A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
144 pág.
Simulado Direito Penal 900 questões

Pré-visualização | Página 26 de 41

a) aplicar ao condenado pena restritiva de direitos ou medida socioeducativa.
 
 b) e deve aplicar ao condenado pena privativa de liberdade e pena restritiva de direitos.
 
 c) aplicar ao condenado pena privativa de liberdade e medida de segurança, cumulativamente.
 
 d) aplicar ao condenado pena privativa de liberdade ou medida de segurança.
 
 Questão cód. 21387 
4) O crime de corrupção passiva, definido no art. 317 do Código Penal ("Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.") é classificado pela doutrina como crime
 
 a) impróprio.
 
 b) próprio.
 
 c) de mão própria.
 
 d) de culpa imprópria.
 
 Questão cód. 41395 
5) Funcionário público "A" deixa, propositadamente, a porta do prédio da repartição aberta, sabendo que seu amigo, não funcionário "B", irá nele penetrar e subtrair objetos valiosos da administração. Neste caso,
 
 a) "A" responderá por peculato-apropriação e "B", por furto simples.
 
 b) "A" responderá por peculato culposo e "B", por peculato-furto.
 
 c) ambos responderão por peculato-furto.
 
 d) "A" responderá por peculato-furto e "B", por peculato-apropriação.
 
 Questão cód. 4990 
6) "A" (Prefeito Municipal) determina ao funcionário responsável pelos pagamentos da Prefeitura não descontar o valor do imposto de renda de seus vencimentos. O Prefeito comete crime contra a(o)
 
 a) União Federal e o Município
 
 b) Município
 
 c) Estado
 
 d) União Federal
 
 Questão cód. 3677 
7) Um agiota, havendo emprestado determinada quantia, exigiu do devedor documento com data em branco em que declarava ter recebido aquela importância para depositar no dia seguinte em certo banco. O mutuário foi avisado que, se no dia aprazado não pagasse a soma mutuada e mais os juros onzenários, ele preencheria a data no documento e daria queixa à Polícia por apropriação indébita. Com sua ação, o agiota descreveu um tipo do Código Penal:
 
 a) extorsão;
 
 b) apropriação indébita;
 
 c) extorsão indireta;
 
 d) ameaça.
 
 Questão cód. 4893 
8) No que diz respeito à prova penal, assinale a alternativa correta :
 
 a) todas as provas tem valor relativo.
 
 b) o juiz não pode reintervir na produção das provas;
 
 c) há no nosso sistema legal a pré-fixação hierárquica das provas;
 
 d) a confissão do acusado constitui prova plena;
 
 Questão cód. 2511 
9) Segundo a teoria finalista, em sua versão hoje dominante, a classificação técnica e analítica mais rigorosa dos elementos subjetivos do crime dispõe que o 
 
 a) dolo integra a antijuridicidade e a culpa integra o tipo.
 
 b) dolo e a culpa integram o tipo.
 
 c) dolo e a culpa integram a culpabilidade.
 
 d) dolo integra o tipo e a culpa integra a culpabilidade.
 
 Questão cód. 31569 
10) Juntamente com o meliante "Gato", menor de 18 anos, os marginais Arnóbio, Brutus e Creso combinam praticar roubos em postos de gasolina e lojas de conveniência, abertos de madrugada. Ao visitarem o primeiro estabelecimento, um frentista suspeita dos mesmos e comunica-se com a polícia. Dois deles, ao iniciarem o assalto a mão armada, à loja de conveniência, são impedidos pela ação policial e presos em flagrante, enquanto os dois outros logram evadir-se do local, sendo identificados posteriormente. Indique os delitos praticados pelos mesmos:
 
 a) Roubo qualificado.
 
 b) Quadrilha ou bando armado.
 
 c) Roubo qualificado em concurso com corrupção de menor.
 
 d) Quadrilha ou bando armado combinado com tentativa de roubo qualificado.
 
 
GABARITO:
01-C 02-A 03-D 04-B 05-C 
06-B 07-C 08-A 09-A 10-D 
 
 
 
--------------------------------------------------------------------------------
 
Questão cód. 21177 
1) O porte de arma branca, a exemplo de navalha, punhal, peixeira, estilete, faca, canivete, facão de mato e até o chamado soco inglês, evidenciada a vontade do agente de utilização para fins de ataque ou defesa, configura:
 
 a) crime contra a incolumidade pública;
 
 b) contravenção do porte ilegal de arma, pois a Lei nº 9.437/97 não transformou tal conduta em crime;
 
 c) mero ilícito administrativo;
 
 d) crime previsto na Lei nº 9.437/97, que instituiu o Sistema Nacional de Armas, estabelecendo condições para o registro e para o porte de arma de fogo;
 
 Questão cód. 2411 
2) O homicídio praticado sob coação a que o agente poderia resistir implica no reconhecimento: 
 
 a) de causa que qualifica o homicídio.
 
 b) de causa que privilegia o agente;
 
 c) de circunstância que atenua a pena do agente;
 
 d) de causa que isente o agente de pena;
 
 Questão cód. 3462 
3) A coação moral irresistível é causa de:
 
 a) exclusão da antijuridicidade
 
 b) exclusão da tipicidade
 
 c) exclusão da culpabilidade
 
 d) extinção da punibilidade
 
 Questão cód. 23600 
4) A substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direitos
 
 a) não pode ser feita por multa, ainda que cumulada com restritiva de direitos, se superior a um ano.
 
 b) não cabe para o condenado reincidente.
 
 c) pode ser feita apenas por multa, se a condenação for de um ano.
 
 d) cabe nos crimes culposos se a condenação não for superior a quatro anos.
 
 Questão cód. 41829 
5) O agente que, dolosamente, impede o socorro ao suicida que se arrependera do ato extremado e tentava buscar auxílio, comete 
 
 a) fato penalmente irrelevante. 
 
 b) crime de induzimento ao suicídio. 
 
 c) crime de homicídio. 
 
 d) crime de omissão de socorro. 
 
 Questão cód. 42884 
6) O comerciante que alterar seu livro mercantil verdadeiro, para obter redução de ICMS, praticará:
 
 a) crime contra a fé pública;
 
 b) crime contra a ordem tributária;
 
 c) crime contra a ordem social;
 
 d) crime contra a ordem econômica;
 
 Questão cód. 23297 
7) No interior de um navio mercante brasileiro, no Porto de Amsterdã, foi cometido um crime por brasileiro. A Holanda não se interessa pelo fato. a incidência da lei brasileira decorre do principio da:
 
 a) especialidade.
 
 b) territorialidade;
 
 c) personalidade;
 
 d) legalidade;
 
 Questão cód. 1985 
8) "A" (comerciante) falsifica documento e com ele comete estelionato. Segundo súmula do Superior Tribunal de Justiça, há
 
 a) dois crimes
 
 b) crime de falso
 
 c) crime contra o patrimônio
 
 d) crime contra o patrimônio se o falso, no caso, exaurir a potencialidade lesiva
 
 Questão cód. 31464 
9) Comprovada por prova pericial a semi-imputabilidade do réu, pode o Juiz, sob tal fundamento:
 
 a) isentar o réu de pena;
 
 b) diminuir a pena ou aplicar medida de segurança;
 
 c) diminuir a pena e impor medida de segurança;
 
 d) absolver o réu.
 
 Questão cód. 43631 
10) CACÁ DEPRESSIVO contratou JUVENAL MERCENÁRIO, dizendo-lhe pretender que JUVENAL matasse um inimigo dele, e que pagaria uma boa soma em dinheiro por isso. Aceito o serviço e pago o combinado, JUVENAL MERCENÁRIO, aproveitando-se da escuridão da noite, devidamente escondido, alvejou a pessoa que CACÁ lhe assegurara passaria pelo local apontado. Após o fato, verificou-se que a vítima alcançada fora o próprio CACÁ DEPRESSIVO, que sobreviveu, mas ficou com deformidade permanente. Na realidade, CACÁ, desiludido da vida que levava, contratara a própria morte, já que não tinha coragem para matar-se, detalhe que JUVENAL desconhecia, acreditando tratar-se de um suposto inimigo de CACÁ. Em vista dos fatos, JUVENAL praticou
 
 a) tentativa de homicídio qualificado,