A maior rede de estudos do Brasil

Em uma região do norte do Chile, contou-nos um agrônomo que, em seu trabalho normal, encontrou uma comunidade camponesa totalmente impotente em face

Em uma região do norte do Chile, contou-nos um agrônomo que, em seu trabalho normal, encontrou uma comunidade camponesa totalmente impotente em face do poder destruidor de uma espécie de roedores que dizimavam sua plantação. Perguntando-lhes o que costumavam fazer em tais casos, ouviu dos camponeses que, ao lhes ser imposto pela primeira vez, semelhante “castigo”, haviam sido salvos por um sacerdote. “Como?” indagou o agrônomo. “Fez umas orações e os ´animalitos` fugiram assustados até o mar, onde morreram afogados”, responderam. Do ponto de vista educativo, o que um pedagogo pode fazer para uma comunidade que se encontra em tal nível de compreensão dos fenômenos? Como substituir os procedimentos “mágicos” destes homens frente à natureza? Como fazer isso sem ferir sua cultura e crença?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Do ponto de vista educativo, temos que um pedagogo pode, basicamente, proceder com uma atitude dialógica que envolva procedimentos de aprendizagem e ensino e que contribuam, de forma libertadora, para a educação. Dessa maneira, de acordo com Paulo Freire, o processo de educação libertadora atua como uma ferramenta educativa e a mesma busca trazer conhecimento através de reflexões partindo de um caráter libertador e não um caráter domesticador, basicamente, como o atual modelo de educação, isto é, a educação tradicional. Com isso, tal exercício concederá mais inclusão de conhecimento para tal comunidade.
Do ponto de vista educativo, temos que um pedagogo pode, basicamente, proceder com uma atitude dialógica que envolva procedimentos de aprendizagem e ensino e que contribuam, de forma libertadora, para a educação. Dessa maneira, de acordo com Paulo Freire, o processo de educação libertadora atua como uma ferramenta educativa e a mesma busca trazer conhecimento através de reflexões partindo de um caráter libertador e não um caráter domesticador, basicamente, como o atual modelo de educação, isto é, a educação tradicional. Com isso, tal exercício concederá mais inclusão de conhecimento para tal comunidade.
User badge image

Geisiane

Há mais de um mês

Uma atitude dialógica no contexto do processo de ensino e aprendizagem contribui para educação libertadora.

Segundo Paulo Freire , a educação libertadora atua como um mecanismo de educação que busca dar a luz as reflexões sobre o caráter libertador e não domesticador ,com modelo tradicional da educação .

Além disso,é a partir do diálogo e da inclusão do indivíduo na sociedade que esse indivíduo desenvolverá sua conciência,se tornando um sujeito crítico e reflexivo capaz de transformar sua realidade e de se inserir-se na sociedade de forma afetiva .

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas