A maior rede de estudos do Brasil

podemos afirmar que Neoconstitucionalismo e o Constitucionalismo Latino- americano possuem as mesmas características? Justifique.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

O assunto é bastante extenso e ocupa livros, artigos e cursos inteiros, mas tentarei ser breve na explicação.

O neoconstitucionalismo e o constitucionalismo latino-americano buscam, de formas distintas, solucionar questões de igualdade e participação, bem como em trazer o adequado estabelecimento da democracia.

Entretanto, divergem fundamentalmente no tocante à universalidade do constitucionalismo.

O neoconstitucionalismo acredita cada vez mais em um caráter universalizante, que busca convergir os interesses de nacionais e mesmo de nações distintas para objetivos e valores em comum, buscando estabelecer standards que devem ser buscados, a despeito de eventuais conflitos socialmente existentes.

Já o constitucionalismo latino-americano enxerga a fragmentariedade que pode existir em uma mesma nação. Assim, nações existiriam dentro de nações, razão pela qual deveriam existir constituições sob uma constituição. Exemplificando, no Brasil temos culturas absolutamente apartadas. O neoconstitucionalismo busca universalizar a questão, enquanto o constitucionalis latino-americano buscaria particularizar. Assim, na primeira visão, teríamos o que temos hoje e, na segunda, especificidades que separassem de forma harmoniosa índios e descendentes de alemães, sertanejos e moradores de grandes metrópoles.

O assunto é bastante extenso e ocupa livros, artigos e cursos inteiros, mas tentarei ser breve na explicação.

O neoconstitucionalismo e o constitucionalismo latino-americano buscam, de formas distintas, solucionar questões de igualdade e participação, bem como em trazer o adequado estabelecimento da democracia.

Entretanto, divergem fundamentalmente no tocante à universalidade do constitucionalismo.

O neoconstitucionalismo acredita cada vez mais em um caráter universalizante, que busca convergir os interesses de nacionais e mesmo de nações distintas para objetivos e valores em comum, buscando estabelecer standards que devem ser buscados, a despeito de eventuais conflitos socialmente existentes.

Já o constitucionalismo latino-americano enxerga a fragmentariedade que pode existir em uma mesma nação. Assim, nações existiriam dentro de nações, razão pela qual deveriam existir constituições sob uma constituição. Exemplificando, no Brasil temos culturas absolutamente apartadas. O neoconstitucionalismo busca universalizar a questão, enquanto o constitucionalis latino-americano buscaria particularizar. Assim, na primeira visão, teríamos o que temos hoje e, na segunda, especificidades que separassem de forma harmoniosa índios e descendentes de alemães, sertanejos e moradores de grandes metrópoles.

User badge image

lona emoticons

Há mais de um mês

O neoconstitucionalismo busca enfrentar essa tarefa a partir de um modelo

universalizante, enquanto o novo constitucionalismo latino-americano refunda a

teoria constitucional abandonando propostas totalizantes e aproximando-se de uma

compreensão da realidade caracterizada pela multiplicidade e pelo pluralismo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas