A maior rede de estudos do Brasil

O governo Luso, juridicamente, se fundamentava em:


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Levando em consideração o contexto original apresentado pela questão, o certo é marcar a opção que apresenta a palavra "ordenações", ou seja, podemos dizer que o governo Luso, juridicamente, se fundamentava em ordenações; isto porque desde a Revolução de Avis, se procurou chegar a uma codificação geral das leis do Reino de Portugal, buscando o ordenamento jurídico e tendo o Direito Romano o seu referencial, se ocupando o direito canônico das matérias de cunho espiritual; dessa forma, de acordo com as informações passadas anteriormente, podemos afirmar que o governo Luso, juridicamente, se fundamentava em ordenações.
Levando em consideração o contexto original apresentado pela questão, o certo é marcar a opção que apresenta a palavra "ordenações", ou seja, podemos dizer que o governo Luso, juridicamente, se fundamentava em ordenações; isto porque desde a Revolução de Avis, se procurou chegar a uma codificação geral das leis do Reino de Portugal, buscando o ordenamento jurídico e tendo o Direito Romano o seu referencial, se ocupando o direito canônico das matérias de cunho espiritual; dessa forma, de acordo com as informações passadas anteriormente, podemos afirmar que o governo Luso, juridicamente, se fundamentava em ordenações.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas