A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
189 pág.
Livro Sistemas de Informações

Pré-visualização | Página 9 de 42

definição no 
início deste tópico, podemos perceber que o SI é formado por um conjunto de 
elementos, componentes e entidades funcionais, realizam a integralização entre 
todos esses componentes para disponibilizar para o usuário, cliente, diretores e 
gestores informações precisas e necessárias para o direcionamento da organização.
Os SI são formados por um conjunto de elementos e componentes, isso nós já 
sabemos, esses sistemas também realizam alguns processos, considerados básicos, 
como possuem a finalidade de realizar tarefas de entrada, processamento e saída 
de dados e informações. No entanto, os SI são considerados ou classificados por 
serem formados por sistemas físicos e sistemas lógicos. Considerando este contexto 
podemos afirmar que os sistemas são formados por hardware e por software, onde o 
primeiro possui a função de dar suporte e a capacidade para o segundo funcionar 
e cumprir seu objetivo lógico. A seguir vamos à definição desses dois elementos 
dos sistemas, para que você consiga entender e definir as diferenças entre os dois 
conceitos de tecnologia da informação.
3.5 SAÍDA
4 SISTEMAS
TÓPICO 1 | SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
19
FIGURA 7 – DEFINIÇÃO DE SOFTWARE E HARDWARE
FONTE: WOLF. Disponível em: <http://www.tech900.com/2014/11/the-diff erence-
between-software-and.html>. Acesso em: 10 mar. 2015.
O hardware é formado pela parte física dos equipamentos de informática, 
nos computadores, servidores e equipamentos móveis, todos eles possuem a 
parte física, na realidade são formados por placas, teclados, eletrônicos, qualquer 
peça que realize o papel intermediário entre um usuário e o sistema lógico de um 
equipamento. O hardware é formado por componentes eletrônicos, como exemplo 
placas com circuitos eletrônicos, utensílios físicos computacionais, como memória, 
placa de rede, todos os componentes físicos internos de uma máquina de computar, 
também servem como exemplo, e precisa-se de todos em pleno funcionamento, 
para que um computador seja ligado e seu software seja ativado.
São considerados como hardware todos os componentes físicos de um 
computador, dentre os componentes podemos citar os processadores, disco rígido, 
placas de som, de vídeo e de rede, a memória, estes são os componentes internos 
do sistema informático. Os componentes externos de hardware são o teclado, mouse, 
monitor, impressora, estes compreendem todos os hardwares que executam as 
funções do usuário.
4.1 HARDWARE
UNIDADE 1 | INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
20
O software é a parte lógica de um equipamento, seja ele um computador, 
um servidor ou uma máquina de desenvolvimento de produto, podemos também 
afirmar que é a parte pensante, a parte inteligente de um computador. Em um 
celular ou smartphone, o software é a parte lógica, é composto pelos sistemas 
operacionais mais utilizados no mundo atualmente, que é o sistema operacional 
Android ou IOS. Se formos analisar de forma mais simples, podemos verificar que 
um software são os sistemas operacionais de um computador, como exemplo disso 
pode-se dizer que o mais utilizado é o sistema operacional Windows, podem ser 
citados neste âmbito o sistema Mac IOS da empresa Aple, o sistema Linux que é um 
sistema operacional de código aberto. Todos eles são considerados softwares, que 
realizam a tarefa de executar programas, sistemas, fazer com que um computador 
execute tarefas.
Na realidade os softwares são as sequências, as execuções que um usuário 
introduz em um comutador, essas instruções são recebidas pelo sistema e 
interpretadas pelo computador, com o objetivo de disponibilizar para o usuário a 
execução de uma atividade, tarefa, para uma determinada função em específico. 
Os softwares são considerados todos os sistemas utilizados em computadores, 
equipamentos de informática, equipamentos eletrônicos, industriais, todos eles 
são desenvolvidos para executar um serviço ou uma atividade de trabalho. Os 
softwares são classificados em três categorias, como por exemplo o Software de 
Sistema, Software de Programação e Software de Aplicação.
O Software de Sistema é constituído por um conjunto de informações que 
são executadas internamente em um computador, este sistema realiza a interação 
direta entre o usuário da máquina, hardwares e com os softwares. Como por exemplo, 
os sistemas operacionais de computadores, já mencionados anteriormente, sistema 
operacional Windows, Linux e Mac. Software de Programação são os sistemas 
utilizados entre os programadores para o desenvolvimento de novas ferramentas, 
novas tecnologias e novos sistemas de informação, neste caso são utilizados 
pelos desenvolvedores vários tipos de linguagem de programação. Software de 
Aplicação são sistemas utilizados para a execução de tarefas específicas, como por 
exemplo os navegadores de internet, Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google 
Chrome. Podemos citar como exemplo os editores, como Word, Excel; também 
são considerados como softwares aplicativos. Existem outros softwares, podemos 
apresentar também os softwares de serviço, de tutoriais, de investigação, de 
simulação, de jogos, softwares abertos, entre outros.
4.2 SOFTWARE E TIPOS DE SOFTWARE
21
RESUMO DO TÓPICO 1
• Neste tópico nós vimos os aspectos que formam e complementam os sistemas de 
informação, em que os SI compreendem um conjunto de elementos, atividades 
e ferramentas que suprem as necessidades das organizações e servem como 
principal ferramenta para a tomada de decisão, desenvolver as novas estratégias 
e competir de forma igualitária no mercado tão tecnológico. 
• Sabemos que não existe a possibilidade de agir, tomar decisões ou desenvolver 
um novo produto ou serviço sem o uso correto dos SI, no entanto precisamos 
saber identificar se os sistemas estão sendo eficientes e eficazes para o objetivo 
que foram destinados. A eficácia envolve a análise e verificação dos resultados 
alcançados pela organização, se seguiu o tempo estipulado e se a execução 
foi conforme o planejado. E eficiência diz respeito a quais métodos, práticas 
ou metodologias foram utilizados para se alcançar os resultados esperados e 
planejados pelos líderes da organização.
• Os componentes de sistemas de informação compreendem vários processos que 
ocorrem nos SI da organização, como os dados que são um conjunto de caracteres 
que possuem o objetivo de formar a informação. A informação é um componente 
muito importante, pois possui a finalidade de auxiliar os gestores da organização, 
neste contexto podemos analisar o conhecimento que os profissionais de 
tecnologia da informação precisam obter. O conhecimento é um bem essencial 
para os profissionais, bem como é um bem que não pode ser comprado, doado 
ou substituído, precisa ser adquirido, quanto mais conhecimento, mais será a 
importância disso para a organização. O último componente, no entanto, não 
menos importante, considerado de suma importância para o processo, função 
ou atividade a qual pertence o profissional é sua competência para executar 
uma determinada tarefa, se está ou não de acordo com o que a empresa estipula. 
• Os sistemas de informação possuem com certeza um papel importantíssimo no 
que tange ao gerenciamento e desenvolvimento da empresa, são responsáveis 
por disseminar toda a informação pelos departamentos e seus usuários. As 
atividades de SI entrada, processamento, armazenamento, controle e saída, 
possuem como finalidade analisar, identificar e gerenciar todos os processos 
que ocorrem, estes são responsáveis pelo controle das informações geradas e 
que são transmitidas na organização.
22
AUTOATIVIDADE
Para atingir a eficácia a organização precisa planejar e disponibilizar para seu 
cliente a quantidade de produtos e serviços necessários para uma determinada 
demanda do mercado. Por outro lado, a eficiência trabalha para disponibilizar 
este produto e serviço com o menor custo possível. Analisando a diferença 
entre esses dois termos, assinale as sentenças corretas:
a) ( ) Desenvolvimento e Metodologias

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.