A maior rede de estudos do Brasil

Defina os conceitos de Lipolise e Lipogênese.


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A lipólise é o processo catabólico permitindo mobilização lípidos que constituem a reserva de combustível no tecido adiposo para os tecidos periféricos para satisfazer as necessidades de energia do organismo. Através da lipólise, os triglicerídeos são hidrolisados, liberando ácidos graxos e glicerol.

Os triglicerídeos são hidrolisados em diacilglicerol e uma molécula de ácido graxo, depois o diacilglicerol é convertido em monacilglicerol e outro ácido graxo; Finalmente, o glicerol monoacrílico é hidrolisado em glicerol e um terceiro ácido graxo. Essas reações bioquímicas são inversas à lipogênese.

A lipogénese é a reacção bioquímica que são sintetizados pela ácidos gordos de cadeia longa esterificados (ligada ao glicerol ) para formar triglicéridos ou as reservas de gordura. A lipogênese é regulada na passagem da acetil-CoA carboxilase por modificadores alostéricos, modificação covalente e indução e repressão da síntese enzimática. O citrato activa a enzima; o de acil-CoA de cadeia longa inibe a sua actividade.

A lipólise é o processo catabólico permitindo mobilização lípidos que constituem a reserva de combustível no tecido adiposo para os tecidos periféricos para satisfazer as necessidades de energia do organismo. Através da lipólise, os triglicerídeos são hidrolisados, liberando ácidos graxos e glicerol.

Os triglicerídeos são hidrolisados em diacilglicerol e uma molécula de ácido graxo, depois o diacilglicerol é convertido em monacilglicerol e outro ácido graxo; Finalmente, o glicerol monoacrílico é hidrolisado em glicerol e um terceiro ácido graxo. Essas reações bioquímicas são inversas à lipogênese.

A lipogénese é a reacção bioquímica que são sintetizados pela ácidos gordos de cadeia longa esterificados (ligada ao glicerol ) para formar triglicéridos ou as reservas de gordura. A lipogênese é regulada na passagem da acetil-CoA carboxilase por modificadores alostéricos, modificação covalente e indução e repressão da síntese enzimática. O citrato activa a enzima; o de acil-CoA de cadeia longa inibe a sua actividade.

User badge image

Felipe Silva

Há mais de um mês

Lipogenese

Quando ingerimos carboidratos, estes são transformados em glicose, e esta, entra na corrente sanguínea. 
 
Quando a concentração de glicose depositada no sangue ultrapassa o seu limite máximo, seu excesso é removido pelo fígado, e este, o armazena em seu interior sob a forma de glicogênio.
 
Diante disso, é correto afirmar que ao ingerirmos glicose, conseqüentemente aumentaremos a concentração de glicogênio dentro do fígado.
 
Por sua vez, quando em excesso, o glicogênio é quebrado pelo fígado tendo seu excedente eliminado no sangue e, conseqüentemente, a concentração de ácidos graxos na corrente sanguínea será aumentada.
 
O excesso de ácidos graxos no sangue é removido pela pele, e esta, o armazenará dentro de células conhecidas como adipócitos (células armazenadoras de gordura). Este armazenamento ocorrerá sob a forma de gordura.
 
Lipólise
 
A lipólise é exatamente o processo contrário da lipogênese. Quando o sangue está com concentração de glicose abaixo do normal, ele recebe glicose do fígado resultante da quebra do glicogênio.
 
O fígado, por sua vez, para manter seu nível de glicogênio estável, retira ácidos graxos do sangue, transformando-os em glicogênio.
 
Quando o sangue, que teve os ácidos graxos removidos pelo fígado, chega até a pele, esta, quebra a gordura armazenada em seus adipócitos e a introduz no sangue sob a forma de ácidos graxos.
 
Os fatores que influenciam a lipólise e a lipogênese são: ingestão calórica, gasto energético, hormonal, psicológicos, sócio-familiares e hereditári
User badge image

Caroline Vogel

Há mais de um mês

Lipólise consiste na quebra de moléculas lipídicas a qual pode ocorrer por diversos motivos como na gliconeogênese, por exemplo, visando a manutenção da homeostase por meio do aumento da glicemia. Já a Lipogênese está relacionada com a capacidade do organismo em formar moléculas lipídicas o que ocorre, geralmente, quando há um aumento do consumo de compostos calóricos em que o corpo terá disponível para utilização mais do que ele necessita, fazendo com que as moléculas energéticas extras sejam estocadas o que ocorre geralmente no tecido adiposo sobre a forma lipídica.
User badge image

Tiago Pires

Há mais de um mês

Lipólise nada mais é que a saída dos ácidos graxos e glicerol de dentro dos adipócitos, onde existem vários mecanismos que podem acontecem. Existem cadeias bioquímica s e hormonais.

A lipogênese seria a nova formação de triacilglicerol.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas