Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

A teoria de colisões relaciona as taxas de reações em fase gasosa, com as frequências de colisões entre as moléculas do reagente.

 De acordo com a distribuição de Maxwell-

Boltzmann de energias entre as moléculas, o número de moléculas de uma mistura que


têm energias em excesso de -Ea é proporcional a e -Ea / RT. Podemos, portanto, interpretar

a equação de Arrhenius como a descrição de que as moléculas somente participam de

uma reação se sua energia excede algum valor limite, a energia de ativação. Nesta

interpretação, a constante A deve ser igual à frequência de colisões. Para algumas reações

simples em fase gasosa, tais como a decomposição de iodeto de hidrogénio, A é de fato

o valor encontrado teoricamente, mas em geral, é necessário introduzir um fator estérico,

P. Explique de acordo com o seu entendimento o que significa esse fator e exemplifique

apresentando reações que apresentam rigorosamente esse fator em seu comportamento.


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?