinar o local onde a dor se inicia e o local onde ela se encontra no momento. Normalmente a dor de uma apendicite inicia-se perto do umbigo e se desloca para o quadrante inferior direito. Ela também aumenta quando solicitamos ao cliente par tossir.

- Verificar a presença do sinal de Rovsing. O cliente irá verbalizar presença de dor no quadrante inferior direito quando pressionarmos o quadrante inferior esquerdo.

- Presença do sinal do Psoas, quando o cliente referir a presença de dor ao realizar o movimento proposto. O examinador coloca sua mão logo acima do joelho direito do cliente e solicita a este que eleve sua coxa contra a mão do examinador.

- Presença do sinal do Obturador. Ao flexionarmos a coxa direita do cliente na altura do seu quadril, com o joelho dobrado, realizarmos a rotação interna da perna e o cliente vai verbalizar ou demonstrar dor na região inguinal direita.

- Presença de hiperestesia cutânea. Comprimimos a prega cutânea em várias regiões, utilizando o polegar e o indicador, sem beliscá-la. Quando o cliente verbaliza dor em todo o quadrante inferior direito.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes