A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
144 pág.
Simulado Direito Penal 900 questões

Pré-visualização | Página 34 de 41

da substituição, embora pudesse pela legislação alterada.
 
 b) continua a poder receber o benefício da substituição permitida nessa hipótese.
 
 c) poderá agora receber o benefício da substituição já que o limite imposto pela nova legislação, na hipótese, passou para quatro anos.
 
 d) não poderá receber o benefício da substituição já que, pela nova legislação, na hipótese, a pena privativa de liberdade só pode ser de até um ano.
 
 Questão cód. 21360 
3) Assinale a alternativa CORRETA:
 
 a) O crime de peculato configura-se quando o funcionário público subtrai, para si, dinheiro ou bem público.
 
 b) Considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, embora transitoriamente, mas necessariamente remunerado, exerce cargo, emprego ou função pública.
 
 c) Está tipificado o crime de desobediência quando o agente desobedece a ordem de funcionário público.
 
 d) Comete crime de corrupção ativa quem promete vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a retardar ato de ofício.
 
 Questão cód. 4506 
4) João ingressa no imóvel de Maria, durante o repouso noturno, sem sua autorização, quando é por ela surpreendido. Maria chama a polícia e o conduz à delegacia. Pode-se afirmar que o fato:
 
 a) configura crime de violação de domicílio;
 
 b) configura tentativa de furto;
 
 c) constitui crime de violação de domicílio qualificado;
 
 d) é penalmente irrelevante;
 
 Questão cód. 41365 
5) Assinale a alternativa INCORRETA. O livramento condicional pode ser concedido a réu condenado a três anos de reclusão por furto qualificado com emprego de chave falsa e mediante concurso de duas pessoas, desde que (cumpridos os demais requisitos):
 
 a) cumprido mais de um terço da pena se não for reincidente em crime doloso e tiver bons antecedentes;
 
 b) cumprido mais de um terço da pena se for reincidente em crime doloso;
 
 c) comprovado comportamento satisfatório durante a execução da pena, bom desempenho no trabalho que lhe foi atribuído e aptidão para prover à própria subsistência mediante trabalho honesto;
 
 d) tenha reparado o dano ou reconhecida a impossibilidade de fazê-lo;
 
 Questão cód. 21281 
6) Tício e Caio, com nítido propósito de matarem Mévio, postam-se de emboscada, ignorando cada um o comportamento do outro. Ambos atiram na vítima, que vem a falecer unicamente em razão dos disparos efetuados por Tício. A hipótese consubstancia-se em:
 
 a) autoria colateral;
 
 b) concurso eventual de agentes;
 
 c) participação material;
 
 d) co-delinqüência;
 
 Questão cód. 3848 
7) Qual a providência cabível quando, embora presentes os pressupostos de admissibilidade recursal, deixa o juiz de receber o recurso?
 
 a) Recurso em sentido estrito;
 
 b) Carta testemunhável;
 
 c) Recurso especial;
 
 d) Embargos infringentes.
 
 Questão cód. 3163 
8) É incorreto afirmar-se que 
 
 a) para a realização do aborto sentimental, é prescindível a existência de autorização judicial. 
 
 b) em caso de aborto necessário feito por médico, nenhum crime pratica a enfermeira que o auxiliou. 
 
 c) o namorado que acompanha a gestante que deseja abortar ou paga o aborto criminoso, a pedido dela, comete o crime de auto-aborto na condição de co-autor. 
 
 d) para a realização do aborto necessário é prescindível o consentimento da gestante ou de seus familiares. 
 
 Questão cód. 1682 
9) O termo "ofendículos", em tema de legítima defesa, significa
 
 a) aparato para defender o patrimônio ou qualquer bem jurídico de ataque ou ameaça.
 
 b) sujeitos passivos atingidos pela legítima defesa.
 
 c) sujeitos ativos atingidos pela legítima defesa.
 
 d) a ofensa inicial ao bem jurídico atingido, a qual motiva a legítima defesa.
 
 Questão cód. 4539 
10) Para que a medida de segurança seja aplicada, é necessário 
 
 a) que a internação persista após a extinção da punibilidade. 
 
 b) que seja o réu maior de 21 anos para que possa ser internado ou submetido a tratamento ambulatorial, no prazo mínimo de 1 a 3 anos. 
 
 c) que, sendo o agente imputável, torna-se imprescindível a prévia imputação de periculosidade na peça exordial acusatória.
 
 d) que o réu tenha cometido um ilícito penal punível. 
 
 
GABARITO:
01-D 02-B 03-D 04-C 05-B 
06-A 07-B 08-C 09-A 10-D 
 
 
 
--------------------------------------------------------------------------------
 
Questão cód. 3982 
1) No crime de peculato culposo (CP, art. 312, § 3º), se a reparação do dano preceder à sentença irrecorrível, extinguir-se-á a punibilidade. A hipótese configura
 
 a) graça
 
 b) perdão judicial
 
 c) perempção
 
 d) retratação
 
 Questão cód. 41948 
2) CACÁ DEPRESSIVO contratou JUVENAL MERCENÁRIO, dizendo-lhe pretender que JUVENAL matasse um inimigo dele, e que pagaria uma boa soma em dinheiro por isso. Aceito o serviço e pago o combinado, JUVENAL MERCENÁRIO, aproveitando-se da escuridão da noite, devidamente escondido, alvejou a pessoa que CACÁ lhe assegurara passaria pelo local apontado. Após o fato, verificou-se que a vítima alcançada fora o próprio CACÁ DEPRESSIVO, que sobreviveu, mas ficou com deformidade permanente. Na realidade, CACÁ, desiludido da vida que levava, contratara a própria morte, já que não tinha coragem para matar-se, detalhe que JUVENAL desconhecia, acreditando tratar-se de um suposto inimigo de CACÁ. Em vista dos fatos, JUVENAL praticou
 
 a) tentativa de homicídio qualificado, e CACÁ não praticou crime.
 
 b) favorecimento ao suicídio, e CACÁ praticou auto-lesão. 
 
 c) tentativa de homicídio qualificado, mediante erro provocado por terceiro, e CACÁ praticou tentativa de homicídio.
 
 d) lesão corporal consumada, e CACÁ praticou tentativa de homicídio consentido. 
 
 Questão cód. 1444 
3) Relativamente ao tempo, as lei temporárias são:
 
 a) Retroativas, se beneficiar o agente;
 
 b) Retroativas, independentemente de prejudicar ou beneficiar o agente;
 
 c) Retroativas se, embora prejudicando o agente, beneficiarem a sociedade;
 
 d) Ultrativas. 
 
 Questão cód. 22857 
4) Aplicada a pena na sentença a prescrição intercorrente fica sustada com o recurso da acusação, ao menos provisoriamente, desde que:
 
 a) não se objetive aumento de pena privativa de liberdade;
 
 b) o aumento da pena privativa de liberdade imposta no julgado venha ser pleiteado no recurso sobre qualquer fundamento;
 
 c) o recurso interposto se refira a decisão contra a concessão da suspensão condicional da pena;
 
 d) tenha ocorrido a substituição da pena privada de liberdade por multa;
 
 Questão cód. 3296 
5) O agente instiga a gestante a fazer auto-aborto mediante curetagem e esta vem a falecer em virtude das manobras abortivas, sem que o agente quisesse o evento morte da gestante. Nessa hipótese, o agente responderá 
 
 a) apenas pelo crime de auto-aborto na condição de partícipe. 
 
 b) pelo crime de auto-aborto, qualificado pela morte da gestante. 
 
 c) pelo crime de auto-aborto na condição de partícipe e homicídio culposo. 
 
 d) apenas pelo crime de auto-aborto como co-autor. 
 
 Questão cód. 255 
6) Henrique furtou a bicicleta de Carlos. Após alguns dias, envergonhado de tal ato, Henrique compra outra bicicleta nova e a restitui a Carlos. Nesta hipótese,
 
 a) a ação penal só poderá ser proposta com a representação de Carlos.
 
 b) a pena imposta a Henrique será reduzida de um a dois terços, diante do arrependimento posterior.
 
 c) Carlos poderá perdoar Henrique e este não será processado por crime de furto.
 
 d) a pena imposta a Henrique deverá se situar no patamar mínimo, sem qualquer diminuição.
 
 Questão cód. 22598