A maior rede de estudos do Brasil

como serao as novas competencias com a industria 4.0?

Administração

Engenharias


2 resposta(s)

User badge image

Leonarlly Ricitelly

Há mais de um mês

A indústria 4.0 é considerada a nova Revolução Industrial. Inteligência artificial, robótica, big data, cloud computing, sistemas ciber-físicos e comunicação entre máquinas. Claro, que tudo isso muda, transforma e apresenta novas exigências para o profissional destes tempos. O trabalho, obrigatoriamente, tem de se reinventar para sobreviver no mercado 4.0, que foi completamente afetado pela tecnologia e requer mão de obra capaz de incorporar diversas habilidades e de atuar em ambientes complexos.


A nova era precisa de profissionais que entreguem uma combinação de competências e habilidades. Algumas são mais cobradas, sobressaem-se, e, caso o trabalhador as apresente, terá mais chance e oportunidades no mercado. Para a head trainer e hacker comportamental Patrícia Lisboa a criatividade é uma dessas exigências. “A criatividade é a capacidade de solucionar problemas, criar algo ou mesmo reinventar conceitos ou práticas. Qualquer um pode ser criativo e essa é uma habilidade que pode ser aprimorada e usada diariamente, tanto no campo profissional quanto no pessoal. Para desenvolver a criatividade, o profissional deve aprender a olhar os acontecimentos por outro ângulo, não apenas pela perspectiva inicial. É preciso ser curioso. Perguntar sempre o por quê. Buscar novas alternativas para tarefas cotidianas. Olhar as coisas por outros ângulos. Exercitar a observação e a coragem para experimentar. Ler e pesquisar a respeito de assuntos completamente diferentes do repertório habitual. Isso vai expandir o horizonte e o ajudará a fazer novas relações e interpretações.” 

A indústria 4.0 é considerada a nova Revolução Industrial. Inteligência artificial, robótica, big data, cloud computing, sistemas ciber-físicos e comunicação entre máquinas. Claro, que tudo isso muda, transforma e apresenta novas exigências para o profissional destes tempos. O trabalho, obrigatoriamente, tem de se reinventar para sobreviver no mercado 4.0, que foi completamente afetado pela tecnologia e requer mão de obra capaz de incorporar diversas habilidades e de atuar em ambientes complexos.


A nova era precisa de profissionais que entreguem uma combinação de competências e habilidades. Algumas são mais cobradas, sobressaem-se, e, caso o trabalhador as apresente, terá mais chance e oportunidades no mercado. Para a head trainer e hacker comportamental Patrícia Lisboa a criatividade é uma dessas exigências. “A criatividade é a capacidade de solucionar problemas, criar algo ou mesmo reinventar conceitos ou práticas. Qualquer um pode ser criativo e essa é uma habilidade que pode ser aprimorada e usada diariamente, tanto no campo profissional quanto no pessoal. Para desenvolver a criatividade, o profissional deve aprender a olhar os acontecimentos por outro ângulo, não apenas pela perspectiva inicial. É preciso ser curioso. Perguntar sempre o por quê. Buscar novas alternativas para tarefas cotidianas. Olhar as coisas por outros ângulos. Exercitar a observação e a coragem para experimentar. Ler e pesquisar a respeito de assuntos completamente diferentes do repertório habitual. Isso vai expandir o horizonte e o ajudará a fazer novas relações e interpretações.” 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes