Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

não sei essa resposta.

As despesas discricionárias do Poder Executivo são aquelas cuja execução depende do julgamento (avaliação ou escolha) que o governo faz acerca da conveniência e da oportunidade de sua realização. Por conta disso, tal despesa possui ampla flexibilidade quanto ao momento de sua execução. Por não haver obrigatoriedade no dispêndio, a escolha de quais despesas discricionárias serão incluídas no orçamento depende da avaliação do governo sobre quais são as prioridades da população.

Escolha uma opção:

Verdadeiro

Falso

Orçamento Público

Engenharias


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Primeiramente, temos que as despesas discricionárias são aquelas chamadas de custeio e investimento, ou seja, são aquelas despesas que o governo pode ou não executar, de acordo com a previsão de receitas, sendo que é sobre as despesas discricionárias que recai os cortes realizados no orçamento quando cai a previsão de receitas arrecadadas para o ano.

De outro modo, verificamos que as despesas obrigatórias se referem a compromissos estabelecidos na legislação: direitos individuais, como seria o caso da previdência, assistência social, do seguro desemprego, dentre outros, que são mínimos constitucionais, vinculações e salários de servidores, por exemplo.

Por fim, observamos que a resposta correta seria “verdadeira”.

Primeiramente, temos que as despesas discricionárias são aquelas chamadas de custeio e investimento, ou seja, são aquelas despesas que o governo pode ou não executar, de acordo com a previsão de receitas, sendo que é sobre as despesas discricionárias que recai os cortes realizados no orçamento quando cai a previsão de receitas arrecadadas para o ano.

De outro modo, verificamos que as despesas obrigatórias se referem a compromissos estabelecidos na legislação: direitos individuais, como seria o caso da previdência, assistência social, do seguro desemprego, dentre outros, que são mínimos constitucionais, vinculações e salários de servidores, por exemplo.

Por fim, observamos que a resposta correta seria “verdadeira”.

Essa pergunta já foi respondida!