A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
CASO CLÍNICO

Pré-visualização | Página 1 de 1

CASO CLÍNICO - TUBERCULOSE
 
Durante a visita domiciliária (VD) mensal a uma família composta por marido desempregado, esposa que cuida do lar, um bebê de 3 meses, um filho de 6 anos e avô paterno de 67 anos de idade, aposentado, o agente comunitário de saúde (ACS) detectou uma situação preocupante: o pai, de 35 anos de idade, tosse muito. O ACS indagou sobre há quanto tempo a tosse existe, e obteve a resposta de que surgiu nas últimas 3 semanas e que é acompanhada de catarro. O paciente acredita ser um resfriado comum e persistente devido à ausência de alimentação adequada e à falta de apetite, por isso não procurou ajuda profissional. Na Unidade de Saúde da Família (USF), foi comunicado à equipe do Programa de Saúde da Família (PSF) e providenciado o agendamento imediato de uma consulta com o médico da equipe. Ao exame físico, encontra-se orientado no tempo e no espaço, acianótico, com palidez cutaneomucosa moderada, peso = 54 kg, altura = l,77 cm, temperatura = 38°C, dispneico aos esforços, tórax simétrico, sem abaulamentos ou retrações, respiração toraco-abdominal, predominantemente abdominal, frequência respiratória (PR) = 26 rpm, tosse com expectoração com aspecto mucoide, hemoptise, fraqueza, dor torácica pleurítica durante a palpação bimanual, murmúrio vesicular reduzido e estertores grossos sobre o lobo superior direito, permanecendo após expiração completa e tosse. Frequência cardíaca (FC) = 84 bpm, bulhas normofonéticas, sem sopros. Pressão arterial (PA) = 130/80 mmHg. Sistema nervoso: sem alterações, reflexos profundos normais. Sistema osteoarticular: sem alteração. Refere sudorese noturna, emagrecimento de 10 kg em 5 meses e febre vespertina. Foram realizados os exames de laboratório de baciloscopia (BK) do escarro, com resultado positivo (h+++) e a prova tuberculínica (PPD) com área de enduração de 12 mm. A radiografia evidenciou lesão em ápice do pulmão direito. Após a definição do tipo de caso, o tratamento proposto seguiu as recomendações do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, do Ministério da Saúde, com o Esquema I: fase intensiva de 2 meses: rifampicina 600 mg/dia, isoniazida 300 mg/dia, pirazinamida 1.600 mg/dia e etambutol l.100 mg/dia); utilizar quatro comprimidos em dose fixa combinada. Fase de manutenção de 4 meses: rifampicina 600 mg/dia, isoniazida 400 mg/dia; utilizar duas cápsulas.
 
1) O que é importante priorizar no exame físico desse cliente?
	
	
2) O que devo encontrar na Propedêutica desse Cliente em relação à:
- Inspeção:
	
- Palpação:
	
- Percussão:
	
- Ausculta:
	
3) Que parâmetros dos exames laboratoriais devem ser observados? Estabeleça a correlação com a Patologia:
	
	
4) Como é realizado a coleta de escarro e o teste de PPD nesse cliente?
	
	
	
	
5) Estabeleça 5 Diagnósticos de Enfermagem e elabore as intervenções necessárias. Utilize o esquema abaixo:
 
	Diagnóstico de Enfermagem
	Caracterizado por
	Relacionado a
	Intervenção Proposta
	Avaliação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.