A maior rede de estudos do Brasil

sobre a testosterona:

A hipoplasia das células de Leydig é uma forma rara e bem definida de pseudo-hermafroditismo masculino de herança autossômica recessiva [...]. Os portadores desta anomalia apresentam um amplo espectro clínico, desde um fenótipo feminino normal até genitália externa masculina com micropênis, com baixas concentrações de testosterona e elevadas de LH [...]”.

Após essa avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LATRONICO A. C., COSTA E. M. F., MENDONÇA B. B., ARNHOLD I. J. P. Hipoplasia das Células de Leydig. Arq. Bras. Endocrinol Metab. vol. 49, nº 1, São Paulo, 2005. p. 1.

De acordo com essas informações e os conteúdos do texto-base Embriologia – Capítulo 2, o tecido intersticial contém as células de Leydig, que, sob a influência do LH, produzem testosterona, assinale a alternativa correta sobre a testosterona:

EmbriologiaUNINTER

1 resposta(s)

User badge image

João Samuel

Há mais de um mês

Inibe a atividade secretora das glândulas sexuais: a próstata, as vesículas seminais e as glândulas bulbouretrais

Inibe a atividade secretora das glândulas sexuais: a próstata, as vesículas seminais e as glândulas bulbouretrais

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes