Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Semiótica AOL 1

Pré-visualização | Página 1 de 1

Semiótica 
Avaliação On-Line 1 (AOL 1) - Questionário 
Maria Adenir de Oliveira Rodrigues da Silva 
Nota finalEnviado: 02/12/21 12:15 (BRT) 
10/10 
Pergunta 1 
Nos estudos de Semiótica, Charles Sanders Peirce desenvolveu uma 
teorização vasta e complexa a respeito dos signos, que o manteve 
desassociado de linguistas que surgiram depois, como Saussure. Em suas 
teorias, os signos são fenômenos ou elementos que: 
 
Não podem ser elementos inanimados. 
Possuem significados permanentemente imutáveis. 
Todos os nossos sentidos podem captar. 
Resposta correta 
Somente se revelam pela escrita. 
Significam tão-somente aquilo que queremos, sem regras. 
Pergunta 2 
Pela forte influência que exerce Saussure nos cursos de Letras, é sempre 
importante referenciá-lo no interior dos estudos peirceanos. Na teoria de 
Saussure, são dois os sentidos humanos privilegiados para captação do signo. 
Quais são eles? 
Audição - olfato. 
Tato – visão. 
Fala – língua. 
Audição – visão. 
Resposta correta 
Audição – paladar. 
Pergunta 3 
Peirce chegou à teoria do modelo triádico de signo ao perceber que o mesmo 
nos conduz a um processo de significação, isto é, nos propicia o acontecimento 
denominado “semiose”. Isso o levou a perceber que o signo, em uma 
sequência determinada: 
 
Tem três potencialidades: emitir uma informação imediata; fazer referência 
a si próprio, a sua realidade; de nos conduzir a um posicionamento, ideia, 
parecer da relação antecedente. 
Tem três potencialidades: significar; nos fazer argumentar; representar. 
Tem três potencialidades: de nível semântico, pragmático e interpretante. 
Tem três potencialidades: emitir informação imediata, com a qual nos 
impactamos, sentimos; representar algo fora de si mesmo; nos conduzir a um 
posicionamento, ideia, parecer da relação antecedente. 
Resposta correta 
Tem três potencialidades: emitir um conceito imediato, do qual ficamos 
prontamente cientes; representar um objeto fora de sua realidade; nos conduzir 
a uma impressão, um impacto. 
Pergunta 4 
Ainda sobre o modelo triádico de signo segundo o americano Charles Sanders 
Peirce, assinale a alternativa correta quanto à explicação do processo sígnico 
que ocorre na frase: “o desenho da casa está um tanto inverossímil”. 
Desenho - objeto; casa - interpretante; inverossimilhança - representamen. 
Desenho - objeto; casa - signo; inverossimilhança - interpretante. 
Desenho - representamen; casa - interpretante; inverossimilhança - objeto. 
Desenho - signo - casa - representamen; inverossimilhança - conceito. 
Desenho - representamen; casa - objeto; inverossimilhança - interpretante. 
Resposta correta 
Pergunta 5 
No estudo dos signos, Charles Sanders Peirce foi surpreendido com uma 
fatalidade: a explosão dos significados, a capacidade do signo significar 
infinitamente. Com isso, sua última potencialidade consiste em levar o sujeito a 
evocar 
A semiologia saussuriana. 
O mesmo objeto, sempre. 
Um pseudo-interpretante. 
O representâmen já referido. 
Novos signos. 
Resposta correta 
Pergunta 6 
Marque a altenativa abaixo que corretamente preenche as lacunas da seguinte 
afirmação: “Se compenetramos na teoria peirceana, uma das atribuições do (a) 
_____ está no ato de referenciar um (a) ______ , ou seja, algo que não seja 
______.” 
Signo - elemento de realidade ausente - outro objeto. 
Signo - elemento de realidade ausente - ele próprio. 
Resposta correta 
Signo - conceito - imagem acústica. 
Signo - elemento de realidade presente - ele mesmo. 
Significante - imagem acústica - ele próprio. 
Pergunta 7 
Com os estudos de Semiótica, Charles Sanders Peirce, o principal dos 
pesquisadores pioneiros, chamou nossa atenção para a amplitude do que nós 
podemos chamar “linguagem”. Para ele, são linguagens significantes, segundo 
a semiótica, 
 Apenas a produzida pelos seres humanos. 
Aquelas que captamos pela audição somente. 
Aquelas com coesão e coerência. 
Aquelas capazes de veicular algum sentido. 
Resposta correta 
Apenas as não verbais. 
 
Pergunta 8 
Os estudos primeiros de Charles Sanders Peirce correspondem ao fim do 
século XIX, enquanto a primeira obra de Ferdinand de Saussure, Curso de 
Linguística Geral, é publicada já no século posterior, precisamente no ano de 
1916 antes mesmo. Sobre a relação entre Peirce e Saussure, é verdade que 
 
Saussure preferiu a abordagem das linguagens pela perspectiva de um 
linguista. 
Resposta correta 
Peirce enxergou a natureza dual de um signo, diferentemente do francês. 
Diferentemente de Peirce, Saussure cria que o signo se tripartia em 
significante, significado e interpretante. 
O americano dirigiu mais atenção à linguagem verbalizada, aos signos 
produzidos por humanos. 
Os dois foram peças fundamentais no estudo das linguagens, na função de 
semiólogos. 
 
Pergunta 9 
Na situação hipotética em que “estamos em casa e subitamente ouvimos um 
grito vindo da cozinha”, há um desígnio interpretante forte do signo, que faz 
uma segunda pessoa entrar em cena, reagindo esta de alguma forma. Neste 
caso, o interpretante 
 
 Se refere ao ato de lembramos da imagem acústica: “grito”. 
 Se refere ao ato nosso de querermos acudir ao objeto, quem grita. 
Resposta correta 
 Se refere ao representâmen. 
 Diz respeito àquele ou aquela que grita. 
 Se refere ao grito em si. 
 
Pergunta 10 
Marque a altenativa abaixo que corretamente preenche as lacunas da seguinte 
afirmação: “a ______ se dedica aos estudos dos signos na vida social. A 
______ , portanto, seria uma parte da Semiologia, e esta uma ramificação da 
_______.” 
 Semiologia - Linguística - Psicologia Social. 
Resposta correta 
Semiologia - Linguística – Semiótica. 
Semiologia - Gramática Especulativa - Psicologia Social. 
Semiótica - Linguística - Psicologia Social. 
Semiose - Semiótica – Semiologia.